A Carta Astral e o Autoconhecimento

Conhecer as forças astrológicas (carta astral) para conhecer a si mesmo

Compreender as "forças básicas" que levamos dentro (carta astral) é talvez a melhor aproximação que existe à pergunta "Quem sou eu?" já que se você conhece as energias das quais está formado conseguirá aumentá-las de forma positiva.

A primeira coisa que você precisa saber, para começar a entrar na Astrologia, é o que é uma Carta Astral? O que representa e como se lê? Neste artigo você vai encontrar toda a informação fundamental para aprender sobre a Carta Astral.

O que é a Carta Astral?

Utiliza-se o termo "Carta" no sentido cartográfico, já que o que representa em si é um mapa da localização dos astros, no momento do seu nascimento. É normal que se confunda com a "cartomancia" (adivinhação com naipes), que embora em algum ponto distante tenha conexão com a astrologia, no presente não compartilha relação.

Este mapa refere a uma representação simbólica, que busca compreender seu caráter e seu destino e é utilizado e analisada há milênios pelos astrologistas. Vamos lembrar que o que busca a astrologia é estudar as relações entre certos fenômenos celestes, com os humanos. Por isso, na Carta Astral, você encontrará que se representam diversos astros tais como o Sol, a Lua, e os planetas do sistema solar. Deles, se estudam as relações angulares que têm entre si (chamadas "aspectos") e as posições que ocupariam ao seu redor, no lugar e momento exato do seu nascimento, em uma divisão circular de doze setores denominados "casas".

Basicamente, estes são os elementos mais essenciais que os astrologistas utilizam para estudar as cartas astrais. Mas também se levam em conta muitas estrelas fixas, asteroides e também as intersecções das órbitas de alguns corpos celestes (denominados nodos).

Todos os planetas, signos, casas e aspectos foram associados através de milênios com diversas plantas, animais, deuses, cores e pedras. No plano humano, se relacionaram os planetas com características da personalidade, funções do organismo, órgãos do corpo humano, qualidades e as compatibilidades das relações entre as pessoas.

Compreender as "forças básicas" que você leva no seu interior é talvez a melhor aproximação à eterna pergunta "Quem sou eu?", já que se você conhece as energias das quais você está formado e segundo as quais continua se formando, poderá entender a si mesmo muito melhor em cada nível da vida. Mas ainda mais: pode utilizar uma força básica para melhorar, e para aumentar todas as ações que decidir realizar.

Alguma vez você realizou a consulta da sua Carta Astral?

Gráfico da enquete: Alguma vez você realizou a consulta da sua Carta Astral?

Não. É a primeira vez que leio sobre o assunto.

453

Não, mas quero fazê-la.

511

Sim. Consultei minha Carta Astral.

99





4 comentários no "A Carta Astral e o Autoconhecimento"

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia
¡Carregando comentários!

Talita ...

Quero saber sobre minha carta astral

0

6 de Jun, 2015 - 14:52:43

Lorrana Kindermann de Medeiros ...

...

0

23 de Fev, 2015 - 18:41:49

fatima vieira ...

claro, simples e de esclarecedor.

0

17 de Jul, 2015 - 00:37:31

Gabriela ...

é a primeira vez que leio sobre o assunto

0

15 de Set, 2016 - 17:20:49

Escreva seu comentário sobre "A Carta Astral e o Autoconhecimento"

Comente no Google+