O dente-de-leão, um remédio para curar o fígado danificado pelo álcool

Remédio caseiro de dente-de-leão para o alcoolismo

Você tem problemas do fígado por causa do consumo excessivo de álcool? O dente-de-leão pode te ajudar a desintoxicá-lo de forma natural, graças às suas incríveis propriedades medicinais. Descubra como trabalha e quais são os benefícios que pode te oferecer, lendo este artigo. Não perca!

Generalidades sobre o alcoolismo

Como você já deve saber, o consumo excessivo de álcool ou alcoolismo é um dos vícios que mais problemas de saúde pode te provocar, inclusive doenças mortais, como a cirrose hepática ou o câncer de fígado. Segundo os especialistas em vícios, o alcoolismo se desenvolve de forma gradual e é causado por mudanças nos níveis de certas substâncias químicas do cérebro: a dopamina e o ácido gama-aminobutírico.

Felizmente, existem remédios naturais que têm a capacidade de regular estas substâncias cerebrais e, também, reparar o dano ocasionado no fígado. Esse é o caso do dente-de-leão, uma planta medicinal com extraordinárias propriedades medicinais.
Quer saber como pode te ajudar? Preste atenção nas seguintes linhas.

Benefícios do dente-de-leão para tratar o fígado

O dente-de- leão é uma pequena planta, conhecida na botânica com o nome de Taraxacum officinale, que cresce em muitos países como erva daninha. Porém, na maioria deles é de conhecimento popular seu grande poder curativo, por esta razão costuma ser muito utilizada como remédio caseiro para tratar diferentes problemas, especialmente digestivos.

Possui um rico conteúdo de nutrientes:

  • Vitaminas: A, B, C e D.
  • Minerais: ferro, potássio e zinco.
  • Flavonoides

Regenera as células hepáticas

Segundo dados colhidos em algumas investigações científicas, o dente-de-leão tem a capacidade de reduzir os efeitos nocivos do alcoolismo, promovendo o rejuvenescimento dos tecidos do fígado.

Aumenta a secreção da bílis

Seus princípios amargos agem estimulando a produção de bílis e estimulam sua circulação. Sendo isto muito benéfico para a decomposição e correto metabolismo das gorduras.

Levanta as defesas

A bílis contém um polissacarídeo de insulina, que está estreitamente ligado à capacidade imunitária do seu corpo, já que ativa a produção de células brancas do sangue.

Por estes motivos é que o dente-de-leão é amplamente utilizado pela medicina natural para o tratamento de problemas hepáticos e inclusive para o tratamento dos sintomas de abstinência de álcool.

Porém, você não faz ideia de como consumi-lo? Não se inquiete! Só tome nota dos seguintes conselhos.

Como consumir o dente-de-leão para tratar o fígado doente pelo álcool

No mercado você pode encontrar o dente-de-leão, apresentado de diferentes formas:

  • Folhas secas
  • Raiz seca
  • Tinturas
  • Extrato líquido
  • Comprimidos
  • Cápsulas
  • Chá

Você também pode encontrá-lo combinado com outras ervas medicinais, formando parte de suplementos dietéticos.

Tanto as raízes como as folhas do dente-de-leão são boas para tratar os problemas do fígado e a melhor forma em que você pode obter seus benefícios é preparando um chá com elas. Tome nota da seguinte receita.

Como preparar um chá de dente-de-leão

  • Coloque 1 colherinha de raiz de dente-de-leão seca numa xícara.
  • Verta água fervendo sobre ela, tampe e deixe repousar durante 10 minutos.
  • Filtre e beba sem adoçar.

Para um tratamento de depuração do fígado, eu recomendo que você beba de 2 a 3 xícaras de chá diariamente durante 3 meses para começar a ver resultados positivos. Você também pode consumir 500 mg de cápsula raiz de dente-de-leão 2 ou 3 vezes por dia.

diente de león

Efeitos secundários e contraindicações do dente-de-leão

Leve em conta que, como todo produto natural, embora seu consumo seja considerado seguro, pode te causar algumas incomodidades:

  • Reações alérgicas na pele
  • Chagas na boca
  • Azia

Evite seu consumo ou consulte seu médico no caso de:

  • Sofrer alergia à ambrósia, crisântemos, calêndula, camomila, mil-em-rama ou as margaridas.
  • Tiver intolerância ao iodo.
  • Padecer de problemas renais.
  • Tiver problemas de vesícula ou cálculos biliares.

