Dieta para dislipidemias

Seleção de alimentos para triglicerídeos e colesterol alto

O termo dislipidemias engloba mais que valores altos de colesterol. Na realidade, as dislipedemias são um transtorno que afetam todo o metabolismo lipídico. Assim, quando de dieta para dislipidemias se trata, é necessário levar em conta uma seleção de alimentos também para os triglicerídeos altos.

As dislipidemias são um transtorno que afeta o metabolismo lipídico em geral, que se manifesta por uma alteração na concentração, seja por aumento como por diminuição das lipoproteínas plasmáticas.

Um dos tratamentos para este transtorno lipídico é através da alimentação. Para isso se estabeleceu a dieta para dislipidemias, na qual se deve levar em conta uma seleção de alimentos para tratar de corrigir os valores anormais de gorduras no sangue.

Seleção de alimentos para triglicerídeos e colesterol alto

  • Leite: desnatado.
  • Iogurte: desnatado, sozinho ou com cereais sem açúcar ou com frutas.
  • Queijo: untável ou de pasta firme dietético.
  • Ovo: clara todos os dias, inteiro com uma frequência de não mais de três vezes na semana. Não consumir frito, pode-se consumir passado pela água, em diversas preparações.
  • Carne: de frango sem pele, de preferência peito, peixe de mar, carne de novilho sem gordura. É possível consumir de preferência na grelha, na chapa, evitar frituras.
  • Vegetais: de preferência crus, alface, tomate, brócolis, alcachofra, cebola, aipo, alho poró, cenoura, aspargo, rúcula, chicória, espinafre, abóbora, acelga, agrião, escarola, pimentão, pepino, rabanete, berinjela, couve-flor, batatas consumir com frequência e em substituição dos cereais.
  • Frutas: laranja, toranja, tangerina, maçã, pêra, pêssego, damasco, ameixa, melancia, abacaxi ou ananás, uva (1 xícara), morango (1 xícara), cereja (1 xícara), abacate, mamão, kiwi.
  • Cereais: de preferência integrais, arroz, germe de trigo, levedo de cerveja, lecitina de soja, farelo de trigo, sementes de sésamo, linhaça, girassol, pastas simples (espaguete de sémola), pão de farinha integral. Evitar pastelaria, bolos, etc.
  • Legumes: lentilha, soja, feijão, grão-de-bico, favas.
  • Açúcar: substituir por edulcorante.
  • Óleo ou azeite: oliva, girassol, milho, uva. Não utilizá-lo como meio de cocção, só como condimento para purês ou saladas.
  • Bebidas: de preferência água (2 litros diários), refrigerantes light, sumos de frutas e verduras, sem o agregado de açúcar. Evitar as bebidas alcoólicas.
  • Condimentos: sem inconveniente, se deverá restringir o sal no caso de sofrer de hipertensão arterial.
  • Doces: evitá-los, só os dietéticos em quantidades moderadas.

Estaseleção de alimentos para triglicerídeos e colesterol alto te permitirá elaborar o seu próprio menu, respeitando seus hábitos e gostos, mas evitando aqueles alimentos que possam prejudicar seus níveis de lipídios no sangue. Lembre-se que a atividade física é fundamental para complementar qualquer tratamento para dislipidemias.


IMPORTANTE: A missão do "Dieta para dislipidemias" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Dieta para dislipidemias"

Comente no Google+