Perguntas frequentes sobre a fabricação de sabões artesanais de glicerina

Métodos de preparação, fragrâncias, conselhos e muito mais

Fabricar sabões artesanais de glicerina não é algo difícil, mas depois de aprender a realizá-los, com certeza surgirão algumas perguntas. Neste artigo você vai encontrar alguns conceitos básicos e segredos para que você possa produzir os sabões de glicerina perfeitos.

Qual é o sabão de glicerina mais fácil de fazer artesanalmente?

O sabão de glicerina moldeável. É uma base de sabão de glicerina que você pode trabalhar comodamente em casa, já que você só tem que desfazê-la em banho-maria para trabalhar com ela. Depois de tê-la colorido e perfumado a gosto, verta em qualquer molde que quiser.

Que aspecto tem?

É uma base transparente sólida, em forma de tijolo ou moldeada em uma terrina de plástico, assim se conserva melhor e não perde umidade enquanto está armazenada. É suave ao tato e sua cor vai do incoloro até o âmbar, dependendo da qualidade do produto (quanto mais transparente, melhor qualidade tem o produto).

Esta base de sabão moldeável tem uma variação opaca, normalmente branca, embora exista já também em outras cores no mercado (amarelo, rosa e verde). As bases opacas se utilizam, geralmente, para dar um aspecto mais "rústico" ou artesanal, tão na moda atualmente.

Que ferramentas você precisa?

  • Um pote ou tigela resistente ao microondas ou banho-maria.
  • Uma colher ou um palito (daqueles do tipo de comida oriental) para remover.
  • Algo para utilizar como molde.
  • Um banho-maria ou um microondas para desfazer o sabão.
  • Fragrâncias e cores, específicos para sabão se for possível.

Que quantidade de fragrâncias podem ser utilizadas?

1. Se a fragrância está formulada especificamente para sabão, você vai precisar de 1.5% a 2% de fragrância no produto. Ou seja, você vai precisar de mais 1,5 ou 2 ml para cada 100 ml de sabão quando estiver fundido (uma colher de sobremesa para cada meio quilo de sabão aproximadamente).

2.- Se são essências ou fragrâncias "multiuso", você vai precisar de mais quantidade para que a barra continue cheirando até o final, e ainda assim será difícil, pois as formuladas especificamente para um uso concreto levam os fixadores específicos para esse uso.

ADVERTÊNCIA: é importante que você sempre use fragrâncias que estejam aprovadas para seu contato com a pele. Nunca utilize uma essência que esteja preparada para queimadores, incensos ou ambientador, por mais baratas que sejam, para utilizar em nenhum produto que for estar em contato com a pele ou for ser inalado. Com relação aos óleos essenciais puros, costumam irritar a pele em contato direto com ela, razão pela qual eu te aconselho que os dissolva em óleos de milho (que é inodoro) ou de amêndoas doces, em uma proporção de 1 cc de óleo essencial por 100 cc de óleo base.

Quando adicionar as fragrâncias?

As fragrâncias, sejam do tipo que forem, se adicionam no último momento, justo antes de verter o sabão nos moldes, de maneira que estejam o mais "inteiras" possível ao criar a barra de sabão. Se você verter antes do tempo, com o calor da fragrância migrará (irá se evaporar). Leve sempre em conta que quase todas as fragrâncias colorem em certo grau o sabão, razão pela qual eu te aconselho a adicionar a fragrância justo antes do corante.

É melhor utilizar banho-maria ou microondas?

Se tiver paciência, é melhor utilizar o banho-maria. É muito mais fácil de controlar a temperatura, e essa é uma das chaves de uma boa barra de sabão. Se você aquecer demais a base, pode desidratá-la e o único que você pode fazer com ela então é... jogá-la no lixo!

Se você utilizar o microondas, utilize a posição de temperatura máxima e certifique-se de que a primeira "esquentada" não supere, em temperatura máxima, os 45-60 segundos. As seguintes exposições não devem superar os 15 segundos, até que finalmente, a base tenha sido liquidificada (é um pouco mais espessa que a água, embora deva ser mais ligeira que um gel).

Em que temperatura devo fundi-lo?

O sabão se funde ao redor dos 55ºC - 58ºC. Se desejar, pode utilizar um termômetro para líquidos, mas não é necessário. A chave do sabão de glicerina moldeável é não deixar que se aqueça demais (não deve superar os 60ºC - 64º C), pois nesse caso queimará, emanará um odor desagradável e perderá a transparência.

