Cloreto de magnésio, um remédio natural para a síndrome metabólica

Age eficientemente controlando seus sintomas

A síndrome metabólica afeta grande parte da população de diferentes países. Diferentes causas originam este problema: a genética, o sedentarismo, a má alimentação, o estresse, etc. Para controlá-lo existem remédios naturais, como o magnésio. Conheça como ajuda neste mal...

A importância do magnésio para a saúde do organismo é indiscutível. É o quarto mineral mais abundante no corpo e é essencial para o normal desempenho de funções vitais.

Se você não sabia, aproximadamente 50 % do magnésio corporal se encontra distribuído nos ossos. A outra metade se encontra sobretudo no interior das células, dentro dos tecidos e órgãos do corpo.

Só 1 % do magnésio se encontra no sangue, mas de qualquer maneira o corpo deve manter um nível constante nela.

É sabido que, estatisticamente, que um grande número de norte-americanos sofre de síndrome metabólica. De fato, as estimativas sugerem que 7 % da população tem diabetes e mais de 20 % se vê afetada pela síndrome metabólica.

Mas, isto é uma mostra, os especialistas no assunto estimam que esta proporção se repete em vários países, devido à tendência mundial de consumir muitos alimentos elaborados.

Os estudos mostram que o magnésio pode oferecer uma proteção importante contra o desenvolvimento da síndrome metabólica.

O que é a síndrome metabólica

Esta doença se caracteriza pela resistência à insulina, razão pela qual os tecidos musculares e o fígado não podem responder adequadamente o sinal da insulina para levar a glicose às células.

Como resultado deste processo, a glicose e os níveis de triglicérides se elevam no sangue, as lipoproteínas de alta densidade (HDL) diminuem e a pressão arterial se eleva.

Você sabe como se manifesta?

Principais sintomas

  • Aumento significativo da coagulação sanguínea.
  • Inflamação de diferentes partes do corpo.
  • Presença de albumina no sangue.

Foram realizados estudos científicos a respeito?

Em um estudo epidemiológico de cinco anos de duração, realizado com mais de 1.000 pessoas adultas saudáveis, os cientistas descobriram que um maior consumo de magnésio estava vinculado com uma melhor sensibilidade à insulina.

Em outro estudo, os cientistas analisaram a relação entre o consumo de magnésio e o desenvolvimento da síndrome metabólica em adultos jovens saudáveis.

Como se realizou este estudo

Cerca de 5.000 norte-americanos de 18 a 30 anos de idade foram monitorados ao longo de 15 anos. Quem registrou o consumo mais alto de magnésio teve 31 % menos de risco de desenvolver síndrome metabólica.

Conclusões

Um maior consumo de magnésio também se relacionou com um menor índice de glicose no sangue e com uma alta densidade de lipoproteína (HDL).

Os autores concluíram que uma ingestão alta de magnésio pode ser de grande ajuda para evitar esta doença.
metabolismo
Como o magnésio ajuda na síndrome metabólica

De acordo com uma revisão de estudos da Universidade Northwestern, o magnésio poderia trabalhar em vários aspectos da síndrome metabólica:

  • Aumenta os níveis de HDL
  • Diminui os triglicérides
  • Trabalha sobre a homeostase da glicose
  • Ativa a secreção de insulina
  • Protege da hipertensão

Como obter mais magnésio

  1. A melhor maneira de corrigir a deficiência de magnésio é através da dieta.
  2. Incorpore a esta alimentos ricos em magnésio, como os frutos secos, verduras de folha verde, legumes, cereais integrais e peixe.
  3. A água também pode ser uma fonte de magnésio, mas a quantidade varia enormemente dependendo do fornecimento de água.
  4. Consuma suplementos de magnésio para complementar a dieta.

Enquanto a quantidade diária recomendada de magnésio é de 450 mg / dia para os homens e 350 mg / mulheres, muitos especialistas em saúde agora recomendam que os adultos consumam pelo menos 500 mg cada dia.

Qual suplemento de magnésio é o melhor?

O cloreto de magnésio é o que oferece maior aceitação do organismo.

Como você pode comprá-lo

Quando você for adquiri-lo, vai encontrá-lo apresentado de diferentes maneiras:

  • Em comprimidos
  • Em cápsulas
  • Cristalizado

Como você vai consumi-lo

Se você nunca o consumiu ou se esqueceu de como fazer isso, não se preocupe! Veja este vídeo instrutivo que te dará o passo a passo…

Você sofre de síndrome metabólica?

Gráfico da enquete: Você sofre de síndrome metabólica?

Sim

37

Não

6

Não sei

10

Consome cloreto de magnésio para tratá-la?




IMPORTANTE: A missão do "Cloreto de magnésio, um remédio natural para a síndrome metabólica" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

0 comentários no "Cloreto de magnésio, um remédio natural para a síndrome metabólica"

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Cloreto de magnésio, um remédio natural para a síndrome metabólica"

Comente no Google+