Efeitos secundários da melatonina

Contra-indicações da melatonina

A melatonina é uma substância natural que, nas doses adequadas, pode trazer benefícios para a saúde. Mas se não se respeita o consumo sugerido, a melatonina pode apresentar contra-indicações e efeitos secundários sobre o bom funcionamento orgânico.

Contra-indicações da melatonina

  • Em pacientes que apresentam problemas de coagulação e que consomem anticoagulantes orais ou ácido acetilsalicílico como analgésico.
  • Embora existam estudos que respaldam as propriedades da melatonina para tratar problemas cardiovasculares, atualmente não se aconselha seu consumo nas pessoas que sofrem deste tipo de patologia; até que se confirmem as investigações realizadas.
  • Pacientes com glaucoma.
  • Em pessoas com depressão.
  • Pacientes com diabetes.

Efeitos secundários da melatonina

  • Aumenta os níveis de colesterol no sangue, por isso se encontra contra-indicado em pessoas com problemas cardiovasculares.
  • Pode provocar hipotensão arterial, por esse motivo é importante controlar no caso de tomar medicamentos contra a hipertensão.
  • Pode interferir na utilização de insulina pela célula.

Embora a melatonina possa ser eficaz para conciliar o sono na forma natural, é necessário ser prudente e consumir a melatonina com precaução e sob supervisão médica.


IMPORTANTE: A missão do "Efeitos secundários da melatonina" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Efeitos secundários da melatonina"

Comente no Google+