Poemas para o dia da mãe

Poemas para o Dia das Mães

O mês das Mães é maio e o que pode ser melhor que dizer a ela quanto você a valoriza? Aqui você pode encontrar poesias para o Dia das Mães ou qualquer dia em que você resolva homenageá-la.

Na maior parte do mundo de língua hispana, o Dia das Mães se celebra em maio. Certamente, você quer dizer presente na hora de parabenizar sua própria mãe e as mães que tem ao seu redor (esposa, irmã, filha, amiga, etc.).

Dedicar poesias no segundo domingo de maio (ou em qualquer outro dia do mês e do ano, por que não) sempre é uma ideia interessante para homenageá-las. Às vezes não é preciso um grande presente nem nada parecido. Um bom poema pode tocar o coração de uma maneira que outras coisas não.

Então demonstre seu amor com alguns destes poemas e poesias para o Dia das Mães que te propomos a seguir.

Os melhores poemas para o Dia das Mães

Se a sua mãe desfruta da poesia, você está com sorte, porque tem muito para escolher entre autores conhecidos e desconhecidos. Para facilitar essa tarefa, aqui nós te deixamos uma seleção dos melhores poemas para o Dia das Mães ou qualquer outra data em que você quiser homenageá-la.

Quero te dar de presente um sorriso (autor: desconhecido)

"Quero te dar de presente um sorriso
que encha de luz seu coração,
quero te dar de presente um abraço
e com ele, todo o meu amor.

Quero que você me olhe nos olhos
e que neles você também se veja;
mãe, você é para mim tão importante
que o mundo às vezes…
somos eu e você."

"Seus braços sempre se abriam quando queria um abraço.
Seu coração compreendia quando precisava de uma amiga.
Seus olhos tenros se endureciam quando me era preciso uma lição.
Sua força e seu amor me guiaram e me deram asas para voar."

"Minha mãe encontra a felicidade quando eu a encontro.
Quando eu vivo algo lindo, o vive através da minha experiência.
Minha mãe reza por mim, inclusive quando eu só rezo por mim mesmo.
Minha mãe me daria o mundo inteiro se fosse capaz. Obrigado, mãe."

À minha Mãe (autor: Vicente Riva Palacio)

"Oh, quão longe estão aqueles dias
em que cantando alegre e prazerosa,
brincando com minha negra cabeleira,
no seu suave colo eu dormia!

Com que grato enlevo você recolhia
a balbuciante frase passageira
que, por ser dos meus lábios a primeira
com maternal orgulho você repetia!

Hoje que da velhice no quebranto,
minha barba se desata em branco arminho,
e contemplo a vida sem encanto,

ao recordar seu celestial carinho,
dos meus cansados olhos brota o choro,
porque, pensando em ti, me sinto menino

Um golpe dei com trêmula mão
sobre sua tumba venerada e triste;
e ninguém respondeu... Chamei em vão
porque a mãe do meu amor não existe!

Chamei de novo, e do império frio
se levantou uma voz que disse: existe!
As mães nunca morrem... Filho meu
do túmulo eu te observo triste...

As mães nunca morrem!
Se deixam o envoltório terrenal,
sobem a Deus, em espiral de nuvens...
A mãe é imortal!"

Hoje trago flores para a minha mãe (autor: desconhecido)

"Hoje trago flores para a minha mãe!
A que me envolve em seus beijos e me nina no berço.
A que me ensina de criança o que vale o carinho profundo e verdadeiro.
A que me nina nos seus braços e me dá em pedaços, um a um, o coração inteiro.
A minha mãe adorada e bendita...
Hoje trago flores!"

Versos para a minha mãe (autor: Julio Jaramillo)

"Minha mãe é um poema
de branca cabeleira,
que tem na flor dos lábios
um gesto de perdão.

Quando após longa ausência eu volto
ela me espera,
me abraça como um menino,
me beija com paixão.

Minha mãe é pequeninha
igual que uma violeta,
o doce está na sua alma,
o choro no adeus.

É dona dos meus sonhos,
embora eu não seja poeta,
os versos à minha mãe
os inspira Deus.

Que linda que é a minha mãe
que sorte é tê-la e
que sortudo ao vê-la
feliz no lar.

Radiante de alegria
ao lado dos seus filhos
cuidando seus netinhos
que santa que é a minha mãe,
Abençoe-a, sim, abençoe-a, Senhor.

Minha mãe é uma rosa
de pétalas murchas
que guarda seu perfume
muito junto do coração.

Vivendo nossa angústia
não sei quanto chorei
por isso ao mencioná-la
me encho de emoção.

