O gengibre, um potente remédio para tratar o câncer de ovário

Um grande descobrimento da ciência

O gengibre é muito ponderado por seu agradável aroma e sabor. Por esta razão, é muito utilizado para preparar diversos pratos. Além disso, também lhe foram reconhecidas várias propriedades medicinais. Recentemente se demonstrou que pode ser um grande aliado para tratar o câncer de ovário...

O gengibre é desde a antiguidade um dos ingredientes mais utilizados como remédio natural para curar muitas dolências. Além do seu já ponderado valor gastronômico, também tem grande valor medicinal. Sabia?

Segundo os relatos históricos, originalmente, o gengibre começou a ser utilizado na China, para logo ser conhecido em diferentes latitudes.

Atualmente, se cultiva em diferentes partes do mundo, sobretudo na África e no Caribe.

É que o gengibre, além de possuir um delicioso e sofisticado sabor, tem um rico fluxo de nutrientes essenciais e compostos que colaboram com o rejuvenescimento integral do organismo.

É muito comum e de conhecimento popular que o gengibre é muito bom para tratar mal-estares estomacais e outras afecções menores. Porém, talvez você desconheça que seus benefícios para a saúde também incluem a luta contra o câncer.

Por esta razão é que muitos ramos da medicina natural, como a fitoterapia, a aromaterapia, ayurveda e a naturopatia, o utilizan como um dos seus principais remédios.

Quer conhecer quais são os princípios orgânicos que fazem do gengibre um alimento tão especial? Tome nota…

Componentes do gengibre

  • Hidratos de carbono
  • Aminoácidos
  • Gorduras
  • Fibra
  • Vitamina C e niacina
  • Minerais: alumínio, boro, cromo, cobalto, manganês, fósforo, silício, zinco.
  • Flavonoides
  • Ácido oxálico
  • Curcumina
  • Shogaholes
  • Gingeróis
  • Óleos essenciais

Poder anticancerígeno do gengibre

Desde sempre, o gengibre se utilizou para combater as náuseas, enjoos, vômitos e mal-estares estomacais, mas recentemente se descobriu que é capaz de combater o câncer. O que você acha?

Estudo científico sobre benefícios do gengibre para o câncer

Para testar esta propriedade, se realizou uma investigação com ratos portadores de tumores. Através dos resultados obtidos, os cientistas descobriram que o gengibre pode eliminar células cancerígenas de duas maneiras diferentes.

  1. Por apoptose: o gengibre pode conseguir que as células cancerígenas se destruam entre si, deixando as células saudáveis circundantes intactas.

    Além disso, as propriedades anti-inflamatórias do gengibre podem prevenir o desenvolvimento de tumores.

  2. A segunda forma é a autofagia: o gengibre estimula a que as células cancerígenas se comam a si mesmas.

Os investigadores se encontram estudando um dos cânceres mais difíceis de combater, o câncer de ovário.

Ao que parece, a quimioterapia quando se realiza repetidamente pode perder sua eficácia com o tempo. O problema radica em que o câncer elabora uma resistência ao tratamento repetitivo.

Por esta razão, se pensa que o gengibre pode ser de grande ajuda, já que ao funcionar de duas maneiras diferentes, ajudaria a dissuadir a resistência do câncer. Uma grande notícia, você não acha?

Kion

Estudo científico sobre o gengibre e o câncer de ovário

Os cientistas reconhecem que o gengibre é um componente da dieta natural com grandes propriedades antioxidantes e anticancerígenas. Estas propriedades estão em um dos seus componentes, o gingerol.

Para provar estes efeitos curativos para o câncer, os investigadores realizaram cultivo de células de câncer de ovário, às quais submeteram os componentes do gengibre.

Resultados obtidos

O tratamento de gengibre inibiu o crescimento das células cancerígenas de ovário. Foi descoberto que o shogaol é o mais ativo dos componentes testados.

Conclusão

O gengibre inibe o crescimento de células de câncer de ovário. O uso deste na dieta diária pode ser um potencial tratamento para prevenir e curar este tipo de câncer.

Como consumir o gengibre

Você tem várias formas de fazê-lo:

  • A raiz crua em saladas, ou como espécie aromática de diferentes pratos.
  • A raiz cozida em molhos.
  • A raiz pulverizada em cápsulas: 2 gramas por dia no máximo.
  • Em extrato seco: 400 miligramas diárias, repartidos em três doses.

Como você consome o gengibre?

Gráfico da enquete: Como você consome o gengibre?

Cru em molhos

20/8

Cozido em diversas preparações

33/3

Em cápsulas

6/9

Em extrato seco

10/7

Com que fim você o consome?




IMPORTANTE: A missão do "O gengibre, um potente remédio para tratar o câncer de ovário" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

1 comentário no "O gengibre, um potente remédio para tratar o câncer de ovário"

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia
¡Carregando comentários!

betania maria de castroe ...

Tomo todos os dias em jejum, um copo de suco de limão com gengibre.Bato o limão com casca, peneiro e bato novamente , com gengibre, as vezes acresceto uma folha de couve, ou um peino. Faz mais de tres anos , que não tenho resfriado , e nenhum outro problema de saude, tenho 51 anos

0

8 de Dez, 2015 - 18:45:50

Escreva seu comentário sobre "O gengibre, um potente remédio para tratar o câncer de ovário"

Comente no Google+