Definição da ansiedade

O que é a ansiedade

A ansiedade é um sinal emocional que acompanha todos os aspectos da vida e que ao se encontrar em um nível excessivo pode provocar alterações na saúde. Saiba qual é a definição de ansiedade e o que é exatamente este estado emocional, conhecido como ansiedade, presente tanto na saúde como na doença.

A ansiedade é um estado emocional que gera uma situação de alerta, na qual há um aumento da percepção, devido a uma necessidade do organismo. Pode estar dentro da normalidade ou da doença, de acordo a como a pessoa responda a estes alertas.

Esta necessidade se baseia em:

  • Poder aumentar o nível de elementos do organismo que nestes momentos estão abaixo do que é necessário ou
  • Pode acontecer também que este aumento na percepção seja produzido pelo medo à perda de algo valioso.

Se vemos a etimologia do termo ansiedade, ou seja, a origem da palavra, esta refere a anxietas (latim), que significa angústia ou aflição.

Quando falamos de ansiedade podemos estar fazendo isso em termos de saúde e de doença. A ansiedade acontece como algo normal e necessário para a vida e em outros casos seu nível é tanto que se transforma em patologia ou se configura em algum dos transtornos de ansiedade.

Como se desencadeia a ansiedade:

Ao ocorrer a situação de alerta, começa a funcionar o sistema adrenérgico, onde a adrenalina é a mensageira que vai até o sistema nervoso avisar sobre a falta de algo.

Além disso, quando o organismo vê a possibilidade de perder algo valioso se ativa o sistema dopaminérgico. Estas duas formas de alerta do organismo poderiam ser denominadas de alerta amarelo no caso da ativação do sistema dopaminérgico (possibilidade de perda) e de alerta vermelho no caso do sistema adrenérgico.

Como dizia a ansiedade é algo normal do organismo enquanto o indivíduo responda adequadamente a esta. Por exemplo, seguindo o processo de alerta amarelo e alerta vermelho diante da falta de algo.

Podemos comentar também que as causas da ansiedade podem ser variadas e o processo de produção desta não necessariamente deve ser a partir do orgânico até o psíquico. Na verdade, seriam partes do mesmo proceso e embora existissem necessidades que começariam mais no aspecto físico, outras o fariam a partir do psíquico.

Quando o sujeito se vê superado por estes níveis de ansiedade pode começar a responder através de mecanismos de defesa falidos, tentando resolvê-los de forma ruim, o que conduz a sintomas que podem começar a configurar um transtorno de ansiedade, se ocorre com frequência e se mantém no tempo.

Além de consultar um especialista em assuntos de ansiedade, como psicólogos, terapeutas e psiquiatras, se podem fazer exercícios que baixam os níveis de ansiedade e equilibram o estado emocional, como é o caso da yoga.


Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Definição da ansiedade"

Comente no Google+