Ácido málico para combater a fadiga crônica da fibromialgia

Aumenta os níveis de energia

A fadiga crônica é um dos sintomas mais paralisantes da fibromialgia, já que tira a vontade de fazer muitas tarefas. Uma das soluções naturais para neutralizar seus efeitos negativos é o ácido málico. Saiba como pode te ajudar...

O ácido málico é um componente natural presente em muitos alimentos, sobretudo em frutas como a maçã, embora por estes dias seja mais comum vê-lo como aditivo alimentar e conservante. Também é muito utilizado como suplemento alimentar, já que se considera benéfico para a saúde.

Uma das principais propriedades medicinais a ele atribuídas é a sua capacidade para eliminar a fadiga crônica, um sintoma muito comum nas pessoas que sofrem de fibromialgia. Você está interessad@ em conhecer como age?

Benefício do ácido málico para a fadiga crônica

Uma das vantagens mais comentadas deste curativo componente é sua capacidade de aumentar os níveis de energia.

Por outro lado, os investigadores descobriram que nas pessoas que sofrem de fibromialgia, se constata uma diminuição dos níveis de oxigênio nos seus músculos, conhecido como hipóxia muscular. Quando estes músculos foram submetidos a estudos, foi possível constatar que existe uma grande degradação do tecido muscular, dano celular e baixos níveis de ATP. Este panorama explica muito bem o porquê das dores musculares de quem sofre de fibromialgia.

Nessas investigações foi evidenciado que o ácido málico pode ser de grande ajuda, para aliviar a dor muscular.
Por sua vez, também permite que o corpo produza ATP (trifosfato de adenosina) e portanto possa ter maior nível de energia, combatendo a falta de vontade da fadiga crônica.

O ácido málico também tem o poder de melhorar a resistência celular. Sobretudo quando trabalha de forma conjunta com o magnésio.

Estes dois componentes nutritivos agem como um desintoxicante potente do alumínio e outros elementos tóxicos, que aumentam a deterioração corporal e facilitam o desenvolvimento de doenças como a fibromialgia.

Estudo científico sobre o benefício do ácido málico e o magnésio para a fadiga crônica

Foi realizado em 1992 no Centro Médico Langone da Universidade de Nova Iorque e contou com a participação de 15 pacientes com fibromialgia. Estes tiveram que consumir de 300 a 600 mg de magnésio e de 1200 a 2400 mg de ácido málico.

O período de avaliação do estudo durou de quatro a oito semanas. Nos participantes foi possível constatar uma grande redução da dor através de uma diminuição de pontos sensíveis.

É bom destacar que seis dos pacientes experimentaram uma melhora dos sintomas de fadiga crônica em apenas 48 horas de tratamento.

acido málico

Alimentos ricos em ácido málico e doses a consumir

São vários os alimentos que contêm um rico conteúdo de ácido málico, por exemplo:

  • Maçãs
  • Cerejas
  • Lichias
  • Bananas
  • Mangas
  • Pêssegos
  • Tomates
  • Morangos

Como dizia anteriormente, o ácido málico se utiliza também para potenciar o sabor de muitas bebidas e doces.

Suplementos de ácido málico

Este curativo componente natural também pode ser consumido na forma de suplemento. Você pode encontrá-lo nos seguintes formatos:

  • Em comprimidos de 1.200 mg
  • Em pó

Recomenda-se começar com doses de dois comprimidos por dia: um antes do café da manhã e outro antes de se deitar. Pode aumentar a dose gradualmente à medida que for necessário e segundo o que te indicar seu médico.

Efeitos secundários e contraindicações do ácido málico

Os efeitos negativos experimentados com mais frequência após seu consumo incluem:

  • Dor muscular
  • Náuseas
  • Prisão de ventre
  • Inflamação da pele
  • Coceira

Não se recomenda seu consumo no caso de gravidez e durante o período de aleitamento.

Como você trata a fadiga crônica?

Gráfico da enquete: Como você trata a fadiga crônica?

Com ervas medicinais

12/14

Consumindo alimentos energéticos

11/10

Com suplementos alimentares

16/8

Com remédios naturais

19/5

Com remédios convencionais

13/12

Com terapias alternativas

11/11

Qual método te deu bons resultados?




IMPORTANTE: A missão do "Ácido málico para combater a fadiga crônica da fibromialgia" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

4 comentários no "Ácido málico para combater a fadiga crônica da fibromialgia"

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia
¡Carregando comentários!

Judite ...

Onde compro o ácido malico .por favor me informe. Grata Judite.

0

29 de Set, 2016 - 14:32:48

ines ...

oi ju voce pode mandar manipular na farmácia, eu pedi para manipular em capsula 500 mgr... conversa como médico ou o farmacêutico explique sua situação de saúde e ele ira lhe indicar a dosagem devida beijão.

0

29 de Nov - 18:19:29

Solange dos Santos Felix Cunha ...

Tenho Fibromialgia,vou experimentar o ácido málico para fadiga cronica

0

9 de Jun - 02:39:53

Carla de Queiroz Silva ...

Acupuntura

0

12 de Ago - 16:39:14

Escreva seu comentário sobre "Ácido málico para combater a fadiga crônica da fibromialgia"

Comente no Google+