Causas das alergias: a que se devem as alergias mais comuns?

Quais são as alergias mais comuns

Quer encontrar uma explicação de por que você é tão alérgico? Chegou ao lugar indicado! Já que neste artigo conhecerá quais são os principais fatores que predispõem uma pessoa a ser mais vulnerável a sofrer alergias. Não perca!

O que são as alergias

Caso você ainda não saiba, que as alergias são uma resposta exagerada do seu sistema imunológico diante de substâncias comuns que penetram no seu corpo, que ele considera possíveis invasores. Não se esqueça que o sistema imune tenha como principal função, manter seu organismo livre de germes, bactérias e vírus que possam adoecê-lo.

Estas substâncias que podem provocar reações alérgicas no seu corpo são chamadas de alérgenos. Alguns dos exemplos mais comuns são o pólen das flores, esporas de fungos de umidade, o pó, etc. A liberação de histamina no seu sangue pode provocar inúmeros sintomas:

  • Erupção na pele
  • Dor de cabeça
  • Espirros
  • Secreção nasal
  • Inchaço e vermelhidão dos olhos
  • Náuseas
  • Diarreia

Em geral, durante a infância, se tem maior tendência de desenvolver alergias, que podem aparecer a qualquer momento e em qualquer idade. O estranho é que, às vezes, as alergias desaparecem por um tempo para voltar anos mais tarde. Pois bem, quais são as causas das alergias?

Por que se produzem as alergias

Embora as alergias possam afetar qualquer pessoa, a qualquer idade, os especialistas no assunto indicam que existem alguns fatores que predispõem a sofrer alergias. Quer saber quais são? Preste atenção na seguinte lista.

  • Predisposição genética. Segundo as estatísticas, as alergias durante a infância têm maior incidência se algum dos pais da criança também sofre com ela. Muitas vezes foi possível observar que uma criança desenvolve uma reação alérgica a determinada substância porque seu sistema imunológico ainda está imaturo.
  • Predisposição pessoal. Por outro lado, cada pessoa nasce com determinada predisposição ou sensibilidade a certas substâncias, devido à sua capacidade particular para metabolizá-las.
  • Predisposição racial. Segundo dados de estatística, foi possível verificar que os imigrantes tendem a sofrer mais alergias que quando viviam em seus países de origem. Também se registrou que algumas alergias a alimentos se observam com mais frequência em umas raças que em outras.
  • Exposição a mudanças de clima. As sucessivas mudanças de clima, como o frio, as ondas de calor, o aumento da radiação solar e a contaminação de substâncias tóxicas no ar determinou que se você vive na cidade, tenha uma maior tendência a sofrer reações alérgicas, do que se vivesse no campo.
  • Exposição a substâncias químicas. Tanto o trabalho com animais de laboratório, como trabalhar com certos produtos: borracha, látex, pinturas, tinturas, entre outros, obrigam a que de forma periódica você tenha que inalar vapores químicos que irritam enormemente as vias respiratórias, te provocando na maioria das vezes reações alérgicas.

Mas quais são as alergias mais comuns que você pode sofrer? Descubra nos seguintes parágrafos.

Alergias mais comuns

Como eu te comentava antes, existe uma grande variedade de substâncias, também chamadas alérgenos que podem te provocar diferentes tipos de alergias. As mais habituais são:

Alergias estacionais

Este tipo de alergia é especialmente provocado pelo pólen de flores. Por esta razão, você pode ter maiores possibilidades de sofrer reações alérgicas durante a primavera, já que é a estação em que a maioria das plantas começam a florescer e o pólen fica suspenso no ar e seu sistema imune o percebe como um potencial invasor.

Alergia aos alimentos

É muito provável que em algum momento da sua vida você tenha ou vá sofrer alguma intolerância alimentar. As mais comuns são a alergia ao leite, aos ovos, mariscos, peixe, frutos secos, soja, amendoim e ao trigo.

