Para que serve a L-lisina: função e propriedades deste aminoácido

Propriedades da lisina

Você já escutou falar deste aminoácido, mas sabe para que serve a lisina? Não se preocupe mais! Neste artigo você vai conhecer suas propriedades, que funções cumpre no seu corpo e quais são os alimentos ricos em lisina. Você não pode perder!

O que é a lisina

Eu te conto que a lisina é um dos dez aminoácidos essenciais que desempenha funções vitais para manter seu corpo saudável. Você pode encontrá-la na proteína de certos alimentos como o feijão, o queijo, o iogurte, a carne vermelha, o leite, a levedura de cerveja, o germe de trigo e outras proteínas animais.

Segundo os especialistas em nutrição, seu corpo precisa do aporte de 1,5 grama por dia deste aminoácido. Mas, como eu te dizia antes, a lisina é um aminoácido essencial para a boa saúde do seu organismo, mas este não tem a capacidade de produzi-lo. Portanto, você deve obtê-lo através da dieta ou pelo consumo de suplementos que o contenham.

Então, quer saber qual é a função da lisina no seu corpo? Descubra nas seguintes linhas.

Função da lisina

Como é o caso de muitos outros nutrientes, seu organismo precisa do aminoácido lisina para poder cumprir muitas funções vitais que lhe permiten se manter saudável. A lisina colabora em:

  • A formação de todas as proteínas do organismo.
  • Desempenha um papel fundamental na absorção do cálcio.
  • Ajuda na formação das proteínas musculares.
  • É essencial para a produção de hormônios, enzimas e anticorpos.
  • Mantém em bom estado os tecidos conectivos: é essencial na formação do colágeno.
  • É necessária para o metabolismo da carnitina.

Mas quais são as propriedades da lisina? Tome nota dos seguintes parágrafos.

Benefícios da lisina

Sua participação em inúmeras funções vitais determina que o aminoácido lisina possa te ajudar a tratar algumas afecções. Pode ser de grande utilidade para:

  • Prevenir o reumatismo e a osteoporose.
  • Prevenir o raquitismo.
  • Melhorar fraturas, entorses, luxações e contraturas musculares.
  • Acelerar a cura de afecções da pele: feridas, queimaduras, acne.
  • Aumentar a imunidade.
  • Ajudar a melhorar a absorção do cálcio.
  • Estimular o hormônio do crescimento.
  • Ajudar a fazer mais fluido o sangue.
  • Prevenir o envelhecimento precoce, contribuindo para a reparação celular.
  • Digerir melhor os alimentos.

Os benefícios da lisina contam com muita evidência científica. Quer conhecer o que diz a ciência sobre as propriedades da lisina? Para comprovar sua ação benéfica para o organismo, se vieram realizando diferentes estudos científicos.

Evidência científica

Um grupo de investigadores japoneses que trabalharam com diferentes aminoácidos em vários estudos, apresentou um trabalho publicado numa revista de investigação biomédica americana durante 2008. Nela afirmavam que a suplementação de 2,34 g de L-lisina por dia, poderia reduzir o estresse psicológico e as quantidades de cortisol presentes no corpo.

O doutor Miro Smriga, autor da investigação, estudou o efeito da combinação de lisina e arginina sobre os níveis de ansiedade e o estresse durante anos. Para isso utilizou roedores aos quais submetia a situações estressantes dentro de um laboratório. Mais tarde provou sua teoria com porcos e posteriormente com humanos.

Neles foi possível observar que o efeito do aminoácido lisina para reduzir o estresse era considerável, e se relacionava com o receptor GABA. Os resultados mostraram que reduz o estresse psicológico e as quantidades de cortisol no corpo, e levando em conta que este é o principal hormônio associado com o estresse. Este efeito é especialmente notório nos homens, e nem tanto nas mulheres.

suplemento

Consumo da lisina

Para manter os níveis adequados deste aminoácido no seu corpo, você pode recorrer ao consumo de alimentos ricos em lisina ou então tomar suplementos dele.

Alimentos com lisina

Felizmente, você pode ter acesso aos benefícios da lisina, seja em alimentos de origem vegetal como de origem animal, assim não terá problema algum se for vegetarian@.

Fontes de origem vegetal

  • Cereais
  • Levedo de cerveja
  • Frutos secos
  • Alcaravia preta
  • Alfarrobeira
  • Amaranto
  • Agrião
  • Aspargos
  • Espinafre
  • Feijão
  • Lentilha
  • Noz da Índia
  • Quinoa
  • Soja
  • Kiwicha

Fontes de origem animal

  • Carnes vermelhas
  • Queijo
  • Bacalhau
  • Sardinhas
  • Ovos

Suplementos de lisina

Você também pode consumir a lisina incorporando-a à sua dieta diária na forma de suplemento. Em geral se recomenda consumir de 1 a 3 gramas por dia, à qual você pode ter acesso no formato de comprimidos, em pó e cápsulas de lisina.

Contraindicações da lisina

Embora seu consumo seja considerado seguro, evite o consumo de cápsulas de lisina nas seguintes situações:

  • Se você estiver grávida.
  • Se você sofrer do fígado.
  • Se você sofrer dos rins.
  • Se você tiver problemas de metabolismo com o nitrogênio.

Outros nutrientes essenciais para seu corpo

Manter uma dieta balanceada é a base para ter um corpo saudável e vital, que te permita realizar todas as atividades que você gosta. Mas, às vezes, por diferentes causas isto não é possível, com o qual é necessário que você recorra ao consumo de muitos nutrientes através de suplementos. Alguns dos mais recomendáveis são:

  • A coenzima Q10. Esta substância natural presente no seu corpo se deteriora com o passar do tempo. Ao consumi-la na forma de suplemento alimentar, pode te dar mais energia e vigor para enfrentar as atividades diárias, já que tem a capacidade de tonificar e estimular o movimento muscular.
  • Leite de magnésia. Você vai encontrar outra forma diferente de atender as necessidades que o seu organismo tem de magnésio, um dos minerais mais importantes para sua boa saúde.
  • Benefícios da carnosina. Você vai saber como este aminoácido, transformado en suplemento, pode ajudar seu corpo a se manter jovem, retardando seu envelhecimento.
  • Cápsulas de óleo de chia. Você vai conhecer o potencial curativo da chia, que faz deste suplemento, graças ao seu grande conteúdo em ácidos graxos ômega 3, um excelente remédio natural para prevenir doenças do coração.

Você consome suplementos alimentares diariamente?

Gráfico da enquete: Você consome suplementos alimentares diariamente?

Sim, consumo um

26

Sim, consumo vários

40

Não consumo nenhum

14

Vou começar a consumir

14

Qual você consome?




IMPORTANTE: A missão do "Para que serve a L-lisina: função e propriedades deste aminoácido" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

1 comentário no "Para que serve a L-lisina: função e propriedades deste aminoácido"

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia
¡Carregando comentários!

Nabel ...

Sim veio a confirmar o que esta acontecendo, deixei de tomar leite por ser intolerante a lactose, sem falar que como pouca carne, minha pele parecia escamosa e com rosácea e um constate ataque de herpes, quase duas vezes por mês.
Hoje com duas semanas já estou melhor uma das reações benéficas imediatas apareceu em minha pele. Minha recomendação é que procurem um nutricionista para que recomende a dose certa.

0

7 de Jul - 03:33:28

Escreva seu comentário sobre "Para que serve a L-lisina: função e propriedades deste aminoácido"

Comente no Google+