Diversas maneiras de incorporar o Cloreto de Magnésio na alimentação do dia a dia

Conheça os segredos essenciais para fazer sua dieta mais nutritiva

Dia a dia surgem novas doenças cujas causas pouco se sabem. Às vezes pode ser simplesmente a carência de um mineral. Neste artigo você descobrirá um pouco mais sobre o Cloreto de Magnésio e por que é a forma mais fácil de incorporar magnésio na sua dieta.

É muito provável que você tenha lido ou escutado falar maravilhas do Cloreto de Magnésio, por isso é importante esclarecer que esta fama é emprestada, já que é devida a um importante mineral para o bem-estar da saúde em geral: o magnésio.

Você se perguntará, então, por que se fala mais do cloreto de magnésio e não tanto do magnésio?

É que o cloreto de magnésio é o suplemento alimentar mais aceito, devido a que é muito fácil de absorver pelo corpo.

A Bacharel em Ciências Químicas Ana Maria Lajusticia adverte, em um dos seus magníficos livros sobre o magnésio, o importante que é prestar atenção à sua alimentação diária, com o objetivo de que seja o mais balanceada possível. Também insiste em que a alimentação deve ser rica em minerais, como o magnésio, e em que é necessário incorporar suplementos alimentares como o Cloreto de Magnésio à dieta diária para complementá-la.

Estudos sobre nutrição afirmam que, no Ocidente, o déficit de magnésio na alimentação corresponde a 80%. Ou seja, o consumo é quase nulo.

Quais poderiam ser as causas de que falte magnésio na sua dieta diária?

  • Lamentavelmente, na atualidade os alimentos geralmente não têm a quantidade de nutrientes que possuiam antigamente. Isto se deve principalmente ao empobrecimento da terra, devido ao tipo de abono que se lhe dá, que tem uma carência de magnésio. Em outras palavras, embora você tenha uma alimentação balanceada, isto não é suficiente para proporcionar ao corpo sua dose diária de magnésio.
  • Os vegetais de folha verde não são os maiores portadores de magnésio como se acredita normalmente. Esta crença errônea pode te levar a pensar que, por estar ingerindo muita quantidade deste tipo de vegetais, está cobrindo a necessidade deste mineral.

É por estas razones que você deve incorporar o cloreto de magnésio como suplemento alimentar na sua dieta do dia a dia para brindar ao seu corpo o que necessita e evitar no futuro um sem-fim de complicações e doenças.

É preciso tomar o cloreto de magnésio diariamente?

A resposta é sim. E além disso é preciso tomá-lo durante a vida toda: em geral é necessário ingerir entre 500 e 600 mg diárias. Esta é a quantidade recomendada por Ana Maria LaJusticia, baseada nos seus conhecimentos e na sua experiência pessoal como doente e que em seus livros explica muito bem o porquê dessa afirmação.

Se você é uma pessoa ansiosa, muito emotiva, ou está submetida a situações de grande estresse, a ingestão diária aumenta. Também está o caso particular dos diabéticos ou das crianças e adolescentes que estão na idade de crescimento e precisam de uma maior quantidade diária de cloreto de magnésio.

Quem sofre de lesões intestinais também precisa de uma maior contribuição, já que tem maior dificuldade para absorvê-lo.

De que maneira você pode brindar ao seu corpo a quantidade de magnésio necessária?

Existem duas alternativas que se complementam perfeitamente:

  1. Consumindo diariamente alimentos ricos em magnésio
  2. Ingerindo Cloreto de Magnésio em qualquer uma das suas apresentações.

Em que alimentos você encontrará mais magnésio?

Estes são os principais alimentos com maior quantidade de magnésio na sua constituição:

  • O cacau: 420 mg
  • As amêndoas: 252 mg
  • Farinha de soja: 235 mg
  • As nozes: 185 mg
  • As avelãs: 99 mg
  • As tâmaras: 83 mg
  • O pão de trigo integral: 80 mg
  • O espinafre: 55 mg
  • O pão branco: 25 mg
  • A couve: 14,8 mg
  • A escarola: 12 mg
  • Também certa variedade de camarões possui uma quantidade significativa de magnésio.

Como tomar o cloreto de magnésio?

Como é tão importante o assunto para a nossa saúde e bem-estar geral, continuaremos mais adiante compartilhando este tipo de informação para poder ter uma vida mais plena e saudável. O que você acha?

Que alimentos você consome para obter magnésio?

Gráfico da enquete: Que alimentos você consome para obter magnésio?

O cacau

214/184

As amêndoas

198/74

Farinha de soja

38/163

As nozes

187/60

As avelãs

70/115

As tâmaras

48/113

O pão de trigo integral

153/69

O espinafre

146/59

O pão branco

137/54

A couve

109/62

A escarola

40/106

Camarões

59/97

Você consome o Cloreto de Magnésio como suplemento alimentar?




IMPORTANTE: A missão do "Diversas maneiras de incorporar o Cloreto de Magnésio na alimentação do dia a dia" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

1 comentário no "Diversas maneiras de incorporar o Cloreto de Magnésio na alimentação do dia a dia"

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia
¡Carregando comentários!

PAULO ROBERTO ...

Muito importante, mas quanto ao consumo,estou com a glicose elevada,quanto devo consumir de cloreto de magnésio, ja consumo o mesmo mas de uma forma alternada,um copinho de cafezinho diariamente,tomo uma sena para...qual é o melhor consumo para resolver meu problema?

0

29 de Abr - 12:47:50

Escreva seu comentário sobre "Diversas maneiras de incorporar o Cloreto de Magnésio na alimentação do dia a dia"

Comente no Google+