Neste caso, seu sistema imunológico percebe que um componente de alguns destes alimentos pode ser muito prejudicial para todo o organismo e o ataca, te alertando com inúmeros sintomas de alergia.

Alergia às picadas de insetos

Embora para a maioria das pessoas não costume ser algo de grande transcendência, a picada de um inseto para outras pode ser inclusive mortal. A picada de abelha, vespa, besouro ou formiga especialmente pode desencadear uma grande reação alérgica se você for sensível a elas. É que as defesas do seu corpo consideram a substância inoculada pelo inseto com a picada como se fosse um vírus ou uma bactéria, e o atacam.

Alergia ao pó

O pó é um dos principais fatores que podem te provocar alergia respiratória. O problema radica em que junto ao pó se encontram todo tipo de substâncias como restos de pele morta, restos de insetos, de fibras têxteis, de alimentos, pêlos de animais, plumas, esporas e ácaros. Tudo isso provoca que suas vias respiratórias se irritem e seu nariz comece a gotejar e a espirrar especialmente, como defesa à invasão destas substâncias.

Alergia à caspa ou pêlos de animais

Embora seja provável que você adore os cachorros, gatos, hámsters e outros animais domésticos, estes podem te produzir uma grande variedade de sintomas de alergia. Especialmente a caspa e os pêlos destes animais são os que agem como potentes alérgenos.

Alergia ao mofo

Nem precisa falar como podem ser irritantes os fungos da umidade. Na verdade, são suas esporas que, ao entrar em contato, se espalham e ficam flutuando no ar, as quais ao ser inaladas podem te causar espirros, dor de garganta, lagrimejamento dos olhos, gotejamento nasal ou uma alergia severa.

Alergia a medicamentos

Muitos medicamentos podem te provocar efeitos secundários e desencadear no seu organismo diversas reações alérgicas, podendo inclusive te provocar uma alergia severa. O problema radica em que seu sistema imune desconhece esta substância e a vê como um potencial inimigo.

Alergia

Remédios caseiros para as alergias

Se você já não sabe por que tem alergia, nem o que fazer com as alergias mais comuns, mas não quer recorrer a medicamentos convencionais para aliviar os sintomas das reações alérgicas, pode optar por remédios naturais. Trata-se na sua maioria de alimentos, plantas e suplementos alimentares, que possuem a capacidade graças aos seus nutrientes, de frear as reações desproporcionais do seu sistema imune. Eu te recomendo dar uma olhada nas seguintes alternativas.

  • Alimentos benéficos para as alergias estacionais. Você conhecerá quais são os melhores alimentos que podem te ajudar a combater de forma eficaz as alergias principalmente que afetam suas vias respiratórias.
  • Chá rooibos para combater as alergias. Você vai descobrir quais são os componentes que possui esta curativa bebida, e como funcionam para prevenir surtos alérgicos.
  • Cloreto de magnésio para aliviar sintomas das alergias. Você vai encontrar todos os motivos pelos quais este popular suplemento alimentar é considerado um remédio natural eficaz para prevenir e tratar as alergias.
  • Ervas medicinais para prevenir as alergias. Você vai descobrir quais são as 3 plantas medicinais que possuem propriedades antialérgicas capazes de te ajudar a se liberar dos incômodos sintomas das alergias.

De que tipo de alergia você sofre?

Gráfico da enquete: De que tipo de alergia você sofre?

Alergia ao pólen

12/1

Alergia respiratória

26/4

Alergia alimentar

9/5

Alergia ao mofo

8/2

Alergia a medicamentos

6/4

Alergia ao pó

17/0

Alergia à picada de insetos

10/2

Alergia à caspa e pêlos de animais

11/2

O que você faz para tratá-la?




IMPORTANTE: A missão do "Causas das alergias: a que se devem as alergias mais comuns?" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Causas das alergias: a que se devem as alergias mais comuns?"

Comente no Google+