Classificação das proteínas

Tipos de proteínas

As proteínas são as macromoléculas que mais abundam dentro da célula. Cada uma delas tem uma função específica, mas não todas são iguais, por isso têm uma classificação, que determina os diversos tipos de proteínas. Esta classificação é útil para relacioná-las com a função que cumprem.

O que são as proteínas

Caso você ainda não saiba, vou te contar que as proteínas são macromoléculas que se encontram em estado coloidal, representam mais de 50 % do peso seco da célula. Estão compostas por aminoácidos, existem 20 aminoácidos diferentes que se unem entre si por ligações polipeptídicas.

Para uma melhor compreensão do que são as proteínas, quais são suas propriedades, como agem, os tipos de proteínas e suas funções, estas se classificam de diferentes formas: levando em conta sua composição química, estrutura, funções e a solubilidade em diferentes dissolventes.

O conhecimento sobre quais são os diferentes tipos de proteínas e qual é a sua classificação pode ser de muita utilidade, para entender que funções cumprem as diferentes proteínas dentro do seu organismo, que permitem que você se mantenhas saudável. Gostaria de conhecê-los? Tome nota dos seguintes parágrafos.

Classificação das proteínas

Por sua composição química

  • Proteínas simples. São aquelas que ao se hidrolizarem (se degradarem) só produzem aminoácidos.
  • Proteínas complexas. São aquelas que ao se hidrolizarem, produzem aminoácidos e outros compostos orgânicos e inorgânicos. Estas podem ser: metalproteínas, nucleoproteínas e fosfoproteínas.

Por sua conformação

De acordo com sua forma, as proteínas podem se dividir em dois tipos:

1.- Proteínas fibrosas. São aquelas que estão formadas por ligações polipeptídicas, formando estruturas compactas chamadas fibras. Por exemplo:

  • A fibroína. É produzida por insetos, sobretudo pelas aranhas e o bicho-da-seda.
  • O colágeno. Constitui o componente proteico principal do tecido conectivo.
  • A queratina. Você pode encontrá-la nas unhas, garras, bico, unhas, chifres, pelo, lã e na capa externa da sua pele.
  • A elastina. Proporciona elasticidade à sua pele e aos vasos sanguíneos.

2.- Proteínas globulares. Estão formadas por ligações polipeptídicas que adotam uma forma esférica. Por exemplo: enzimas, anticorpos, hormônios. A maioria das proteínas que você conhece pertencem a este tipo. Desempenham funções estruturais e mecânicas, agindo como:

  • Enzimas
  • Hormônios. Muitos destes componentes são proteínas, capazes de regular muitas funções celulares, relacionadas com o metabolismo e a reprodução. Exemplos são a insulina, o glucagon e a tiroxina.
  • Proteínas transportadoras e receptores de membrana. Por exemplo, a hemoglobina.
  • Proteínas transportadoras de triglicérides, ácidos graxos e oxigênio no sangue. São responsáveis, entre outras funções da contração das fibras musculares.
  • Imunoglobulinas ou anticorpos. São glicoproteínas que reconhecem antígenos expressados na superfície de vírus, bactérias e outros agentes infecciosos.
  • Proteínas de reserva. Exemplos de proteínas deste tipo de proteína são a ferritina, que armazena ferro dentro das células, e a caseína do leite, que age como uma reserva de aminoácidos.

Por sua solubilidade

Esta forma de classificar as proteínas leva em conta sua solubilidade em diferentes dissolventes como a água, o sal e o álcool. Porém, talvez você esteja se perguntando: onde posso encontrar proteínas para manter meu corpo sadio? Preste atenção na seguinte lista.

Alimentos com proteínas

Fontes de origem animal

  • Carne bovina
  • Carne de porco
  • Leite
  • Peixe
  • Ovos
  • Queijo
  • Iogurte
  • Manteiga
  • Ovos

Fontes de origem vegetal

  • Soja
  • Feijão
  • Legumes
  • Germe de trigo
  • Quinoa
  • Amêndoas
  • Avelãs
  • Nozes
  • Amendoim
  • Manteiga de amendoim
  • Sementes de girassol
  • Nozes
  • Tofu
  • Tempeh

alimentos

Consumo de proteínas: dose recomendada

Lembre-se que a quantidade de proteína que você precisa na sua dieta diária dependerá das necessidades de calorias requeridas por seu corpo. Estas variam de acordo com a atividade física que você desempenhar. A ingestão diária recomendada de proteínas para um adulto compreende de 10 % a 35 % das necessidades de calorias totais.

Por exemplo, se você mantiver uma dieta de 2.000 calorias terá que consumir 100 g de proteínas, para que te dê 20 % das calorias diárias totais que o seu organismo precisa.

Receitas saudáveis ricas em proteínas

Para que você não caia na rotina de sempre preparar os mesmos pratos na hora de consumir proteínas, eu te recomendo dar uma olhada nas receitas que compõem a seguinte lista, com certeza você vai adorar!

  • Shake de proteínas. Você descobrirá como preparar esta bebida que combina perfeitamente sabor e um extraordinário conteúdo nutricional, principalmente em proteínas.
  • Receita de ceviche peruano. Você conhecerá todos os segredos que te permitirão preparar esta deliciosa e saudável receita tradicional da cozinha peruana.
  • Fideuá de carne. Você encontrará uma receita simples para preparar este delicioso e nutritivo prato proteico, que aportará os nutrientes necessários ao seu corpo para que se mantenha saudável.
  • Receita de iogurte grego. Você vai conhecer todas as dicas e segredos para preparar esta deliciosa e saudável fonte de proteínas, que te dará um plus de energia para começar seu dia com muita vitalidade e otimismo.

Que alimentos ricos em proteínas você prefere consumir?

Gráfico da enquete: Que alimentos ricos em proteínas você prefere consumir?

Ovo

184/42

Leite

129/17

Carne bovina

104/40

Peixe

91/34

Mariscos

55/56

Soja

34/78

Frango

94/16

Iogurte

100/12

Queijo

96/14

Tofu

21/80

Você acha que consome a quantidade suficiente de proteínas?




IMPORTANTE: A missão do "Classificação das proteínas " é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

1 comentário no "Classificação das proteínas "

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia
¡Carregando comentários!

carlamorena ...

estou intender perfeita mente

0

22 de Abr, 2013 - 14:32:38

Escreva seu comentário sobre "Classificação das proteínas "

Comente no Google+