Como desidratar no forno

Desidratar para conservar os alimentos

Ao desidratar os alimentos, de certa forma você os está conservando. Por essa mesma razão, aprender a desidratar no forno é uma grande forma de poder prolongar um pouco a vida útil desses produtos. Aqui você poderá aprender a fazer isso.

O que é a desidratação de alimentos

O método de desidratar os alimentos é cada vez mais utilizado, já que permite que os vegetais tenham outra textura e conservem todas as suas propriedades. É bom esclarecer que estes não perdem calorias mas sim água, o que permite que possam ser conservados por mais tempo já que os microorganismos que decompõem os alimentos não podem se desenvolver sem água. Assim, podem se consumir até fora de temporada, por conseguinte a desidratação se transforma num interessante método de conservação.

O modo mais simples de fazer isso é com um desidratador, já que este mantém a temperatura perfeita adequada para extrair a água de frutas e verduras. Mas são caros e ainda por cima só têm essa utilidade.

Que alimentos podem ser desidratados

Que frutas podem ser desidratadas? Que tipo de produtos você pode usar na hora de desidratar alimentos? Pois bem, verá que são realmente muitíssimas as coisas que você pode passar pelo forno desidratador. Estas talvez sejam as mais habituais.

  • Frutas: os frutos secos que se preparam desidratados são praticamente todos. Peras, maçãs, uvas, ameixas, damascos, figos, mirtilo, bagas de todo tipo. A lista é realmente longa. E este método de conservação é ideal.
  • Verduras: também é muito ampla a variedade de verduras que você pode desidratar para reutilizar posteriormente. Sobretudo se está picada ou em pedaços pequenos. Aipo, cenoura, abóbora, abobrinha, tomate, cebola, espinafre, ervilhas e muito mais.
  • Especiarias: pode ir com todo tipo de ervas que você tenha no seu jardim.
  • Cogumelos: perfeita para champignons, shimeji-preto, shiitake, portobello e praticamente qualquer cogumelo. Logo se reidratam e pronto.

Benefícios do desidratador de alimentos

A máquina para desidratar alimentos vem em diferentes apresentações e convém avaliar previamente o uso que for dar, antes de adquiri-la. É que nem todas são baratas.

Se você está pensando em montar um empreendimento que precise de um desidratador de alimentos de várias bandejas, temperatura controlada e uso profissional, certamente possa ser um bom investimento.

Por outro lado, se você quer para se alimentar em casa, tem opções mais caseiras e econômicas. Há desidratadores menores e caseiros que podem servir muito bem. Ou métodos alternativos como os que você vai ver a seguir.

Como usar o forno para desidratar frutas e verduras

Quer saber como desidratar frutas no forno? Não é tão complicado, mas provavelmente você precise de um forno que te permita graduar a temperatura com precisão. Se você quer suas frutas no forno com um bom processo artesanal caseiro, siga estes passos.

Elaboração

  • Para isso você deve comprar as frutas ou vegetais nem muito maduros, nem muito verdes, sem danos nem partes feias, lavá-los e desinfetá-los muito bem.
  • Em seguida você deve cortá-los em fatias finas, de uns 2 ou 3 milímetros, não devem se tocar entre si.
  • Coloque-os nuna chapa para forno, coberta com papel encerado.
  • Um dos dados mais importantes que você deve levar em conta é a temperatura do forno, deve ser de uns 60 graus, ou o mínimo do forno que tiver em casa. Deixe-as com a porta um pouco aberta para que saia o vapor, entre umas 4 e 6 horas, dependendo da água que contenha a fruta ou vegetal que estiver desidratando.
  • Ao passar este tempo tire-as do forno, deixe-as esfriar e conserve-as.

Conservação

O ideal é conservar as frutas desidratadas num frasco ou bolsa térmica; você também pode guardá-los nos frascos com azeite de oliva aromatizado. Não se esqueça de etiquetá-los com a data em que foi desidratado. Para consumi-los deixe-os de molho por algumas horas.

Outro método de desidratação: secagem ao sol

Outra opção interessante - e tradicional - na hora de desidratar é o método solar. Este, por exemplo, costuma ser muito utilizado com os tomates: corte-os pela metade polvilhe com um pouco de sal e coloque-os sobre uma grade ao sol durante o dia, recolha-os durante a noite para evitar a umidade desta parte do dia. É um processo muito mais longo que com o forno, já que leva entre umas duas e três semanas; outro contra é que ao estar ao ar livre ficam expostos a insetos e larvas que se formam pelo calor e a umidade, além da contaminação própria do ambiente. Também se pode usar o secador solar de frutas.

Alimentos desidratados que você pode preparar em casa

Pode ser que você não tenha um desidratador de frutas, mas tranquilamente pode usar os métodos mais tradicionais que conheceu anteriormente. Te interessa preparar em casa alguns bons alimentos secos? Experimente então estas alternativas que verá aqui.

  • Tomates secos. Um clássico total da cozinha. Vão perfeitos nas saladas, recheios e muito mais. Você os tem aí desidratados e logo os reidrata com azeite de oliva e/ou água.
  • Laranjas desidratadas. Usam-se muito no mundo das bebidas e dos coquetéis. Mas também estão os que usam estas laranjas na decoração e nos trabalhos manuais.
  • Ameixas passas. As ameixas passas podem ser preparadas quando for a temporada, deixando que sequem, e em seguida devem ser guardadas. Têm grandes propriedades para a sua saúde.

Você prepara em casa frutas desidratadas?

Gráfico da enquete: Você prepara em casa frutas desidratadas?

Sim

7/7

Não

2/5

Às vezes

5/2

Usa outros métodos de conservação de alimentos?




1 comentário no "Como desidratar no forno"

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia
¡Carregando comentários!

JOAO BATISTA BARBOSA ...

estou começando a aprender - se possível me enviem maiores informações a respeito de desidratar

0

13 de Jul - 11:49:01

Escreva seu comentário sobre "Como desidratar no forno"

Comente no Google+