Sintomas de amor não correspondido

Amar sem ser amada

Se sofrer os sintomas do amor não correspondido, sabe que esta situação não conduz a nenhum lado. A Carla Valencia anima a, ante tudo, pensar em si mesma. Cuide-se como cuidaria da pessoa que ama. Você é a prioridade. Aumente sua auto-estima para acabar com os sintomas de amar sem ser amada.

O desamor foi sem dúvida a fonte de inspiração de muitos textos literários, para o desfrute dos aficionados às novelas de amor.

Aliás, na vida real as penas de amor não servem para o desfrute e a felicidade das pessoas que as padecem.

Pelo contrário, a tristeza e o mal-estar que ocasionam levam a procurar uma fuga a tanta desolação.

É o caso da seguinte consulta que pode planejar uma situação similar a que você está a passar e na que através da Carla Valencia, possa encontrar como fugir dos sintomas do amor não correspondido

sofro o sintoma de amar sem ser correspondida

Estimada Maite, sem dúvida esta lembrança está na sua mente e é parte do que você chama “sofro o sintoma de amar sem ser correspondida”. Muitas vezes este sintoma é devido a uma crença muito forte de que "não merece amor na sua vida". Se tiver esta crença ira sabotar as suas relações e sempre ficará sozinha.

Tal vez esta crença vem do seu passado de quando era muito novo, e devida a não a ter sanado continua a manifestar-se no presente.

É muito importante começar a aumentar a sua auto-estima para poder compreender que é valiosa, importante e que merece ter um parceiro que a ame e respeite. Aumentar a auto-estima é um processo interno por tanto deve ser paciente consigo mesma.

Comece a cuidar de você mesma como cuidaria duma pessoa que ama. Você é a prioridade. Trate de mudar o seu diálogo interno e quando se encontre submergida nesta lembrança mude a sua imagem, não seja dura consigo simplesmente diga: ”obrigada por compartir” e comece a enfocar-se em outra coisa. Deve manter-se consciente dos seus pensamentos dia após dia.

Comece a perguntar: Qual é a minha ganância em seguir pensando nele?, De que modo estou a proteger-me ou que é o que me faz sentir a salvo sentindo-me tão mal? De onde tirei a idéia que sempre estarei sozinha?.

Utilize afirmações para mudar as suas crenças. Pesquise ajuda e leia livros que ajudarão à sua mente e oferecerão claridade de entendimento. Um livro muito recomendado é: "As mulheres que amam demais” de Robin Norwood. Este livro oferece histórias e um programa de recuperação para liberar esta forma destrutiva de amar e acentua que as mulheres que amam demais poden recuperar-se se descobrirem a sua capacidade de amar-se a elas mesmas.

Espero que esta resposta lhe ajude no seu caminho.


1 comentário no "Sintomas de amor não correspondido"

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia
¡Carregando comentários!

Dan ...

Já passei por isso

1

4 de Dez, 2013 - 02:15:29

Escreva seu comentário sobre "Sintomas de amor não correspondido"

Comente no Google+