O que devo comer para o hipotireoidismo

5 Alimentos que fazem bem contra o hipotireoidismo

O hipotireoidismo é um problema da glândula tireoide que pode se tornar bastante complicado se não for acompanhado de uma alimentação ideal. Por isso mesmo, nada melhor do que comer adequadamente para estar o melhor possível. Aqui você encontrará algumas recomendações.

O mau ou escasso funcionamento da glândula tireoide é conhecido popularmente como hipotireoidismo. Este problema é o oposto ao hipertireoidismo, que ocorre quando a tireoide tem um trabalho excessivo, fora dos parâmetros normais.

O hipotireoidismo gera diversos problemas, mas o principal de todos eles costuma ser o de um metabolismo lento, que deriva no aumento de peso e demanda um cuidado exaustivo da dieta que se leva. Por isso mesmo, uma das melhores formas de estimular o bom funcionamento da tireoide é através da alimentação. Comendo se pode fazer trabalhar melhor a glândula e também ter precaução com o sobrepeso.

Neste artigo você vai encontrar uma série de alimentos que, devido ao seu conteúdo de iodo ou por favorecer a geração de tiroxina, uma substância que coloca em andamento a tireoide, são indicados para combater esta doença. Não hesite em experimentar com algum destes 5 alimentos para incorporar na sua dieta.

Alimentos para estimular a tireoide e melhorar o hipotireoidismo

  • Sal iodado ou do Himalaia. É um aditivo perfeito para suas refeições, já que é sal com iodo, nada mais nada menos. Por conseguinte, aqueles que precisam deste mineral para fazer funcionar melhor a tireoide, podem usá-la nos seus pratos. De fato, se acredita que para pessoas que não sofrem desta condição, talvez seja um bom elemento preventivo.
  • Algas. São, talvez, um dos melhores alimentos para o hipotireoidismo que existem. São ricas em iodo, vêm em diversas apresentações e só é questão de incorporá-las. A alga nori (a do sushi) ou a wakame (ideal para deixar de molho e preparar em saladas) são duas das mais comuns que existem.
  • Peixes azuis e mariscos. São uma das melhores fontes de iodo e, habitualmente, são recomendáveis na dieta para o hipotireoidismo. Um pedaço de salmão, alguns camarões ou umas sardinhas ajudarão a que sua tireoide funcione melhor. Porém, não se exceda com eles porque muitos da sua espécie são ricos em calorias, para além do fato de que suas gorduras (ômega 3 e 6) sejam benéficas para o organismo.
  • Vegetais de folhas verdes. Nunca devem faltar em nenhum tipo de dietas destas características. A acelga, a rúcula ou o espinafre podem ser parte da sua alimentação, já que aportam iodo e assim regulam os níveis de tiroxina.
  • Funcho. É ótimo para estimular a geração de tiroxina, uma substância que ajuda a que trabalhe a tireoide da melhor maneira possível. O ideal será tomá-lo cru, cortado de maneira fina e na salada, combinado com folhas verdes pode ir muito bem. Obviamente, cozido também é uma boa alternativa. Além disso, tem outras excelentes propriedades, como sua capacidade digestiva.

Lembre-se sempre de evitar os alimentos bociogênicos, que são os que bloqueiam a correta absorção do fundamental iodo.

Por que é importante comer alimentos ricos em iodo

O iodo é um mineral que se encontra principalmente nos oceanos e na água salgada. É necessário obtê-lo através do consumo de determinados alimentos, nos que se encontram em diferentes concentrações, já que o corpo não o gera por si mesmo.

Alguns destes são as lentilhas, a aloe vera, as maçãs, o alho, as cebolas, o morango, a carne de terneiro e principalmente as algas marinhas. Como também o é o sal iodado, que não é mais do que sal comum com iodo adicionado especialmente para quem tem deficiência deste mineral, principalmente as pessoas com hipotireoidismo.

Quando a tireoide não funciona bem, podem se desencadear duas doenças: hipertireoidismo (funcionamento excessivo) e hipotireodismo, (pouco funcionamento), e é este último caso em que o iodo colabora, ativando a tireoide.

