Musicoterapia contra a insônia

Descansar em harmonia

A musicoterapia também poderia registrar efeitos benéficos contra a insônia, levando em conta uma investigação feita nos Estados Unidos. Melodias suaves e lentas nos ajudariam a dormir, como um bebê no berço.

Parece que com o passar dos anos não deveríamos abandonar as canções de ninar para dormir, de acordo com um estudo da Universidade de Louisville. Nesse trabalho, um grupo de pessoas com isônia foi exposto à música clássica no momento de iniciar seu descanso.

Os resultados são contundentes: em mais de 20 casos, as pessoas que participaram da investigação dormiram mais rapidamente, o fizeram por períodos mais longos ou retornaram ao sono com maior agilidade após uma interrupção noturna.

Para este propósito, as canções devem ser suaves, melódicas e lentas. Para a investigação se utilizou "Música da Água", de G.F. Haendel, "Canon em Ré", de Pachelbel, e "As quatro estações", de Vivaldi.

Entretanto, outros especialistas também aconselham mais canções para combater a insônia: alguns fragmentos de "Nocturno", de Chopin, e "Prelúdio para a tarde de um Fauno", de Debussy, são alguns desses exemplos.

Os passos para aplicar a musicoterapia contra a insônia devem ser analisados com um profissional, mas aqui adiantamos os pontos básicos:

Comece aos poucos a relaxar ao terminar o jantar.

• Não beba café de noite.

• Elimine chamadas telefônicas, celulares e e-mails durante e depois do jantar.

• Enquanto se aproxima a hora de dormir e você se ajeita para se deitar, comece a escutar música suave.

• Continue escutando-a por um momento na cama.

• Com a música de fundo, elimine todo movimento e tente começar o descanso, respirando profundamente ao mesmo tempo.


Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Musicoterapia contra a insônia"

Comente no Google+