O fígado se regenera? Descubra como curar o fígado doente

Remédios para desinflamar o fígado

Sabia que o fígado se regenera? Se você ainda não sabia, esta é a sua oportunidade, já que neste artigo poderá conhecer com maior profundidade as funções deste importante órgão, que doenças o afetam e como curar o fígado. Não perca!

O que é o fígado e que função cumpre

Como você já deve saber, o fígado é um dos órgãos mais importantes do corpo humano, já que cumpre funções vitais. Está situado na parte superior direita do abdômen e é de cor marrom avermelhada escura devido ao seu grande conteúdo de sangue. Manter o fígado saudável é essencial se quiser ter uma boa saúde geral, já que regula a grande maioria dos níveis de substâncias químicas presentes no sangue e também é o encarregado de excretar a bílis.

Todo o sangue que sai do estômago e do intestino passa através do fígado para ser purificado e derivado a outros órgãos. As funções mais importantes do fígado são:

  • A produção de bílis, esta é essencial para eliminar os restos dos alimentos e a decompor as gorduras no intestino delgado.
  • A produção de proteínas, algumas delas do plasma sanguíneo.
  • A produção de colesterol bom e outras substâncias encarregadas de transportar as gorduras através do corpo.
  • Armazenar e liberar glicose quando o corpo necessita.
  • Intervir no processamento da hemoglobina para utilizar o ferro.
  • Desintoxicação do sangue de drogas e outras substâncias tóxicas.
  • Regulação da coagulação sanguínea.
  • Eliminação de bactérias no sangue.
  • Clareamento da bilirrubina.

Lamentavelmente, às vezes se encontra o fígado doente, a tal ponto que, se você não realizar uma desintoxicação hepática, será obrigad@ a se submeter a uma operação no fígado. Quando o dano é total, o órgão já não tem capacidade para se regenerar, então é necessário realizar um transplante hepático ou transplante de fígado de um doador vivo.

Mas… você sabe quais são os problemas que mantêm o fígado doente?

Doenças do fígado

As causas do fígado doente são várias e vão de excessos nas refeições, dieta com grande conteúdo gorduroso, consumo excessivo de álcool, de drogas e de medicamentos, até causas genéticas. Segundo dados de estatística, mais de 50% da população mundial sofre de problemas hepáticos e muitas vezes desconhece isso. As doenças mais comuns que afetam o fígado são:

  • Hepatite. É uma das principais causas de inflamação do fígado. Em geral é provocada por algum vírus como a hepatite A, B e C. É bom destacar que a hepatite pode ter causas não infecciosas: consumo excessivo de álcool, drogas, reações alérgicas ou por obesidade.
  • Cirrose. Algumas vezes, quando o fígado adoece, pode desenvolver cicatrizes permanentes, chamadas de cirrose. O pior é que, embora se cure, o fígado não voltará a funcionar tão bem.
  • Câncer de fígado. O tipo mais comum é o carcinoma hepatocelular, produzido na maioria dos casos depois da cirrose.
  • Insuficiência hepática. Tem muitas causas, algumas delas infecciosas, outras devido a doenças genéticas e o excesso de consumo de álcool.
  • Ascite. É uma afecção derivada da cirrose, pela qual o fígado perde líquido e o verte na barriga.
  • Cálculos biliares. Embora não seja uma afecção exclusiva do fígado, se um cálculo biliar fica preso no conduto biliar, pode te produzir uma infecção hepática, hepatite e colangite.
  • Hemocromatose. Esta afecção hepática não permite que o ferro se deposite no fígado, mas se deposita no corpo todo, causando outros problemas de saúde.
  • Fígado gordo. É o acúmulo de gordura no fígado devido ao sobrepeso que o corpo tem.

Mas você pode curá-lo e regenerá-lo com remédios para desinflamar o fígado. Gostaria de saber como curar o fígado? Descubra nas seguintes linhas.