  • Pode ser uma ajuda na hora de emagrecer. O iodo estimula o bom funcionamento do metabolismo como também a eliminação do excesso de gordura, entre outros benefícios.
  • Ajuda o coração. A correta ingestão de iodo em diferentes alimentos ajuda no bom funcionamento cardíaco. De qualquer forma, cuidado, o excesso pode causar uma superexigência ao mesmo.
  • Incentiva o crescimento. O iodo é importante principalmente na idade escolar, já que os hormônios tireoidianos estão muito relacionados com os hormônios encarregados do crescimento tanto físico como mental. A deficiência de iodo na dieta das crianças e também em mulheres grávidas pode desencadear atrasos na fala, no movimento e outros transtornos tanto físicos como mentais.
  • Ajuda a combater a queda do cabelo: este problema pode estar associado à deficiência deste mineral já que a glândula tireoide também controla o crescimento e bem-estar do cabelo, como também da parte óssea do corpo. Aumentar o consumo de iodo, seja com alimentos ou algum suplemento, pode reverter a queda de cabelo, mas claro, apenas se esta se deve à deficiência do mineral necessário para o funcionamento correto da glândula tireoidiana. O zinco, magnésio e ferro podem ser de grande ajuda em combinação com o iodo.
  • Ajuda a controlar o colesterol: uma das razões do aumento do colesterol pode ser o mau funcionamento da tireoide. Razão pela qual é necessário somar à análise do colesterol, o desta glândula que regula grande parte do funcionamento do organismo, neste caso, a decomposição do colesterol.
  • Mantém o estado emocional: os hormônios tireoidianos mantêm o estado de ânimo e a sensibilidade em níveis normais, o que quer dizer que a deficiência de iodo pode causar um estado inestável, respondendo de maneiras confusas às coisas mais cotidianas, além de apatia e até depressão.
  • Ajuda a regular a temperatura corporal: os hormônios que produz a glândula tireoidiana colaboram com a correta fluência do sangue através do corpo, em outras palavras, regulam a temperatura corporal. O iodo ajuda na correta produção de energia corporal, o que dá como resultado o bom funcionamento da temperatura corporal. Por su vez a deficiência de iodo pode causar sensação de frio nas extremidades.
Algas wakame y sardinas

Quanto iodo você deve consumir?

Como tudo, o iodo tem que ser consumido na dose justa, evitando o excesso, já que este pode causar hipertireoidismo.

Mas, que quantidades deste mineral exige o corpo em cada etapa da vida?

  • Para as mulheres grávidas costumam aconselhar-se entre 220 e 290 microgramas por dia, enquanto na etapa de aleitamento pode chegar aos 300 mcg. Em caso de estar grávida consulte seu médico a quantidade de iodo aconselhável para você já que pode evitar grandes incovenientes no futuro.
  • As crianças desde o seu primeiro ano de vida até os 8 anos precisam de 90 microgramas por dia. Quando se passa por essa idade e até os 13 anos, a exigência aumenta para 120 mcg.
  • Já na adolescência e na idade adulta são necessárias 150 microgramas por dia.

Não se esqueça de conhecer esta tabela de alimentos ricos em iodo, já que há alguns que têm quantidades muito grandes, esse é o caso das algas kombu. Seja como for, nunca deixe que este mineral falte na sua vida.

Você consome suficientes alimentos ricos em iodo?

Gráfico da enquete: Você consome suficientes alimentos ricos em iodo?

Sim, muitos

40

Sim, alguns

35

Sim, mas poucos

34

Não, nenhum

24

Quais você consome?




IMPORTANTE: A missão do "O que devo comer para o hipotireoidismo" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

6 comentários no "O que devo comer para o hipotireoidismo"

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia
¡Carregando comentários!

lindalva souza ...

eu sofro de hipotireoidismo algum tempo, e de vez em quando a temperatura do meu corpo baixa, sinto como se estivesse debilitada, não sinto vontade de fazer nada, gostaria de saber o que posso fazer para melhorar.

0

13 de Set, 2014 - 16:17:25

fran ...

quais os alimentos certos para quem tem hipotireoidismo?

0

16 de Dez, 2014 - 14:56:14

Rubia Márcia Pereira Pinto ...

Tá difícil comer só essas coisas e o sal faz subir muito minha pressão, antes eu bebia o suco detox e a ainda conseguia manter o peso , agora não posso mais por causa da couve.

0

17 de Ago, 2015 - 14:54:14

Gisele ...

Sim mas muito pouco

0

14 de Jan - 20:46:15

Gisele ...

Tenho dúvidas sobre o que preciso evitar de comer para que a minha glândula funcione melhor, tenho o hipotireoidismo

0

14 de Jan - 20:48:49

Oneide ...

Tenho hipotiroidismo, recebi o diagnóstico essa semana, estou preocupada demais porque já tenho pressão alta e um relaxamento tipo 1 da orta e não sei como me ajudar. O médico não me disse muita coisa, não me fez recomendação nenhuma só receitou levotiroxina e agora estou pesquisando e encontrando muitas informações e recomendações.
O que na verdade não devo comer?

0

14 de Jul - 19:27:07

Escreva seu comentário sobre "O que devo comer para o hipotireoidismo"

Comente no Google+