Por que a henna indiana é uma boa alternativa para a tatuagem convencional

Tatuagens temporárias com henna natural: uma solução para eliminar as tatuagens

Muitas empresas proíbem que seus empregados tenham tatuagens. Tatuagens que marcam a vida. Há várias maneiras de remover uma tatuagem. Isso depende da localização, tamanho e antiguidade...

É uma grande verdade se falamos que as tatuagens marcam a vida, não só a pele, já que quem a leva costuma ter em fogo na sua derme o ícone que mais lhe apaixona para sempre, no sentido mais lasso do termo. Por isso, cada dia existem mais adeptos à henna indiana, que usualmente dura de 10 a 15 dias e é totalmente removível.

Desvantagens das tatuagens permanentes

Apesar do carácter perene que tem uma tatuagem, o certo é que existem poucas maneiras de removê-la e sempre dependerá da localização, tamanho e antiguidade da mesma. Normalmente, o procedimento costuma ser traumatizante e doloroso e, em alguns casos, não costuma ficar bom, quando retirada, segundo os especialistas. Além disso, os preços para retirar uma tatuagem oscilam entre os 50 dólares cada sessão nas clínicas mais modestas, até os 300 dólares por sessão, nas mais caras. E a verdade é que são necessárias, pelo menos, de 6 a 10 sessões para "quase" apagar um desenho da pele, sem consegui-lo sempre, totalmente.

E é que tatuar o nome da pessoa amada passou de ser uma moda passageira ao esquecimento mais tenaz. E tudo isso porque os amores, hoje em dia, já não são para a vida toda, como demonstram as maiores cifras de divórcios no nosso país e, claro, fazer uma tatuagem com o nome de "Maria" nas costas e depois de alguns anos romper com esta e iniciar amizade com "Teresa"… na verdade não deixa de ser um problema para o novo casal que chega ao redil. Por tudo isso, o amor vem e vai, mas a tatuagem chega e permanece, o que pode ser um problema grave do ponto de vista psicológico para a pessoa portadora desse elemento, com os anos. Mas não só neste assunto, já que inclusive podemos imaginar que tatuamos uma serpente e depois de dois, três ou quatro anos entramos na Polícia, aí então vamos ter que ir num desses lugares que as retiram porque não vão nos deixar entrar com ela.

Como norma, as pessoas que vão ao médico para tirar uma tatuagem o fazem para esquecer uma etapa da sua vida ou porque se candidataram a um trabalho em que as tatuagens estão proibidas, segundo o dermatologista Reynaldo Arosemena. Assim, este especialista aplica três procedimentos: eliminação cirúrgica, abrasão salina e laser. Desta forma, a eliminação cirúrgica consiste em cortar a pele tatuada e através da abrasão salina se lixa com sal a imagem, e o mesmo se pode fazer com laser. Em todos os casos dói, e o seguro médico não cobre. O procedimento é "traumatizante" e não é em todos os casos que fica bom, explica Arosemena. Sempre fica uma cicatriz.

Outro processo chamado cover up não remove a tatuagem mas sim a maquia. Esta técnica consiste em camuflá-la. Um nome, por exemplo, se disfarça com outra tatuagem com a qual se torne impossível lê-la. Se é a tatuagem inteira o que se quer tampar, se cobrem as cores claras com tons mais escuras e se faz uma nova tatuagem. Além disso, na rede se vendem produtos milagrosos que prometem eliminar as tatuagens sem dor e sem cicatrizes mas Arosemena não recomenda. "Isso é lenda", diz.

Por tudo o que foi comentado, muitos preferem a henna indiana, que normalmente dura de 10 a 15 dias e é totalmente removível.


Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Por que a henna indiana é uma boa alternativa para a tatuagem convencional"

Comente no Google+