Minha mãe é como um cromo
de mágica paleta
Canção dor ternura
de tudo há na sua voz.

É dona dos meus sonhos,
embora eu não seja poeta,
os versos à minha mãe
os inspira Deus.

Que linda que é a minha mãe
que sorte é tê-la e
que sortudo ao vê-la
feliz no lar."

madre hijo

Palavras à minha mãe (autor: Alfonsina Storni)

"Não as grandes verdades eu te pergunto, que
Você não as responderia; somente investigo
Sim, quando você me gestou, foi a lua testemunha,
Pelos escuros pátios em flor, passeando.
E sim, quando em seu seio de fervores latinos,
Eu escutando dormia, um ronco mar sonoro
Te adormeceu as noites, e você viu no ouro
Do crepúsculo, se afundar os pássaros marinhos.
Porque minha alma é toda fantástica, viajante
E a envolve uma nuvem de loucura ligeira
Quando a lua nova sobe ao céu azulino.
E gosta se o mar abre seus fortes piveteiros.
Arrulhada num claro canto de marinheiros
Olhar as grandes aves que passam sem destino."

Carícias (autor: Gabriela Mistral)

"Mãezinha minha,
mãezinha tenra,
deixe-me te dizer
doçuras extremas.
É seu meu corpo/que você juntou em ramo
deixe mexê-lo
sobre seu regaço..
Jogue você a ser folha
e eu a ser orvalho,
e nos seus braços loucos
tenha-me suspenso…
Mãezinha minha,
todinho meu mundo,
deixe-me te dizer
os carinhos sumos..."

A mãe agora (autor: Mario Benedetti)

"Doze anos atrás
quando tive que partir
deixei minha mãe junto da janela
olhando a avenida
agora a recupero
só com uma bengala de diferença

em doze anos transcorreram
diante do seu vitrô algumas coisas
desfiles e batidas
fugas estudiantis
multidões
punhos raivosos
e gases de lágrimas
provocações
tiros longe
festejos oficiais
bandeiras clandestinas
vivas recuperados

depois de doze anos
minha mãe continua na sua janela
olhando a avenida
ou talvez não a olha
só repassa seus adentros
não sei se de reolho ou de marco em marco
sem pestanejar sequer

páginas sépias de obsessões
com um padrasto que lhe fazia
endireitar pregos e pregos
ou com minha avó a francesa
que destilava sortilégios
ou com seu irmão o insociável
que nunca quis trabalhar

tantos rodeios imagino
quando foi patroa numa loja
quando fez roupa para crianças
e alguns coelhos coloridos
que todo mundo elogiava
meu irmão doente ou eu com tifo
meu pai bom e derrotado
por três ou quatro fraudes
mas sorridente e luminoso
quando a fonte era de nhoque

ela repassa seus adentros
oitenta e sete anos de cinzas
continua pensando distraída
e algum acento de ternura
escapou dela como um fio
que escapou como um fio
que não se encontra com sua agulha

como eu queria compreendê-la
quando a vejo igual que antes
desperdiçando a avenida

mas nesta altura que outra coisa
posso fazer eu que diverti-la
com contos certos ou inventados
comprar uma nova tevê
ou dar a ela a sua bengala."

Outros presentes para mamãe

Se você não gosta tanto dos poemas ou quer considerar outras opções, que também sejam mais simbólicas que materiais, aqui você tem algumas ideias a mais de presentes para a mãe.

  • Frases para o Dia das Mães. São uma melhor opção se você quer enviá-las pelas redes sociais, por Whatsapp ou se quer colocá-las em um cartão. Você tem muita variedade para escolher, certamente encontrará o que precisa.
  • Cartões para o Dia das Mães. Nunca vai errar com um cartão se o fizer com suas próprias mãos y colocar todo o seu amor no trabalho. Sua mãe vai dar valor de coração.
  • Torta para a mãe. Um dia especial sem torta para celebrar não é igual! Se a sua mãe tem fraqueza pelos doces, este é o presente ideal. É uma receita fácil, que rende bem e, principalmente, muito deliciosa.
  • Dedicatórias para o Dia das Mães. São ideais para colocar em cartões, livros, fotos, etc. Se você prefere parabenizar sua mãe com frases curtas e diretas, estas dedicatórias são o que você busca.

O que você prefere dar de presente no Dia das Mães?

Gráfico da enquete: O que você prefere dar de presente no Dia das Mães?

Poemas

237/32

Frases e dedicatórias

118/46

Uma torta

98/60

Cartões

117/29





Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Poemas para o dia da mãe"

Comente no Google+