Acessórios para tomar erva-mate: o recipiente, a bomba e a chaleira

O que você precisa para preparar e cevas mates?

Tomar ou cevar mate faz tempo que deixou de ser um costume praticado só na Argentina, Uruguai, Paraguai e sul do Brasil. Este costume se estendeu pelo mundo todo. Se você quer saber quais são os acessórios necessários para preparar esta bebida, não perca este artigo.

O recipiente ou mate propriamente dito

O recipiente que se usa para preparar a erva-mate é conhecido diretamente como “mate” propriamente dito, tanto na Argentina como no Paraguai, e em todas as outras regiões onde se usa.

Está construido com diversos materiais, e isto pode ser um determinante na hora do sabor que conferirá à bebida. Pode ser de metal, de diversas madeiras, de abóbora. Existem também muito enfeitados e luxuosos, de formas estranhas e de todo tipo e cor.

Um dos mais difundidos é o de abóbora. Assim como o mate de madeira, requer um processo de cura antes da sua utilização, já que pode transferir em seguida os sabores próprios para a bebida em si. Isto é algo bastante importante para os especialistas bebedores de erva-mate.

Se você bebe mate doce, não espere que alguém que o toma amargo use seu recipiente para esse fim: um experiente mateiro se negará com veemência e te dirá que seus mates amargos vão estragar. Então não hesite em escolher o que mais gostar e melhor se adaptar para as suas preferências.

A bomba

A finalidade da bomba é clara, simples e expeditiva: levar o mate à boca de quem o consome. Nem mais nem menos.

Geralmente é um tubo metálico de uns 15 centímetros de comprimento, bastante estreito e esburacado no seu interior. Tem uma boquilha num dos seus extremos, que é o que se destaca, e um filtro na parte inferior, que possui muitos orifícios que propiciam a filtragem da erva, para que esta não chegue à boca do consumidor.

Embora possam variar suas formas, o metal com o qual estão construidas e até inclusive o modo de filtragem, a finalidade e seu uso são sempre os mesmos. Coloca-se o extremo inferior dentro do recipiente com erva e o outro extremo sobressaíndo.

Você deve procurar limpá-la de vez em quando para evitar que o mate se tampe com facilidade. Para isso você só tem que desobstruir os orifícios com um alfinete ou um material pontiagudo. Ou conseguir uma escova fiao que você possa introduzir pelo orifício superior, para assim eliminar os sedimentos que foram se acumulando com seu uso.

El mate con la pava, dos clásicos de la yerba mate.

A chaleira

A chaleira é outro dos instrumentos indispensáveis para cevar mate, para além da bombilha ou o próprio mate. Embora você possa substituí-la por um bule que tenha boca estreita ou por uma garrafa térmica, que também te permitirá manter a água na temperatura por longo tempo, a chaleira é o meio perfeito para fazer que a erva se transforme em mate.

Este acessório não tem nenhum mistério. É simplesmente um recipiente metálico, com uma tampa, ao qual se carrega água pela parte superior. Mas o detalhe está no seu bico vertedor. Sua estreiteza o torna ideal para o consumo de mate. Desta maneira, é possível verter a água de um modo muito mais dirigido e evitando assim descuidos que possam derivar num mate rebalsado.

É válido esclarecer que, quando bebemos mate, não costuma ser muito mais que de uns dois goles a quantidade de água que se deposita. É por isso que a chaleira é o instrumento ideal para isso. Se você não puder consegui-la com facilidade, não se aflija, com certeza vai obter um substituto adequado.

Como você prefere consumir a erva-mate?

Gráfico da enquete: Como você prefere consumir a erva-mate?

Com mate cevado (em recipiente com bomba)

22/2

Como infusão, em xícara

7/3

Em infusões, combinada com outras ervas

6/2





Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Acessórios para tomar erva-mate: o recipiente, a bomba e a chaleira"

Comente no Google+