Medicina natural para o fígado

Felizmente, o fígado tem a capacidade de se regenerar quando o dano é parcial. Por esta razão, é essencial para mantê-lo saudável, que você consuma remédios naturais para o fígado. Embora até o momento não se tenham conhecido alimentos que regeneram o fígado, existe sim evidência de que pode haver desintoxicação hepática através de alimentos que ajudam o fígado a se depurar.

Quando este órgão anda mal e começa a dar sintomas disso, é comum e de conhecimento popular, o consumo de remédios para desinflamar o fígado. A seguir, te apresento 2 plantas medicinais que conseguem estimular a auto-regeneração do fígado graças às suas propriedades curativas.

Cardo mariano

É uma planta medicinal famosa por suas incríveis propriedades digestivas, especialmente hepáticas. O cardo mariano possui um grande conteúdo de nutrientes: potássio, magnésio, selênio, cálcio, vitamina C, flavonoides, ácido linoleico e silimarina. Todos estes nutrientes promovem a síntese de proteínas, o que estimula a capacidade do fígado para substituir as células danificadas por saudáveis.

O cardo mariano também estimula a produção de glutation, um antioxidante que ajuda a proteger o fígado do dano por acúmulo de substâncias tóxicas. A melhor forma de obter as propriedades curativas do cardo mariano é consumindo-o em infusão ou chá. Eu te recomendo, para regenerar o fígado, beber uma xícara diária de chá de cardo mariano antes de se deitar. Você também pode consumi-lo em tintura, extrato seco ou cápsulas, seguindo as indicações do fabricante.

Desmodium adscendens

Trata-se de uma planta nativa da África, também conhecida com o nome comum de amor-seco, carrapicho, focinho-de-boi ou pega-pega. Através da realização de diferentes estudos, se chegou à conclusão que a Desmodium adscendens contém alcaloides, saponinas, flavonoides e antocianinas, capazes de normalizar os níveis de enzimas no fígado e relaxar suas fibras musculares.

Para obter estes benefícios você pode consumir esta planta em extrato seco, tintura ou em cápsulas. Também é possível que você o consuma com alecrim ou cardo mariano, para aumentar suas capacidades de regenerar o fígado. O recomendável é que você consuma entre 6 e 10 gramas diárias da planta seca fervida num litro de água como tratamento, de duas a quatro semanas.

Enfermedades hígado

Remédios naturais para o fígado

Felizmente, a natureza possui inúmeros recursos para te ajudar a recompor a saúde do seu fígado. No caso de que os remédios com anterioridade citados não te agradarem, você pode optar pelos da seguinte lista.

  • Refeições boas para o fígado. Um dos melhores alimentos para desinflamar o fígado são os que são ricos em probióticos: iogurte, kéfir, etc. Você descobrirá como podem te ajudar os probióticos a manter o fígado saudável se você os incorporar na sua dieta diária.
  • Shake purificador de beterraba e cenoura. É muito provável que os transtornos hepáticos costumem ser um dos mais problemas mais recorrentes que tenha que sofrer, verdade? A boa notícia é que este shake natural, feito com vegetais crus, pode te ajudar a depurar seu fígado de forma rápida e eficaz.
  • Remédio natural de cúrcuma e berinjela. Esta receita caseira, de fácil preparação pode ser muito eficaz para seu fígado, já que age como anti-inflamatório e purificador, melhorando todo o sistema digestivo e o fígado de forma particular.
  • Tisana de cardo mariano, boldo e alecrim. Esta tisana utilizada como remédio natural para o fígado pode te ajudar a normalizar todas as suas funções. Embora seu trabalho seja um pouco amarga, você vai adorar bebê-la diariamente como tratamento porque sentirá grande alívio ao consumi-la.

O que te fez ter o fígado doente?

Gráfico da enquete: O que te fez ter o fígado doente?

Comida lixo

57/35

Álcool

56/27

Drogas

7/44

Medicamentos

46/26

Causas genéticas

12/40

Contágio de vírus

17/34

Infecção bacteriana

8/35

Você já realizou uma desintoxicação hepática? Com quê?




IMPORTANTE: A missão do "O fígado se regenera? Descubra como curar o fígado doente" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "O fígado se regenera? Descubra como curar o fígado doente"

Comente no Google+