Repelente de mosquitos natural e orgânico para uso externo e ambiental

Uma grande receita tradicional de Patricio Pino

Patricio Pino, um estudioso das medicinas ancestrais e tradicionais fitoterapêuticas, nos mandou uma interessante receita muito útil nos tempos atuais. A dengue, a zika e a chikungunya provocam medo, mas não com este repelente antimosquito natural que ele nos enviou.

Gostaria de conhecer uma excelente forma de erradicar os mosquitos da sua vida? É muito mais fácil do que você imagina, e tudo feito com base nas plantas medicinais. Trata-se de um grande repelente orgânico e, claro, nós te ensinaremos a prepará-lo.

A receita pertence a Patricio Pino, um especialista em fitoterapia das serras argentinas, que nos cedeu gentilmente uma fórmula que funcionou de grande forma para ele. Ideal para estes tempos de chikungunya, dengue e zika. Não perca!

Repelente orgânico à base de eucalipto, lavanda e outras plantas

Os repelentes químicos contra mosquitos são à base de venenos derivados dos agroquímicos e pesticidas, como a Permetrina, Ácido 1-piperidincarboxílico (Bayrepel), DEET (N-dietil-3-metilbenzamida), etc.

Isto nos leva a avaliar a periculosidade do uso permanente destes repelentes altamente tóxicos e com venenos bioacumuláveis, que poderiam causar graves doenças e/ou reações de defesas inatas como a disrupção endocrinológica, disrupção imunológica = AIDS, alergias, danos neuronais, infertilidade, abortos espontâneos, microcefalia, malformação fetal, enjoos, etc., o que os torna uma solução paliativa e temporária que pode nos deixar sequelas permanentes muito graves.

É por isso que eu compartilho a reformulação de um repelente para mosquitos orgânico que reformulei e comprovei na prática com observações empíricas de excelentes resultados.

Ingredientes

  • Folhas de eucalipto
  • Flores de lavanda
  • Aroeira
  • Aloe vera
  • Cravo-da-índia
  • Óleo de para pele de bebê

Preparação e conselhos de uso

  • Coloque partes iguais de folhas de eucalipto, lavanda, aroeira, aloe vera e cravo-da-índia. Colocam-se no liquidificador até obter uma pasta homogênea. Apenas se for necessário adicione um pouco de água para diluir melhor.
  • Deixe macerando 3 dias na geladeira. Retire e coe. Acrescente ¼ parte de óleo para pele de bebês e macere na geladeira outros 3 dias, misturando de vez em quando.
  • Já estará o recipiente pronto para a aplicação na pele, sempre misturando bem antes de usar. Se for necessário aplique duas vezes até obter uma película fina e oleosa que persista no tempo. Lembre-se de conservá-lo sempre na geladeira.
  • Se desejar utilizá-lo como um repelente ambiental para mosquitos, se utiliza a borra que ficou da coagem da solução principal, se coloca um pouco no recipiente de um forninho de aromoterapia com um pouco d’água. Acenda para que evapore o aroma repelente para mosquitos e ir acrescentando água, sempre evitando que seque.
  • Se quiser potencializar os efeitos repelentes, é possível acrescentar algumas gotas da solução principal (sem o óleo para pele de bebês).
  • Aplique-se sem medo nas crianças e mulheres grávidas, já que são as mais vulneráveis aos efeitos devastadores dos químicos inseticidas.
Insecto

Outras formas de se proteger dos mosquitos

Obviamente, este remédio proposto pelo Patricio não é a única forma de combater os mosquitos. Quer conhecer algumas outras formas de consegui-lo? Experimente então algumas das propostas que você poderá apreciar em seguida.

  • Com uma armadilha. Com açúcar, água, vinagre e alguns outros elementos, você pode montar literalmente uma armadilha para os mosquitos. Uma armadilha da qual não vão poder sair.
  • Com o uso de neem. Um grandioso antimosquitos. Você pode usá-lo sempre, sem problemas de nenhum tipo.
  • Com uma receita de manjericão. O manjericão, dentro das suas inúmeras qualidades, também é capaz de combater os mosquitos. Não deixe de tê-los bem longe com seu aroma delicioso.

Você tem medo das doenças que vêm com os mosquitos?

Gráfico da enquete: Você tem medo das doenças que vêm com os mosquitos?

Sim

8/1

Não

1/0

Um pouco

O que você faz para preveni-las?




IMPORTANTE: A missão do "Repelente de mosquitos natural e orgânico para uso externo e ambiental" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Repelente de mosquitos natural e orgânico para uso externo e ambiental"

Comente no Google+