Outros remédios naturais para tratar o alcoolismo

Se você está tratando de se livrar desta dependência, ou então tem um familiar ou amigo nesta situação, os remédios naturais podem te ajudar a paliar este problema. De qualquer forma, você sempre vai precisar a orientação de um especialista, mas os remédios caseiros podem melhorar sua qualidade de vida. Eu te recomendo dar uma olhada nos que conformam a seguinte lista.

  • Remédios caseiros para deixar o álcool. Você descobrirá 5 receitas muito práticas e simples de preparar, que serão de grande ajuda para abandonar esta terrível dependência, ou então para ajudar alguém próximo.
  • Remédio caseiro de gergelim e amora. Você encontrará todos os passos necessários para preparar este remédio natural, de grande poder depurativo e nutritivo, para que possa recuperar os nutrientes perdidos pelo álcool.
  • Remédios caseiros com plantas medicinais. Você conhecerá quais são as plantas medicinais mais eficazes e benéficas para tratar o alcoolismo e seus efeitos negativos no seu organismo.

Que remédio natural você usaria para tratar o alcoolismo?

Gráfico da enquete: Que remédio natural você usaria para tratar o alcoolismo?

Remédios com plantas medicinais

13/1

Remédio de amoras e sementes de gergelim

4/1

Remédio caseiro com dente-de-leão

24/0

Que aspecto da sua saúde foi mais prejudicado devido ao álcool?




IMPORTANTE: A missão do "O dente-de-leão, um remédio para curar o fígado danificado pelo álcool" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

7 comentários no "O dente-de-leão, um remédio para curar o fígado danificado pelo álcool"

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia
¡Carregando comentários!

Raymond ...

Great website you have here but I was curious about if you knew of any discussion boards
that cover the same topics talked about in this article?
I'd really like to be a part of online community where I can get responses from other experienced people that share the same interest.

If you have any recommendations, please let me know.
Many thanks!

0

21 de Mar, 2019 - 20:46:30

Annett ...

Today, I went to the beachfront with my kids. I found a
sea shell and gave it to my 4 year old daughter and said "You can hear the ocean if you put this to your ear." She put the shell to her ear and screamed.
There was a hermit crab inside and it pinched her ear. She never wants
to go back! LoL I know this is entirely off topic but I had to tell someone!

0

19 de Abr, 2019 - 01:51:53

Mellisa ...

Hi there, the whole thing is going sound here and ofcourse every one
is sharing data, that's actually fine, keep up writing.

0

21 de Mai, 2019 - 08:01:46

Xavier ...

Hello! This post couldn't be written any better! Reading
this post reminds me of my good old room mate! He always kept talking about this.

I will forward this post to him. Pretty sure he will have a good read.
Thanks for sharing!

0

16 de Nov, 2019 - 12:34:43

Reagan ...

First of all I want to say superb blog! I had a quick question in which I'd like
to ask if you don't mind. I was curious to find out how you center yourself and clear your mind prior to writing.
I have had trouble clearing my mind in getting my ideas out there.
I truly do enjoy writing but it just seems like the first 10 to 15
minutes are generally wasted just trying to figure out how
to begin. Any ideas or hints? Kudos!

0

22 de Nov, 2019 - 03:44:41

Harry ...

Hi there it's me, I am also visiting this site daily, this website is in fact nice and the viewers are genuinely sharing pleasant thoughts.

0

15 de Jun - 14:14:38

Bonny ...

It's truly a great and useful piece of information. I'm satisfied that you shared
this useful information with us. Please stay us informed like this.
Thank you for sharing.

0

17 de Jun - 14:32:35

Escreva seu comentário sobre "O dente-de-leão, um remédio para curar o fígado danificado pelo álcool"

Comente no Google+