Como fazer para que o arroz não passe do ponto nem grude

O arroz, um alimento com muitos truques de cocção

Sem nenhuma dúvida, o arroz é um dos alimentos mais usados no mundo inteiro. Mas também um dos que mais possibilidades tem de ficar incomível se estiver mal preparado. Por isso mesmo, você deveria levar em conta estes truques para que não grude nem passe do ponto.

Se você é daqueles que adoram comer arroz mas sempre que cozinha ele gruda ou passa do ponto, você chegou no lugar indicado. É que neste artigo você não só poderá aprender a que isso não aconteça mais, também poderá ver como cozinhar vários tipos de arroz. Assim, poderá ficar bem com seu amor, seus convidados e também com suas próprias habilidades culinárias. Vamos então preparar esse arroz como deve ser.

Arroz yamani ou arroz integral:

Se você quer comer arroz integral, com toda sinceridade, tem que ser muito distraíd@ para que grude ou passe do ponto. É que demora aproximadamente quase meia hora para ficar no ponto. Precisa ser bem voado para isso aconteça, então se você gosta desta opção, não terá muito do que se preocupar.

Arroz basmati:

Sem sombra de dúvidas, minha opção preferencial na hora de preparar um gostoso arroz branco. É um arroz típico da Índia, que é bastante aromático e perfumado. Fica ótimo com tudo, tanto para acompanhar um curry, como para comer com umas almôndegas ou simplesmente para comê-lo sozinho, com um jorrinho de azeite de oliva e umas sementes de gergelim torradas.

Arroz basmati

O ideal para cozinhá-lo é colocar uma xícara de arroz para cada três xícaras de água. Deixe que ferva e conte 10 minutos, baixe o fogo (ou diretamente apague) e deixe que termine de cozinhar o mínimo possível. A ideia é não ter que coá-lo. Não mexa, para que não solte o amido e fique bem desgranado. É uma delícia.

Arroz branco tipo carolina, tradicional:

O arroz mais comum e também um dos mais econômicos. Também o que mais problemas pode te trazer se você for meio esquecido. Lave-o bem primeiro com água fria, para remover o excesso de amido. Ponha para ferver na água com sal e, assim que entrar em ebulição, mexa levemente. Daí para frente você não terá que tocá-lo. Conte uns 15 minutos, aproximadamente, e experimente para ver se já está no ponto. Coe-o assim que estiver como você gosta e logo molhe-o com água fria para cortar sua cocção. Assim terá um arroz branco perfeito, sem que grude nem passe do ponto.

Arroz parboilizado:

O arroz que não precisa de nenhum truque para que não passe do ponto, mas também o que não representa nenhum desafio na sua luta para progredir na cozinha. É que há um processo a fazer que, basicamente, jamais passe do ponto nem grude. Por conseguinte, você pode esquecê-lo no fogo que, quando reagir, ainda estará com possibilidades de comê-lo sem decepções. Pessoalmente, não o uso jamais e sua textura de chiclete e um tanto artificial não me agradam. No máximo, vai bem em algumas saladas ocasionais.

Bônus track, arroz de sushi:

Sushi

É uma clara contradição incluir numa lista de truques para que o arroz não passe do ponto nem grude o arroz de sushi, porque justamente, tem algo de passado e também algo de grudado. É que, justamente, o tipo de arroz que se usa para prepará-lo precisa dessa dose de aglutinante que lhe permita se manter unido quando o roll estiver feito. Você pode ver este artigo sobre como preparar arroz de sushi para aprender a fazê-lo.


Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Como fazer para que o arroz não passe do ponto nem grude"

Comente no Google+