6 formas de cozinhar os alimentos: quais são as mais saudáveis?

Benefícios dos diversos tipos de cocção

Você cuida da sua alimentação? Então é muito provável que também te interesse conservar todas as suas propriedades nutritivas dos alimentos que consome. Cada forma de cocção é diferente e você pode optar pela que mais se ajustar ao seu gosto. Descubra as vantagens de cada uma neste artigo!

Como você já deve saber, nos últimos tempos existe a tendência em escala mundial de consumir alimentos baixos em gordura e calorias. Porém, para isso não basta escolher alimentos que tenham essas características, você também tem que prestar atenção na preparação destes, já que existem diferentes formas de fazer isso e algumas são mais saudáveis que outras.

Outro ponto importante é cada tipo de cocção tem seus truques e muitas vezes por desconhecimento, por mais que o alimento a cozinhar seja muito nutritivo, você pode transformá-lo no contrário por não saber aplicar bem um método de cocção. Quer saber quais são as formas mais saudáveis de cozinhar um alimento? Tome nota dos seguintes conselhos.

Como cozinhar de forma saudável os alimentos

Ao vapor

É um método simples para cozinhar os alimentos que consiste em mantê-los fechados em um ambiente impregnado de vapor. Para isso você pode utilizar uma cesta perfurada que descanse sobre uma panela de água fervendo com tampa.

  • Benefícios. Não acrescenta gordura durante a preparação. Conserva os nutrientes melhor que qualquer outro método de cocção. É uma cocção rápida e muito saudável.
  • Alimentos recomendados. É perfeita para o peixe e os mariscos, já que permite que não a sua carne não seque. Também é ideal para cozinhar todo tipo de verduras.
  • Truques. Para que os vegetais se cozinhem ao mesmo tempo, você deverá cortar em pedaços pequenos os que forem mais duros e em rodelas maiores os mais moles. Uma boa ideia é conservar o líquido que sobrar da cocção já que contém grande quantidade de vitaminas e minerais e você pode utilizá-lo para preparar uma sopa, arroz, etc.

Fervido

É talvez uma das cocções mais populares e consiste em submergir carnes, hortaliças, cereais ou legumes na água ou caldo quente, durante certo tempo.

  • Benefícios. Como não é necessário utilizar nenhum tipo de gordura, resulta uma preparação ligeira que sempre cairá bem. Além disso, te permitirá obter geis, caramelos ou molhos bem espessos.
  • Alimentos recomendados. É aplicável a quase todos os alimentos, inclusive a fruta.
  • Truques. O ideal é cozinhar os alimentos no tempo justo e necessário, não mais, para que não percam valor nutritivo.
  • Carne: entre 1 hora e 1 hora e 45 minutos
  • Hortaliças: entre 10 e 25 minutos
  • Frutas: 25 minutos
  • Cereais: de 10 a 15 minutos
  • Legumes: 20 minutos

Escaldado

Consiste em colocar água fervendo em um recipiente, acrescentar sal e introduzir os alimentos. Para que fiquem bem cozidos você deverá deixá-los de 15 a 20 segundos na água fervendo e em seguida retirá-los rapidamente. É uma técnica prévia a um segundo tratamento, como o congelamento e a conservação a seco.

  • Benefícios. Como produz um amolecimento do alimento, facilitará descascá-lo depois no caso dos tomates, por
    exemplo, e será mais fácil limpá-los e embalá-los depois se desejar. Acelera os tempos de cocção das folhas dos vegetais.
  • Alimentos recomendados. É uma forma ideal de conservar frutas e verduras de estação.

alimentos

Frito

Cozinhar a muito alta temperatura por um tempo muito curto é a essência da fritura. Consiste em submergir um alimento em abundante óleo, a uma temperatura que pode alcançar até os 180 ºC.

  • Benefícios. A rapidez que se usa para cozinhar os alimentos permite que estes conservem suas propriedades nutritivas.
  • Alimentos recomendados. Brócolis, repolho, berinjela, pimentão, batatas, champignons, carne de porco e bovina, frango, peixe, camarões, vieiras e tofu.
  • Truques. Como os alimentos se cozinham muito rápido você deverá cortá-los em pedaços pequenos e uniformes para se certificar de que fiquem bem cozidos. Para evitar que os alimentos fiquem impregnados de óleo, espere até que o óleo esteja bem quente antes de começar a fritá-lo. Utilize de preferência azeite de oliva para as frituras, já que aguenta melhor as altas temperaturas. Evita que os alimentos queimem ou comecem a fazer fumaça e quando os retirar do óleo, escorra-os bem no papel absorvente.

Assado

Consiste na exposição dos alimentos ao fogo direto, seja de uma cozinha elétrica, a gás ou de uma grelha a lenha.

  • Benefícios. É muito fácil de realizar devido a que o calor é constante, a única coisa que você precisa fazer é mover os alimentos mais perto ou mais longe da chama em função de como gostar do grau de cocção. Além disso, te permitirá manter o sabor inato de cada alimento ao cozinhá-los individualmente.
  • Alimentos recomendados. É um método especial para preparar salmão, frango, carne bovina, pimentão, batatas, abobrinhas e outras verduras.
  • Truques. Sempre te convém pré-aquecer a grelha durante 30 minutos com a estante no seu lugar para que os alimentos possam ser assados rapidamente. Para lhes dar mais sabor e que os alimentos não sequem, marine os cortes magros e inclusive verduras, uma hora antes de colocá-los na grelha.

Salteado

Esta forma de cocção te permitirá cozinhar os alimentos com rapidez, mas mantendo sua essência de sabor.

  • Benefícios. Você consegue que os alimentos fiquem crocantes, conservando grande parte do seu valor nutricional. É uma forma que você pode utilizar para ajudar que seus filhos comam alimentos habitualmente rejeitados como as verduras ou o peixe.
  • Alimentos recomendados. Sobretudo verduras, hortaliças e legumes.
  • Truques. Antes de começar com o salteado, você deverá verificar que todos os ingredientes estejam cortados de tamaño parecido. Se não for assim, os maiores ficarão menos cozinhados que os menores.

Truques para cozinhar alguns alimentos

Assim como existem diferentes formas em que você pode preparar seus alimentos, também existem truques para elaborar alguns tipos específicos de alimentos. Se você adora a cozinha, não perca a seguinte lista de recomendações.

  • Truques para cozinhar as ervilhas. Embora as ervilhas sejam especialmente saborosas, precisam que você tenha certos cuidados na sua preparação. Aqui você vai conhecer vários deles para que seus pratos sejam um verdadeiro sucesso.
  • Truques para que os legumes não provoquem gases. Você vai conhecer a maneira de preparar estes nutritivos vegetais para que o seu consumo não te cause flatulência e inflamação abdominal.
  • Truques para cozinhar a carne. Você ficará a par de uma série de conselhos que te ajudarão a preparar deliciosos pratos de carne sem acrescentar suntuosos molhos nem muitos condimentos.

Que método de cocção você utiliza para preparar seus alimentos?

Gráfico da enquete: Que método de cocção você utiliza para preparar seus alimentos?

Fervido

10/0

No vapor

6/2

Escaldado

3/1

Assado

7/0

Frito

5/2

Salteado

5/0

Por que você o prefere?




Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "6 formas de cozinhar os alimentos: quais são as mais saudáveis?"

Comente no Google+