Os melhores alimentos para tratar o câncer

Alimentos para o câncer

O câncer é uma doença na qual a alimentação tem um papel muito importante. Embora a alimentação dependa em cada caso do câncer e do tratamento terapêutico, é importante saber que alimentos são os que podem ajudar a superar o câncer.

Como os alimentos ajudam a tratar o câncer

Às vezes os alimentos podem agir como agentes de prevenção do câncer e em outros casos ajudam no tratamento deste. O objetivo da alimentação no câncer é melhorar o estado de saúde geral e aumentar as defesas, com o objetivo de suportar melhor os tratamentos de quimioterapia e radioterapia e assim aumentar as chancees de uma recuperação mais rápida e eficaz.

Antes de mencionar os alimentos para o câncer é importante esclarecer que estes podem variar em cada caso, já que às vezes os tratamentos não são similares e a origem do câncer é diferente, não é a mesma coisa um câncer de estômago, que um linfoma. Isto é importante para entender que às vezes a alimentação pode variar e se adequar ao tipo de câncer e tratamento terapêutico.

Alimentação para o câncer: que tipos de alimentos você deve comer?

Os alimentos adequados para o câncer são aqueles que contêm vitaminas, minerais, antioxidantes (que provocam uma regeneração celular mais rápida e o estado de saúde melhora), aminoácidos essenciais (para formar e reparar tecido), gorduras de boa qualidade como os ômega 3 e ômega 6 e hidratos de carbono complexos que brindem energia ao corpo para acelerar o processo de recuperação. Entre estes alimentos se podem mencionar:

  • Carnes: este é um alimento especial porque apesar de possuir proteínas de alto valor biológico e aminoácidos essenciais, a realidade é que às vezes é rejeitado seja por sua cor, sabor ou cheiro, ou por sua lenta digestibilidade. Nestes casos se sugere moer as carnes vermelhas ou brancas como frango ou peru e adicioná-la em diferentes preparações como mingaus, purês, pudins, bolos, etc. Quanto ao peixe é necessário ser prudente já que pode ocasionar alergia.
  • Vegetais: o doente oncológico necessita somar calorias e nutrientes em muito pouco volume de comida, já que em geral se encontram sem apetite. Por isso, não é recomendável consumir os vegetais crus, já que estes dão saciedade e poucas calorias, mesmo em grandes volumes. Sugere-se prepará-los no vapor para conservar as vitaminas e minerais e consumi-los condimentados com molho branco ou azeite de oliva. É importante ter em mente que às vezes se pode apresentar diarreia ou prisão de ventre, para o qual se deverá adequar os vegetais a ambos efeitos adversos.
  • Frutas: as recomendações são iguais às verduras, é melhor que sejam no forno, em compotas (no caso de constipação).
  • Lácteos: no caso dos lácteos é necessário ser prudente com o leite, já que muitas pessoas têm intolerância à lactose, devido ao tratamento ou a uma predisposição genética. Nesses casos se aconselha consumir queijos brancos untáveis, queijos de pastas firmes e ralados. Em geral o queijo costuma ser um excelente alimento para aumentar o valor calórico das refeições com pouco volume. Pode-se adicionar aos pudins, sopas, gratinados, vegetais cozidos ou frutas cozidas como creme chantilly light, etc. Inclusive se podem adicionar a shakes ou batidos proteicos que costumam ser de muita utilidade para aumentar as calorias durante o dia. Quanto ao iogurte, costuma ser melhor tolerado que o leite, e também é um bom veículo para adicionar outros alimentos como frutas, sementes ou frutos secos moídos, ou como base para molhos. As bebidas lácteas com lactobacilus costumam ser boas para aumentar as defesas intestinais.
  • Ovo: o ovo inteiro pode ser não muito bem tolerado, por isso é necessário estabelecer uma progressão testando a tolerância 2 a 3 vezes por semana. Quanto à clara de ovo sozinha é excelente como aporte proteico e se recomenda aproveitar estas propriedades para melhorar o estado nutricional dos pacientes. As claras de ovo podem ser utilizadas para preparar suflês, pudins, purês, shakes proteicos ou liquados.
  • Óleos: se recomenda consumi-los sozinhos como condimento e acrescentá-los em diferentes preparações para aumentar o valor calórico. As frituras geralmente não são bem toleradas, já que as gorduras permanecem muito tempo no estômago e podem provocar náuseas ou vômitos.
  • Bebidas: a água é a melhor bebida, porque permite depurar o organismo e eliminar toxinas e resíduos próprios dos medicamentos. Por outro lado serve como hidratação em caso de que se apresentem vômitos ou diarreia. Sugere-se consumir água mineral sem gás, especialmente depois de terminar de comer para evitar a saciedade. Dentro das infusõs, o chá verde pode ser um ótimo antioxidante, além de fornecer líquidos.
  • Condimentos: embora não haja sugestões específicas com relação aos condimentos, se aconselha reduzir os picantes e o sal (para evitar edemas e retenção de líquidos). São muito boas aliadas as especiarias aromáticas para dar um sabor diferente às refeições e evitar a rejeição delas.
  • Suplementos alimentares: a geleia real, a levedura de cerveja e o pólen são muito bons aliados para melhorar as defesas e fortalecer o sistema imunológico. Além disso existem suplementos alimentares de origem farmacológico que brindam macro e micronutrientes que o paciente oncológico necessita para poder se repor mais rápido e que através da alimentação não consegue cobrir.

Por outro lado se sugere consumir os alimentos frios porque são mais fáceis de digerir, e evitar as infusões como o café ou as bebidas com gás.

Em termos gerais estes são os alimentos apropriados para complementar o tratamento médico, mas é importante lembrar que às vezes é necessário outro tipo de alimentação, seja de tipo enteral como parenteral.


IMPORTANTE: A missão do "Os melhores alimentos para tratar o câncer" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Os melhores alimentos para tratar o câncer"

Comente no Google+