Exercícios para vencer o medo

Truques para enfrentar os temores cotidianos

Os medos são uma das coisas que mais podem te paralisar. Por isso mesmo, nada melhor do que fazer tudo o que for possível para derrotá-los. Ou, pelo menos, começar a combatê-los cada dia mais. Experimente estes exercícios e verá que isto é possível.

Sentir medo não é nada do outro mundo, com certeza o terá sentido mais de uma vez. É uma sensação desagradável que surge a partir da percepção de um medo, que algumas vezes é real, mas em outras é imaginário.

Há muitas situações que podem te provocar medo, de um animal até uma situação específica, por exemplo o futuro ou a morte. O medo, algumas vezes, age como uma barreira para que você pense as coisas duas vezes antes de fazê-las, por exemplo atravessar uma rua escura.

No entanto esta sensação pode arruinar sua vida, já que pode impedir que você faça coisas que não são perigosas, evitando que leve uma rotina normal.

Alguns transtornos relacionados com o medo são: ansiedade, terror, preocupação, terror (reconhecido como a cara mais extrema do medo). Além disso se pode relacionar com outros problemas de saúde, tanto físicos como mentais.

Não fuja

O primeiro passo para superar um medo é não fugir dele. Por exemplo, se você fica ansioso ao pensar no futuro e até chega a pensar que pode ser ruim e desanimador não o tire da sua mente, porque voltará.

E o passar do tempo pode fazer que seu medo piore, justamente porque você “acumula” pensamentos negativos. Você deve ser consciente de que é possível dizer adeus a ele, mas superando-o, não esquecendo-o.

Há quem diga que o medo sempre está, mas não é bem assim, embora haja grandes medos que você pode diminuir mas não apagar, a maioria pode desaparecer completamente com perseverança.

Tome nota

Quando estiver mentalizado, sente-se em um espaço tranquilo e cômodo da sua casa, a pensar no que é que te dá medo, podem ser vários temores. Se não pensar em nada, espere um tempo e anote-os quando forem acontecendo, leva sempre seu bloco de anotações com você.

Quando tiver terminado sua lista (claro que você pode continuar adicionando outros que for lembrando), se enfoque no primeiro que quer resolver. Você pode começar pelo menor, o maior ou o que preferir. Mas é importante escolher um, porque quem quer fazer muitas coisas não faz bem nenhuma
:P.

Analise-o, escreva suas sensações tanto físicas como mentais. Este exercício age como liberador e aos poucos você irá deixando ali seus temores. Ajuda também a pensar mais a limpo no que te acontece, fazendo que muitas vezes você perceba que esse medo na verdade não era tão sério.

Transforme seu medo

Há medos que paralisam e outros que te dão um empurrão para se arriscar. A ideia é transformar os primeiros nos segundos ou, pelo menos, apagar seu poder negativo. Como fazer isso? Assim que você começar a liberar sua mente dos pensamentos negativos, escolha um medo dos que tinha anotado e considere que tem superado.

Por exemplo, falar com uma pessoa que você gosta, mudar de trabalho ou começar uma nova carreira. Lembre-se que a ideia não é que você obtenha o resultado que espera da situação mas sim que possa tomar as rédeas e fazê-lo.

Respire profundo e enfrente seu temor, pode ser que a primeira vez saia correndo, mas quando vir quão perto está de fazê-lo vai querer completá-lo.

Viva o agora

A maioria dos medos estão relacionados com o futuro, e não é nada raro, já que embora se formem a partir das nossas ações, às vezes podem ser imprevisíveis, e assim é como você pode ter medo de perder seu trabalho, adoecer e muitas outras coisas.
Não é ruim que você pense no seu futuro, pelo contrário, é algo necessário para poder formar seu presente, no entanto, se você se condiciona a viver o agora fica mais complicado.

O melhor conselho que você pode realizar (pode tomá-lo como um exercício) é viver o agora. Desenvolva atividades que te enriqueçam como pessoa, passeie, faça amigos, desfrute. Porque se a sua mente vive estancada no medo do futuro você não
viverá nada agora, então quando chegue esse futuro você poderia se arrepender do seu passado. E o passado não pode ser modificado por você, mas o presente e consequentemente o futuro estão nas suas mãos.

Embora desterrar um medo não seja fácil, se você trabalha todos os dias e está disposto a fazê-lo os resultados farão que continue tentando. Estará mais tranquilo e principalmente será livre. Os medos agem como correntes que te limitam e não te deixam ser você mesmo no seu maior potencial. Não hesite mais e comece a agir para vencer isso que te freia.

Pánico

Outras formas de lutar contra o medo

O medo é um desses sentimentos mais complicados de erradicar.
Mas também é verdade que há muitas formas de tratá-lo. Quer conhecer alguma delas?

  • Com o reiki. O reiki é uma magnífica terapia para combater o medo. Sem dúvida alguma, pode te dar uma mão a eliminar estes problemas, se reencontrando com você mesmo.
  • Com o amor. O amor é a resposta a tudo. E as suas diversas interpretações, claro. Por isso mesmo, sem amor não se pode superar nunca este problema. Começando pelo amor próprio.
  • Com controle mental. O controle mental é outra técnica que se costuma usar com muita frequência para que você possa vencer o medo que vem de dentro. Com o controle dessas emoções, você pode conseguir avançar no tratamento desse medo que te paralisa.

Como você controla o medo?

Gráfico da enquete: Como você controla o medo?

Com exercícios

113/51

Com relax

43/27

Com respiração

90/15

Com reiki

17/45

Com controle mental

58/25

Com motivação

53/17

Com outras técnicas

29/22

De que forma você faz isso?




Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Exercícios para vencer o medo"

Comente no Google+