Leis da Gestalt III

Lei de Pragnanz: lei do equilíbrio

A lei gestáltica do equilíbrio, referida a figuras claras, simétricas e harmoniosas, é denominada Lei de Pragnanz.

A lei gestáltica do equilíbrio, referida a figuras claras, simétricas e harmoniosas, é denominada Lei de Pregnanz. Afirma que a organização perceptual tende à maior simplicidade possível, ou seja, à melhor gestalt. A percepção tende a completar imagens (incompletas) segundo nossa interpretação do mundo. Esta tendência intencional - dirigida a um fim - frequentemente é considerada a lei principal da Gestalt.

Em 1915 Edgar Rubin, discípulo de Müller e Katz, introduziu os conceitos de figura e fundo. Os elementos que captam nossa atenção são percebidos com grande clareza, formando a figura, enquanto o resto do campo visual constitui o fundo, para além das determinantes fisiológicas da fóvea na retina. Os gestaltistas adotaram a ideia de figura e fundo. Os elementos perceptivos se organizam como um todo, uma gestalt, formando a figura.

Temos um exemplo disso se observamos o seguinte gráfico:

Você terá comprovado então que depois de observá-lo por um longo momento, se formam diante da nossa percepção duas gestalt diferentes: uma cruz branca sobre fundo preto e uma cruz preta sobre fundo branco.

Não há nada na qualidade de dois pontos luminosos projetados na retina que possa fazer que esses pontos pertençam a dois objetos diferentes ou a duas partes do mesmo objeto. Isso depende exclusivamente da capacidade da nossa percepção de reorganizar em objetos o input sensorial que captam os órgãos dos nossos sentidos. De acordo com isso, não percebemos estímulos, propriamente falando, senão devido a estes estímulos.

Outro exemplo de figura e fundo, muito clássico, é o das caras que se veem uma de frente para a outra, que pode se ver também como uma taça e que aparece no topo destas páginas. Outro o encontramos no chamado Cubo de Necker: aqui é possível ver o cubo a partir de duas perspectivas diferentes. Onde está aderido o quadrinho vermelho, na cara frontal do cubo, ou na posterior?

A exposição das ideias essenciais da escola Gestalt concluirá na seguinte seção.

Mais informação sobre as Leis da Gestalt:


Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Leis da Gestalt III"

Comente no Google+