O que é a cisteína? Conheça os benefícios deste aminoácido não essencial

Para que serve a cisteína

Você já escutou falar da cisteína, mas não faz ideia do que se trata? Tem sorte, já que neste artigo poderá conhecer a fundo qual é a função da cisteína no seu corpo e que alimentos são ricos neste aminoácido não essencial. Não perca!

O que é a cisteína

Vou te dizer que a cisteína é um dos aminoácidos não essenciais presentes no seu organismo, embora nem por isso seja pouco importante, já que colabora ativamente formando blocos de construção, proteínas e enzimas. Seu corpo produz cisteína a partir da metionina, um aminoácido essencial.

Alguns investigadores afirmam que a principal função da cisteína é promover a atividade antioxidante de glutation, já que este poderoso componente depende da presença deste aminoácido, para poder se desempenhar corretamente no seu corpo.

Por essa razão é que existe evidência de que um baixo nível de cisteína pode reduzir a capacidade antioxidante do glutation para prevenir o dano dos radicais livres e alterar a função do sistema imunológico para lutar contra todo tipo de germes.

Mas, especificamente: qual é a função da cisteína? Descubra nos seguintes parágrafos.

Para que serve a cisteína

No ambiente médico este aminoácido não essencial é muito conhecido principalmente, por sua grande capacidade para prevenir os efeitos secundários provocados por reações a remédios e substâncias tóxicas. Mas além disso tem grandes benefícios para o tratamento de algumas doenças respiratórias. Quer conhecer com profundidade as propriedades da cisteína? Tome nota.

Elimine a intoxicação por paracetamol

O paracetamol é um conhecido analgésico e anti-inflamatório, presente em muitos remédios convencionais, no formato de comprimido. Os médicos com frequência aplicam o paracetamol pela via intravenosa, para te ajudar a prevenir ou reduzir danos hepáticos e renais. O problema é que às vezes pode existir o risco de sofrer envenenamento por paracetamol. A cisteína é um remédio muito eficaz que pode de tirar desse apuro.

Previne a angina de peito

Foram realizados alguns estudos clínicos, nos quais foi possível comprovar que pacientes com dor de peito, ao receber cisteína com nitroglicerina, tiveram diminuída a sua dor. Isto devido a que esta combinação de substâncias é muito útil para abrir os vasos sanguíneos e melhorar a circulação.

Alivia a bronquite crônica e a doença pulmonar obstrutiva

Existe evidência que comprova que a cisteína te ajudar a aliviar os sintomas da bronquite crônica, diminuindo o número de surtos e aumentando a capacidade pulmonar.

Previne a síndrome de dificuldade respiratória aguda (SDRA)

Você pode sofrer a síndrome de dificuldade respiratória aguda depois de uma lesão pulmonar. A cisteína aplicada por via intravenosa pode aumentar os níveis de glutation no seu corpo, ajudando a prevenir e tratar o dano pulmonar causado.

Estimula o crescimento do cabelo

Ao que parece, a cisteína estimula a produção de queratina, a proteína que se encontra nos folículos pilosos. Da quantidade de queratina presente nos folículos pilosos vai depender a força e beleza que tenha seu cabelo. Por essa razão, a cisteína para o cabelo é fundamental.

Outros benefícios

Também se reconheceram outros benefícios da cisteína, mas que ainda carecem de evidência científica suficiente. Ao que parece, a cisteína também pode te ajudar a:

  • Reduzir os sintomas da síndrome de Sjögren.
  • Melhorar os sintomas de asma, a fibrose quística e o enfisema.
  • Prevenir o câncer de intestino.
  • Aumentar a fertilidade se você sofre de ovário policístico.
  • Melhorar os sintomas de esquizofrenia.
  • Diminuir o risco de câncer de pulmão se você é fumante.
  • Baixar os níveis de açúcar no sangue se você sofre de diabetes tipo 2.

Então, talvez você esteja se perguntando: como obtenho a cisteína? Deixe-me te dizer que, felizmente, você pode fazê-lo naturalmente, já que existe uma grande variedade de alimentos com cisteína que podem te prover dos seus níveis necessários. Quer conhecer quais são? Tome nota da seguinte lista.

Alimentos com cisteína

A maior fonte natural de cisteína são os alimentos ricos em proteínas, seja animal ou de origem vegetal. Os alimentos que contêm este aminoácido não essencial em maior proporção são:

Fontes de origem animal

  • Ricota
  • Queijo cottage
  • Iogurte
  • Ovos
  • Carne de porco
  • Carne bovina
  • Carne de frango, de pato e de peru

Fontes de origem vegetal

  • Germe de trigo
  • Granola
  • Flocos de aveia
  • Quinoa
  • Brócolis
  • Couve de Bruxelas
  • Pimentão vermelho e amarelo
  • Cebola
  • Alho

Proteínas

Outros aminoácidos benéficos para a saúde

Como eu te dizia antes, a cisteína é um aminoácido não essencial, mas que assim como os aminoácidos essenciais, cumpre funções muito importantes no seu corpo. Os aminoácidos são compostos que ao se unir formam proteínas, compostos essenciais para a formação e boa saúde de tecidos e músculos. Entre os aminoácidos mais importantes você pode encontrar:

  • Benefícios da leucina. É um aminoácido essencial que colabora na queima de gordura e fortalecimento do tônus muscular, além de brindar energia para todo o seu corpo, entre outras coisas.
  • Benefícios da carnosina. Este é um aminoácido não essencial que seu organismo produz naturalmente, muito presente no músculo esquelético, os olhos, o cérebro e o sistema nervoso. Manter os níveis adequados deste aminoácido te ajudará a não sofrer várias doenças.
  • Benefícios da lisina. É um dos dez aminoácidos essenciais que te ajuda a manter seu corpo saudável. Uma das suas principais funções é a fixação do cálcio nos ossos.
  • Benefícios da taurina. É um aminoácido que tem a particularidade de conformar o leite materno, e suas funções são insubstituíveis, já que participa em quase todos os aspectos do crescimento do bebê. Por essa razão, se você precisa dar um complemento lácteo ao seu filh@, verifique que a taurina se encontre na fórmula.

Você conhecia a importância dos aminoácidos para o seu corpo?

Gráfico da enquete: Você conhecia a importância dos aminoácidos para o seu corpo?

Sim, claro.

13/6

Sim, já tinha escutado algo.

6/3

Não, não tenho certeza.

1/5

Não, nem um pouco.

1/3

As proteínas estão presentes na sua dieta diária?




IMPORTANTE: A missão do "O que é a cisteína? Conheça os benefícios deste aminoácido não essencial" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "O que é a cisteína? Conheça os benefícios deste aminoácido não essencial"

Comente no Google+