Solução de exercícios matemáticos

Como ensinar o seu filho a resolver problemas matemáticos

A solução de exercícios matemáticos é um dos problemas de estudo mais frequentes. Jenny Guerra Hernández, da PsicopedagogiaenCasa.com, te explica como ensinar seu filho a resolver problemas matemáticos, para que a sua resolução não seja um obstáculo.

Um dos problemas que apresentam com mais frequência os estudantes é a falta de estratégias para resolver problemas matemáticos. A complexidade desta matéria de estudo, junto com a monotonia que costuma se dar na maioria das aulas, é a responsável de que lhes resulte mais difícil, porém, podemos fazer algo em casa para ajudá-os a resolver problemas matemáticos de forma bem-sucedida? A resposta é sim. Continue lendo e aprenderá como.

As crianças aprendem matemática de forma antinatural

A maioria das pessoas que têm problemas com a matemática têm dificuldades para pensar de forma abstrata. Isto significa que têm dificuldades em representar o problema na sua mente. Mas, por quê?

O problema está no fato de que em quase nenhum centro educativo do mundo se adapta a metodologia matemática no nível de desenvolvimento evolutivo da criança e isto provoca que a criança se veja obrigada a dar um salto evolutivo, com as lacunas implícitas que este fato supõe para responder aos requerimentos da tarefa. Para que seja mais fácil de você compreender tudo isto, utilizarei um exemplo.

Da perspectiva da psicologia evolutiva, as crianças menores de doze anos precisam manipular os objetos que mencionam os problemas para podê-los entender porque não dispõem de habilidades para pensar de forma abstrata de forma eficaz, no entanto, nos colégios encontram problemas com litros e nenhuma delas leva o tetrabrik de casa nem as deixam brincar com água na aula, né?

Depois de ter lido tudo isso você terá percebido onde está a chave: em apresentar os problemas às crianças de forma concreta. A seguir eu te explico como se faz.

Fazendo concreto o abstrato

Todos os que tivemos problemas com a matemática nos surpreendemos ao observar a nós mesmos perdidos diante da incapacidade de resolver um exercício matemático com nossos filhos. No entanto, sempre se apresenta alguém que faz que a matemática pareça fácil porque utiliza muitos exemplos e os aplica na vida diária.

Você viu Donald no país da matemática? Trata-se de um filme bastante antigo no qual o pato Donald nos explica de forma muito criativa a relação entre o mundo físico no qual vivemos e a matemática. Pois bem, se você quer ajudar seu filho a resolver problemas matemáticos deve ser um pouco como o pato Donald e isso implica passar muito tempo na cozinha.

Sim, não me enganei ao escrever, o lugar ideal para que as crianças aprendam a resolver problemas matemáticos é a cozinha, porque é onde dispomos de muitíssimos objetos concretos que podem servir para criar pontes entre o que o seu filho sabe e o que você quer que aprenda.

Aprendendo matemática na cozinha

Se dermos uma olhada no programa educativo para a matemática do Ginásio e grande parte do Colegial, veremos que se reduz basicamente aos seguintes aspectos:

  1. dominar o cálculo mental
  2. manipular medidas de diverso tipo
  3. conhecer a linguagem algébrica
  4. estar familiarizado com a geometria.

Pois bem, todos temos nas nossas cozinhas material suficiente para conseguir que adquiram esses conhecimentos, porque:

  1. temos fruta, verdura e legumes para ajudá-los a agilizar o cálculo mental;
  2. dispomos de jarras, copos, balanças e um monte de latas para praticar com as medidas;
  3. utilizamos receitas que aplicamos a um número maior ou menor de comensais usando pequenas equaões para isso; e
  4. guardamos caixas, tuppers e recipientes que têm formas geométricas.

Só temos que nos sentar com o livro de matemática e começar a adaptar os problemas que apresenta ao que nós temos nas nossas cozinhas. Depois treinaremos a criança na forma de solucionar cada um deles utilizando o material do que dispomos na cozinha; e por último pediremos que trate de resolver os exercícios propostos por seu professor. Eu te prometo que te assombrarão os resultados.


Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Solução de exercícios matemáticos"

Comente no Google+