Diferentes tipos de vícios e auto-estima

Que tipos de vícios existem?

Sabia que as emoções são determinantes para os vícios? Descubra que tipos de dependência existem e como tratá-los melhorando a autoestima.

Qualquer tipo de vício, seja comida, álcool, drogas, gastar dinheiro, etc, é um sinal de baixa autoestima. Quando o vício é incorporado, o indivíduo de baixa autoestima não tem a confiança de superar a dependência.

Definição de vício

De acordo com a enciclopédia médica, um vício é "a dependência a um comportamento ou uma substância que uma pessoa não pode superar". Considera-se os vícios como uma maneira de alterar estados emocionais.

Alguns investigadores falam de dois tipos de dependências:

  1. dependência de uma substância, como o álcool ou o tabaco;
  2. dependência a um processo, como gastar dinheiro de maneira descontrolada.

O que se enfatiza em um vício é que a pessoa não tem controle de um processo ou substância. Na ausência da substância ou do processo, o viciado é incapaz de ter um comportamento normal ou uma interação normal com outras pessoas.

Lista de tipos de vícios

Existem muitos tipos de vícios, por isso é importante que você se pergunte se tem algum. Em geral, se associa vício com álcool, drogas e nicotina, mas a realidade é que são muitos outros. Conheça-os!

Vício em emoções

  1. Raiva
  2. Ódio
  3. Culpa
  4. Ciúmes
  5. Medo
  6. Inveja

Vício em pensamentos

  1. Pensamentos obsessivos
  2. Perfeccionismo
  3. Pensamento rígido
  4. Preocupação
  5. Fantasias

Vício em atividades

  1. Jogos
  2. Crime
  3. Hobbies
  4. Exercício físico
  5. Trabalho

Vício em substâncias

  1. Álcool
  2. Drogas
  3. Nicotina
  4. Cafeína
  5. Comida

Vício em pessoas

  1. Relacionamentos
  2. Amor/sexo
  3. Codependência
  4. Grupos
  5. Poder
  6. Violência

Como saber se você um viciado

Agora que você já conhece que tipos de vícios existem, para determinar se você é um dependente, deve levar em conta certos comportamentos que são comuns nestes casos.

Pense em cada uma destas afirmações e se pergunte no caso de se sentir identificado.

  1. Você passa a maior parte do seu tempo pensando em uma substância, atividade ou pessoa (de quem você sabe que não está apaixonado).
  2. Você se encontra consistentemente manipulando eventos ao redor dessa substância, atividade, pessoa ou emoção.
  3. Você sabe que a substância, atividade, etc, está te causando problemas mas continua buscando ela.
  4. Se não consegue ter essa substância, pessoa ou atividade, sente que vai ficar louco.

Causas de vícios mais comuns

Todos os tipos de vícios têm causas ou fatores comuns que os provocam. Isto se deve a que, seja qual for o vício, sempre surge em pessoas com personalidade dependente.

Conheça os motivos pelos quais você pode ser viciado em algo.

  • Genética: os genes não podem causar uma dependência, mas podem fazer que a pessoa tenha uma inclinação a se tornar viciada em certas coisas.
  • Ambiente: as pessoas podem se tornar condicionadas através de experiências da infância e por ter sido expostas a certos químicos a ficarem viciadas.
  • Abuso: muitos comportamentos viciantes começam com a ideia de eliminar dor física e emocional causada por outra pessoa.
  • Problemas emocionais: a ansiedade, depressão, frustração são estados mentais dos quais uma pessoa deseja escapar. Na tentativa de escapar se tornam viciadas.

Como superar uma dependência melhorando a autoestima

Embora todos os tipos de vícios não se tratem da mesma maneira, existem alguns passos comuns para superar uma dependência. Não são um tratamento em si mesmos, mas são sim etapas que você deve cumprir para superar a dependência.

  1. O primeiro passo é reconhecer que tem o problema. Aceitar o fato de que você é um viciado sem se condenar a si mesmo.
  2. Leia mais sobre os vícios e os viciados. Existem muitos livros, como: A cura do alcoolismo e outros vícios (Alcoholism and Addiction Cure); Os Novos Vícios, Entendê-los e Superá-los. Trabalhe sobre seus sentimentos de vergonha ou culpa e utilize qualquer técnica que conheça para superá-las, como a EFT.
  3. Perdoe a si mesmo. Este é um passo fundamental para eliminar vícios.
  4. Viva no momento presente e com pessoas que te estimam e apoiam. Libere-se de pessoas que te criticam constantemente.
  5. Se você precisa de ajuda profissional, consulte um terapeuta.

Lembre-se também que outro passo fundamental é começar a criar uma autoestima saudável e começar a se sentir bem sobre si mesmo.

Tratamentos e conselhos para superar os vícios mais comuns

Se você busca tratamentos mais específicos para combater uma dependência específica, aqui você pode encontrar algumas sugestões para enfrentar os tipos de vícios mais comuns.

  • Passos para deixar de fumar: esta série de conselhos e passos para largar o cigarro, combinada com remédios caseiros, pode ser um tratamento integral muito eficaz para te desintoxicar. Não deixe de experimentar.
  • Terapia para a dependência de comida: descubra como a terapia comportamental pode te ajudar a descobrir por que você tem uma relação viciante com a comida. Os resultados podem ser muito favoráveis.
  • Conselho para superar o vício do jogo: a ludopatia é considerada uma das dependências mais perigosas, porque não só afeta você, mas também o seu entorno, já que você pode perder todo o material. Siga estes conselhos infalíveis para erradicar esta dependência.
  • Medicamentos para as drogas pesadas: os vícios em drogas que alteram seu sistema nervoso são os mais difíceis de controlar, porque geram uma dependência física. Por isso, os medicamentos cumprem um papel fundamental. Descubra como agem.
  • Conselhos para superar a dependência ao trabalho: a cultura do sucesso e o consumismo fizeram que o trabalho para muitos tenha deixado de ser um meio de vida a ser literalmente a razão de viver. Se você é viciado em trabalho, é importante que tome consciência disso e siga os melhores conselhos para superar a dependência.

Você tem algum destes tipos de dependência?

Gráfico da enquete: Você tem algum destes tipos de dependência?

De emoções

97/102

De pensamentos

78/59

De atividades

75/68

De substâncias

37/82

De pessoas

66/52





4 comentários no "Diferentes tipos de vícios e auto-estima"

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia
¡Carregando comentários!

Márcio ...

Interessante como nunca citam o precursor de todos os vícios...
"Acabei por convencer-me de que a masturbação era o único grande hábito, a «necessidade primitiva», e que as outras necessidades, como as do álcool, da morfina, do tabaco, não passam de seus substitutos, produtos de substituição." - S. Freud

0

9 de Dez, 2014 - 21:53:32

Amanda ...

descobri que sou viciada ! vou me tratar

1

8 de Ago, 2013 - 16:56:54

watetha estevao mairosse ...

Perdoe a si mesmo. Este é um passo fundamental para eliminar vícios.

1

12 de Mar, 2014 - 15:11:55

Thais ...

Alguém me caracteriza o vicio de pensamentos de fantasia. Pf!

0

21 de Jun, 2015 - 20:36:46

Escreva seu comentário sobre "Diferentes tipos de vícios e auto-estima"

Comente no Google+