Prisão de ventre como consequência da ansiedade

Como influi a ansiedade sobre o ritmo intestinal

A prisão de ventre pode ser a consequência de diversas doenças, algumas delas podem ser doenças orgânicas e outras de tipo psicológico e/ou emocional. Por isso, se você sofre de ansiedade, é importante que saiba como esta influi sobre o ritmo intestinal.

O ritmo de vida, diferentes fatores ambientais e as mudanças nos hábitos alimentares podem ser causas das alterações no ritmo intestinal, produzindo por exemplo prisão de ventre.

Além destas causas, a ansiedade também influi sobre o ritmo intestinal, provocando prisão de ventre ou constipação.

Como influi a ansiedade sobre o ritmo intestinal?

  • Embora a ansiedade seja uma resposta emocional que em certas circunstâncias é normal e de se esperar, quando a ansiedade é muito elevada e constante, pode ter consequências tanto sobre o plano psicológico como o plano físico ou corporal. Neste último caso, a prisão de ventre pode ser consequência da ansiedade.
  • A ansiedade pode gerar uma alteração nos movimentos peristálticos, reduzindo o trânsito intestinal. Por outro lado, se pode produzir uma redução da contribuição de sangue sobre a mucosa intestinal, o qual também diminui os movimentos do intestino.
  • Da mesma forma, a prisão de ventre provoca ainda mais estresse e ansiedade tornando-se um círculo vicioso no qual a ansiedade provoca constipação, e esta favorece ainda mais a ansiedade. Se você sofre de prisão de ventre, isto pode ocasionar cansanço, nervosismo e distensão abdominal, com o qual se agrava o processo de ansiedade – prisão de ventre.

Este processo, somado a uma redução no consumo de vegetais, frutas e cereais integrais e a uma diminuição da atividade física, produz um agravamento da prisão de ventre. É produzido um desajuste na funcionalidade intestinal e a evacuação se atrasa.

Embora esta seja a forma na qual se relaciona a ansiedade e a prisão de ventre, a boa notícia é que este círculo pode ser quebrado e revertido por você. Como?

  • Tratando a ansiedade com técnicas de relaxamento.
  • Aumentando a atividade física.
  • Incorporando alimentos ricos em fibra.
  • Reduzindo o consumo de alimentos ricos em açúcares simples e gorduras saturadas.

Estas sugestões podem ser de grande utilidad tanto para o tratamento da ansiedade, como para o tratamento da prisão de ventre. Por isso, mude seus hábitos para que sua qualidade de vida melhore.


IMPORTANTE: A missão do "Prisão de ventre como consequência da ansiedade" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

3 comentários no "Prisão de ventre como consequência da ansiedade"

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia
¡Carregando comentários!

viviane ...

Boa tarde!
Sou uma pessoa muito ansiosa e por conta desta ansiedade fico sem ir ao banheiro mais de uma semana,não sei mais o que fazer ,tenho psoriase epor mais que cuido ela nunca some de vez, fico com muito stress e a maioria das vezes tenho depressão com variações de humor.

Ficarei muito feliz se poderem me ajudar com a ansiedade, agradeço.......

0

1 de Set, 2016 - 19:30:05

Félix Machado neto ...

Sou muito ansioso e quando dou a crise de ansiedade minha presao arterial sobe.

0

3 de Set, 2017 - 00:39:08

Jose maria ...

Tinha crise de ansiedade e toda vez ao ir ni banheiri faxia esforcis e as fezes não ficavam presas e ainda conplicava mais meu nervossismo..gracas a deus descibrir que tudo era devido a depressao ai modufiquei minha alimentação e solucionei o problema embora contonue tomendo os medicamentos pra ansiedade citoprazam e alpalprozaram...o importante que as crises passaram

0

29 de Set, 2018 - 03:09:58

Escreva seu comentário sobre "Prisão de ventre como consequência da ansiedade"

Comente no Google+