Extrato de magnólia: para que serve e como consumir este suplemento

Para manter o corpo saudável e vital

Você busca um suplemento natural com muitos benefícios para a saúde e que também seja agradável para consumir? A magnólia pode ser indicada para você. Descubra todo o seu potencial curativo e como você pode consumi-la, neste artigo. Não deixe de ler!

O que é a magnólia

Eu te conto, caso você ainda não saiba, que a magnólia é uma árvore originária do Oriente e do sudeste asiático. Sua origem é muito antiga, já que existem registros da sua existência que datam de mais de 100 milhões de anos. Embora seja uma espécie famosa pela beleza das suas flores, a casca da árvore de magnólia tem sido utilizada desde a antiguidade até nossos tempos, como um remédio natural, popular na medicina tradicional chinesa e japonesa. Na China, se costuma chamá-la de Houpu.

É que a casca, que possui um sabor amargo, contém ao redor de 250 compostos químicos, muito úteis para tratar diferentes doenças. Mas, medicinalmente as flores não ficam atrás, já que também foram elogiadas por suas diversas aplicações medicinais.

Quer conhecer quais são todos os benefícios que pode te oferecer? Preste atenção na seguinte lista.

Benefícios terapêuticos da magnólia

No Japão é onde se realizaram mais investigações científicas para conhecer as propriedades e benefícios desta árvore transformada em suplemento. Os investigadores determinaram que o honokiol e o magnolol, dois dos principais compostos químicos que se encontram na casca da magnólia, são até 1000 vezes mais potentes como antioxidante que a vitamina E.

Os suplementos de magnólia podem te ajudar a:

Eliminar a ansiedade

Nos estudos realizados, se comparou a eficácia do honokiol com a do diazepam, um conhecido ansiolítico, e se descobriu que o primeiro tinha cinco vezes mais capacidade que o diazepam para reduzir a ansiedade sem ter que interromper a atividade física.

Além disso, tem certas qualidades como ansiolítico que trabalham especificamente sobre o equilíbrio hormonal do seu corpo, sobretudo nos hormônios relacionados ao estresse. Também pode te ajudar de forma eficaz a acalmar a mente, aliviar a depressão e a equilibrar os estados de ânimo.

Melhorar os sintomas do Alzheimer

O composto ativo magnolol é un remédio natural poderoso que te ajudará a estimular os níveis de acetilcolina no cérebro. Sua deficiência é responsável de que o cérebro comece a não cumprir suas funções. Por outro lado, o Honokiol, outro dos compostos orgânicos ativos da magnólia, te ajudará a potencializar as capacidades cognitivas e a atividade neuronal.

Prevenir o câncer

Segundo a evidência científica, um dos compostos ativos na magnólia, especificamente o magnolol, é capaz de prevenir a multiplicação das células de câncer de próstata. Embora a investigação esteja só começando, alguns cientistas pensam que os extratos de casca de magnólia também podem ser benéficos para prevenir e tratar a leucemia e o câncer de cólon.

Aliviar as doenças respiratórias

Um dos usos mais comuns da magnólia na antiguidade era aliviar os problemas respiratórios, tais como a bronquite, a tosse, o excesso de flegma e inclusive a asma. Ao que parece, seu benefício radica em que estimula de forma natural a produção de corticosteroides no seu corpo, para que trabalhem te aliviando a asma.

Melhorar o diabetes

Sua capacidade para agir como cortisol pode te ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue, te ajudando com eficácia a prevenir o desenvolvimento de diabetes.

Conhecendo todos estes benefícios, eu imagino que você deve estar interessad@ em saber como pode consumir a magnólia, não é? Dê uma olhada nos seguintes conselhos.

Como consumir a magnólia como suplemento

Formatos comerciais da magnólia

No mercado você pode encontrá-la à venda na forma de:

  • Extrato
  • Cápsulas

Dose diária de magnólia recomendada

Não existe até agora uma dose estândar a consumir. Ao que parece, a dose recomendada depende de vários fatores, como a idade e os possíveis problemas de saúde do usuário. De qualquer forma os suplementos que se encontram à venda estão regulados e apresentam na sua posologia a dose que você deve consumir diariamente.

Riscos e efeitos não desejados da magnólia

Efeitos secundários da magnólia

Embora seu consumo seja considerado seguro, pode causar:

  • Ardor de estômago
  • Problemas de tireoide
  • Cansaço
  • Dor de cabeça

Contraindicações da magnólia

Evite seu consumo:

  • Durante a gravidez.
  • Durante o período de aleitamento.
  • Se você consome habitualmente bebidas alcoólicas.
  • Se você consome sedantes.
  • Se você realizou uma cirurgia recentemente.

magnolia

Outros suplementos alimentares

  • Cartilagem de tubarão. Você vai conhecer um poderoso suplemento que te brindará inúmeros benefícios para a saúde, especialmente para os ossos e para prevenir o câncer.
  • Cloreto de magnésio. Você vai descobrir por que este suplemento se tornou um dos mais consumidos. Além disso, aprenderá de forma fácil a preparar o cloreto cristalizado.
  • Extrato de melancia. Você descobrirá um inovador suplemento alimentar que tira proveito das propriedades curativas da melancia, podendo ser de grande ajuda para regular a pressão arterial.
  • Leite de magnésia. Você encontrará outra forma diferente de suprir a necessidade de magnésio do seu organismo.
  • A poderosa glucosamina. Você descobrirá como esta substância que se produz naturalmente no seu corpo e que está presente no líquido que rodeia as articulações, com seu consumo diário como suplemento, pode te ajudar a aliviar as dores articulares provocadas pela artrite ou a artrose.

Você acha que os suplementos te ajudam a ter melhor saúde?

Gráfico da enquete: Você acha que os suplementos te ajudam a ter melhor saúde?

Sim, tenho certeza

12/1

Hum, acho que sim

1/0

Não, não acho

Qual você consumiu ultimamente?




IMPORTANTE: A missão do "Extrato de magnólia: para que serve e como consumir este suplemento" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Extrato de magnólia: para que serve e como consumir este suplemento"

Comente no Google+