5 passos para deixar de fumar

Guia para deixar de fumar para sempre

Provou tudo para deixar de fumar e não conseguiu? Estes passos para deixar de fumar podem ser a guia que precisa para liberar-se do cigarro. Esqueça os parches, pastilhas e outras fórmulas magistrais. Embora ajudem na sua luta contra o cigarro, não garantem nada elas sozinhas.

Passos para deixar de fumar para sempre

  1. Avaliar as vantagens e desvantagens do consumo de tabaco: Se fumou durante muitos anos, com certeza tem muitas situações de prazer associadas ao ato de fumar e acha que já não irão ser o mesmo sem um cigarro entre os dedos. Do mesmo modo, até o fumador mais incorrigível renega de algumas questões encostadas ao tabaco, como o mau hálito, as pontas e cinzas por qualquer lado ou o cheiro desagradável impregnado nas roupas e no ambiente.

    Seja absolutamente sincero consigo mesmo e detalhe minuciosamente os pro e os contra. A melhor forma de vencer a um inimigo é conhece-lo a fundo. Faça uma listagem com duas colunas onde detalhes tanto os prejuízos como os benefícios. Tenha a certeza de tê-los incluído todos.

  2. Avaliar as vantagens e desvantagens de deixar de fumar: Esta listagem é complementar da anterior. Quando tenha analisadas as vantagens e desvantagens do cigarro, pode avaliar os pro e contras de deixar de fumar. Embora pareça trabalho duplo não é. Muitas vezes são analisados os benefícios e prejuízos de muitas situações que não está desposto a reverter.

    Sem dúvida, a possibilidade dos fatos consumados pode apresentar alguma alternativa ou temores que não contemplou no passo anterior e que podem fazer perigar o plano. Por exemplo, ao contemplar as desvantagens de deixar de fumar é provável que apareça o temor de ganhar alguns quilos. É importante anotá-los, do mesmo modo que tudo o que possa representar uma pedra ou impedimento que lhe faça desistir do seu objetivo de deixar de fumar.

  3. Tome a decisão de deixar de fumar: recém neste terceiro passo poderá tomar a decisão de deixar de fumar. Deve ser uma decisão consciente, que não encerre dúvidas que possam conduzir mais adiante a dar marcha atrás.
  4. Fixe a data do grande dia: Este é um passo no que poderá introduzir as suas próprias variantes, em relação a como lhe resulte mais motivador para deixar de fumar. Alguns preferem não comunica-lo a ninguém, enquanto outros contam a todas as suas relações: familiares, conhecidos e amigos, numa tentativa de acrescentar aliados. Em qualquer caso, convém que a data não seja associada a outros acontecimentos bons nem maus.
  5. Fumar o último cigarro: Ao chegar a este passo e se tudo foi realizado certinho, é provável que nem exista um último cigarro anunciado. Simplesmente esse dia irá transcorrer e notará no curso dos dias seguintes que o cigarro já não forma parte da sua vida.

Estes 5 passos para deixar de fumar permitem votar a respirar ar puro, em benefício da sua saúde e a do seu entorno.


IMPORTANTE: A missão do "5 passos para deixar de fumar" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "5 passos para deixar de fumar"

Comente no Google+