Propriedades do Ginkgo Biloba

Para que serve o Ginkgo Biloba

As últimas investigações realizadas no campo dos fitofármacos (princípios ativos que se extraem das plantas) apontam que o 'Ginkgo', planta do extremo oriente, favorece a circulação e aumenta a capacidade mental.

Investigações apontam que a planta do oriente protege contra o Mal de Alzheimer.

As últimas investigações realizadas no campo dos fitofármacos apontam que o 'Ginkgo' favorece a circulação, aumenta a capacidade mental e ajuda a prevenir problemas cerebrais, como o Alzheimer.

Segundo a professora da Faculdade de Biológicas da Universidade de León, Carmen Pérez Morales, esta planta oriental contém diversos compostos, entre eles antioxidantes, com propriedades anti-inflamatórias e estimulantes da circulação. A especialista indica que não só o 'Ginkgo' é um fitofármaco sobre o qual se demonstrou a sua eficácia, mas também existem outros como as 'isoflavonas', sobre as quais se provou “que ajudam a compensar os níveis de estrógenos que baixam durante a menopausia”, afirma.

Recomenda adquirir estes fitofármacos em farmácias e ervanários. Destaca que a fitoterapia se utiliza para paliar problemas, sobretudo crônicos, e em alguns outros casos para curar.

Assim, os fitofármacos procedem dos princípios ativos das plantas, os quais se extraem e se comercializam por laboratórios na forma de preparados farmacêuticos, acompanhados de umas indicações específicas a se valorizar, já que segundo a especialista, “por ejemplo, o hipérico, que é aconselhável para a depressão, é incompatível com a pílula anticoncepcional”, afirmou.

De forma parecida aos medicamentos de síntese, uma ingestão de fitofármacos superior à dose recomendada poderia provocar problemas graves ou inclusive intoxicações, daí que seja necessário aumentar a precaução no consumo e contar sempre com o conselho de um profissional.


Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Propriedades do Ginkgo Biloba"

Comente no Google+