Esse é o motivo pelo qual você não deve colocar o sabão diretamente sobre o fogo, mas sim em banho- maria em fogo lento, e também a razão pela qual muita gente prefere não utilizar microondas: é mais difícil de controlar a temperatura já que, enquanto uma parte fundiu e aqueceu demais, há outra parte que ainda pode estar fria e sólida. Para pequenas quantidades (menos de 500 g de sabão) é possível tilizar tranquilamente o micro-ondas, mas para grandes quantidades é preferível desfazê-lo em banho-maria e ir tirando o que for precisando segundo o que se vai trabalhando.
jabones
Segundo for avançando nesta arte, você verá que preferir trabalhar com temperaturas mais frias para a maioria das técnicas. Por exemplo, se quiser verter sabão de uma cor ao redor de uma figura de sabão feita anteriormente (por ex.: um coração vermelho dentro de um círculo verde) não vai querer que o coração se desfaça pelo quente que está o sabão verde ao vertê-lo, razão pela qual deverá manter a temperatura desse sabão verde de ao redor relativamente fria (o ideal são 49ºC para este tipo de trabalhos).

Como controlar a umidade?

Além do controle de temperatura, o controle da umidade é a outra chave para fazer com sucesso este tipo de sabão. O nível de umidade apropriado dá como resultado uma base de sabão que é fácil de fundir e de trabalhar. Também dá como resultado uma bonita e suave barra de sabão, é uma pasta ligeiramente pegajosa ao tato, é inodora e cumpre com suas próprias exigências de transparência, é provavelmente um bom produto com o qual começar a trabalhar. Aqui estão os hábitos de controle da umidade de um bom "mestro do sabão":

  • Mantenha a base que não utilizar envolta em plástico para evitar a desidratação.
  • Utilize uma tampa enquanto estiver fundindo a base de sabão (embora eu não o faça habitualmente, tenho a obrigação de te aconselhar o contrário!).
  • Envolva em plástico seu sabão terminado (o filme de cozinha transparente é ideal!).

A razão para que você não ponha o sabão na geladeira é porque o sabão se torna frágil. Quando você tentar mais tarde cortar a barra, se romperá. Inclusive se você está em temperatura ambiente e não coloca durante muito tempo na geladeira correrá esse risco.

Por último, a razão pela qual deve envolver em plástico seu produto terminado é porque sua base de sabão tem um alto conteúdo de glicerina. A glicerina se utiliza muito em loções e outros produtos de cuidado do corpo porque suaviza a pele. A glicerina também atrai a umidade. Uma barra de sabão glicerinado descoberta tenderá a formar pérolas de umidade, que podem logo se secar e fazer que o sabão pareça sujo. Evite isso envolvendo seu sabão de forma que não esteja em contato com o ar.

Por que você prefere fabricar seus próprios sabões de glicerina?

Gráfico da enquete: Por que você prefere fabricar seus próprios sabões de glicerina?

Porque assim controlo que tenham ingredientes 100% naturais

215/12

Porque posso escolher e até criar a fragrância do meu gosto

124/8

Porque é mais econômico

67/34

Porque me diverte este tipo de trabalhos manuais

120/12

Conte-nos mais sobre por que você faz sabões de glicerina




5 comentários no "Perguntas frequentes sobre a fabricação de sabões artesanais de glicerina"

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia
¡Carregando comentários!

Alba Portela ...

Gostaria de receber uma receita para sabonete mesclado. Desses que a gente vê com inúmeras cores e desenhos, feitos à mão, com um palito, etc. Nacionalmente, encontro as fotos, mas não encontro receitas. Grata!

0

15 de Jun, 2016 - 19:39:05

Insira seu nomeLilith ...

eu prefiro fabeicar para ter certeza de que não ha nada de origem animal, e os ingredientes tambem são naturais

0

29 de Jul, 2016 - 19:42:13

alessandro ...

Me mande mensagem no email

0

10 de Set, 2016 - 18:08:03

Viviane Aguilar da Silva ...

Vou comecar a fazer pq eh mais ecologico, mas tem embalagens e posso controlar os produtos que uso na minha familia.

0

17 de Jun - 12:38:11

sandro moret neves dourado ...

parabéns pelo seu trabalho! meu conhecimento aumentou mais.

0

7 de Jul - 01:37:58

Escreva seu comentário sobre "Perguntas frequentes sobre a fabricação de sabões artesanais de glicerina"

Comente no Google+