É possível remover os fungos de um alimento e comer a parte saudável dele?

Cuidados para levar em conta

A alimentação é um cuidado básico que devemos ter para manter a saúde do organismo em ótimas condições. Às vezes desconhecemos que alguns costumes que praticamos podem nos trazer transtornos graves. Esse é o caso dos fungos nos alimentos. O que fazer?

É muito provável que diariamente você se encontre com eles: fungos nos alimentos. Você pode encontrá-los nas frutas, verduras, pão, queijo, etc.

Às vezes só uma pequena parte do alimento está afetada por estes microorganismos e o que fazemos geralmente é tirá-los e utilizar a parte saudável dele. Não é?

Porém, você nunca se perguntou: é saudável fazer isso?

O que são os fungos

Trata-se de organismos pluricelulares do reino Fungui, que muitas vezes podem ser visualizados à primeira vista ou com a ajuda de um microscópio.

Possuem ramos e raízes que têm a aparência de finos fios. Muitas vezes diante da presença de um fungo em um alimento, é difícil ver como estão dispersos no mesmo.

O problema sobretudo radica no fato de que muitas vezes, nas ramificações dos fungos, se alojam bactérias.

Isto pode gerar problemas para a saúde? A resposta é afirmativa, tome nota das suas consequências…

Efeitos secundários dos fungos

Existe uma infinidade de fungos, alguns podem ocasionar:

  • Reações alérgicas
  • Problemas respiratórios
  • Doenças

Presença de fungos nos alimentos

Você deve levar em conta que quando você encontra um alimento com fungos, sobretudo se a parte afetada for grande, com toda certeza existam ramificações e raízes quase invisíveis mas que afetam o resto do alimento.

Você se perguntará: estes fungos são perigosos para a saúde?

Como dizíamos anteriormente, alguns são inofensivos, outros podem causar reações alérgicas e há alguns que produzem micotoxinas que podem gerar sérios transtornos na saúde.

As micotoxinas são substâncias venenosas produzidas por fungos que geralmente se encontram nos grãos, nozes, no aipo, suco de uvas, maçãs e outras frutas e vegetais.

Uma das piores micotoxinas conhecidas na atualidade se chama aflatoxina, e os cientistas descobriram que é capaz de causar câncer.

A aflatoxina gosta de viver no milho e no amendoim, principalmente.

Nem todos os fungos são ruins

Claro que nem todos os fungos que você pode ver nos alimentos representam um risco para a saúde. De fato, alguns se utilizam na elaboração de certos queijos, como o Brie e o Camembert.

No caso do queijo Roquefort, Gorgonzola e azul, são preparados com a ajuda do fungo P. roqueforti ou esporas de Penicillium roqueforti.

Se subentende que estes fungos podem ser consumidos e não representam nenhum dano para a saúde.

Em que condições crescem os fungos

Geralmente gostam de ambientes cálidos e úmidos, mas não confie nisso porque como talvez tenha observado em alguma ocasião, também podem crescer no frio da geladeira.

Há fungos que gostam do sal, do açúcar e até dos alimentos muito curados como o caso dos presuntos, salames, etc.

hongos

Como prevenir que os alimentos tenham a formção de fungos

Para evitar que os fungos cresçam e invadam sua comida, você deve manter certos hábitos:

  • Sempre que você puder, cubra os alimentos para que as esporas que possam se encontrar no ar não os contaminem.
  • Utilize recipientes de armazenamento com tampa para os alimentos perecíveis e refrigere-os corretamente.
  • Consuma sobras só até três ou quatro dias depois de ter sido elaborados.
  • Limpe o interior da geladeira uma vez por mês, preparando uma solução com 1 colher de bicarbonato de sódio dissolvida em um quarto de água.
  • Mantenha limpos os panos, a esponja de lavar pratos e outros utensílios de uso diário..
  • O ideal é que os ambientes da sua casa não tenham mais de 40 % de umidade ambiental.

Como agir diante dos fungos

Se encontrar fungos em:

  • Carne e conservas: jogue fora o alimento.
  • Sobras de carnes e frango: jogue fora o alimento.
  • Sobras de comida: descarte-as.
  • Grãos cozidos e pastas: descarte-os.
  • Queijos duros: tire 1 cm abaixo do fungo e utilize novamente.
  • Queijos moles: descarte-os.
  • Iogurte e queijo creme: descarte-os.
  • Geleias: descarte-as.
  • Frutas e vegetais duros (cenouras, couves, etc.): remova 1 cm abaixo do fungo e utilize novamente.
  • Frutas e vegetais moles (pepinos em conserva, tomates, etc.): descarte-os.
  • Pão e outros produtos de padaria: descarte-os.

Da próxima vez que se encontrar diante de um alimento com fungos, avalie seu tamanho e em que alimento se encontra para evitar futuras complicações de saúde.

O que você faz quando encontra fungos nos alimentos?

Gráfico da enquete: O que você faz quando encontra fungos nos alimentos?

Tiro o fungo e consumo o alimento

20/10

Descarto o alimento em seguida

16/5

Tenho muitas dúvidas e não sei o que fazer

8/9

Já adoeceu alguma vez por comer alimentos com fungos?




IMPORTANTE: A missão do "É possível remover os fungos de um alimento e comer a parte saudável dele?" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "É possível remover os fungos de um alimento e comer a parte saudável dele?"

Comente no Google+