Glutamina, o suplemento para baixar de peso facilmente

Para emagrecer naturalmente

Tratamentos, terapias e suplementos para baixar de peso se multiplicam no mercado. Um dos que tem boa reputação é a glutamina. Este aminoácido pode ser muito eficaz para perder esses quilos a mais que te incomodam. Descubra como você pode se beneficiar com o seu consumo.

A glutamina é o aminoácido mais abundante presente no corpo humano. No entanto, apesar de participar em muitas funções importantes do corpo, é considerado um aminoácido não essencial, já que o organismo é capaz de produzi-lo por si mesmo. Sabia disso?

Depois de ser sintetizado pelos tecidos, a glutamina se armazena nos tecidos musculares, nos pulmões, no fígado, no cérebro e no estômago.

Há décadas se vem investigando suas funções benéficas. Foi possível comprovar que intervém em:

  • A saúde do sistema imunológico.
  • A recuperação muscular, prevenindo a perda da mesma.
  • A regeneração celular do organismo.
  • A regeneração da mucosa intestinal.
  • Estimula o funcionamento do sistema nervoso central.
  • A queima de gordura e perda de peso.

Benefício da glutamina para queimar gordura e perder peso

É considerado um excelente complemento quando se quer baixar de peso queimando gordura e manter ou aumentar a massa muscular.

Um aspecto que você alvez não conheça e que vale a pena destacar é o fato de que não é a glutamina que age diretamente na perda de peso mas através dela se melhoram e reparam várias funções do corpo que provocam o emagrecimento.

  • Aumentará a atividade das células do seu sistema imunológico, particularmente as células sanguíneas, os macrófagos. Estes são os responsáveis de defender o sangue e os tecidos de qualquer agente maligno, seja bactéria, fungo ou vírus.

    Ajudará o seu organismo a se depurar e eliminar líquidos e substâncias nocivas que provocam retenção de líquidos e aumento de peso.

  • Será de grande ajuda quando você desempenhar uma atividade física ou esportiva. Quando se realiza exercício de forma intensa, o ácido lático se acumula nos tecidos musculares, produzindo dor e ardor. A glutamina não deixa que subam os níveis deste ácido, evitando desta maneira os incômodos.
  • Pode diminuir as tensões musculares que aparecem normalmente depois que você realiza exercício e ajuda a que os músculos se tonifiquem corretamente.
  • É um agente antiestresse já que baixa os níveis do mesmo no âmbito emocional e mental. O estresse mental conduz ao aumento da secreção de cortisol, um hormônio que o seu corpo utiliza para se preparar para as situações de estresse.

    O cortisol pode conduzir à perda de massa muscular e ao aumento de peso, como mecanismo de defesa natural do corpo diante do estresse.

Conclusão: a glutamina aumenta a atividade celular e distende os músculos evitando tensões e dor, com isso predispõe a que as pessoas continuem fazendo exercício regularmente.

Estes efeitos somados a uma dieta baixa em gordura são uma excelente ajuda para evitar o armazenamento da mesma e, além disso, impulsiona a queimá-la, provocando uma inevitável perda de peso.

Mas você quer saber o que diz a ciência a respeito?

Estudo sobre a eficácia da glutamina para perder peso
Durante 2014 se realizou um estudo que foi publicado no European Journal of Clinical Nutrition, no qual se detectou que as mulheres obesas que tomaram suplementos de glutamina durante quatro semanas, conseguiram perder peso.

Porém, o mais chamativo do caso é que o fizeram inclusive sem necessidade de mudar sua dieta alimentar e sem fazer exercício.

Posteriormente, tomaram um suplemento rico em proteínas durante a mesma quantidade de tempo, mas não experimentaram nenhuma perda de peso.

Embora os resultados fossem muito positivos, os investigadores afirmam que se precisam realizar mais estudos, sobretudo, para determinar a dose de glutamina que se deve consumir para obter este benefício.

suplemento

Como obter glutamina dos alimentos

Este aminoácido está presente em vários alimentos de consumo diário, confira na seguinte lista.

Alimentos de origem animal

  • Produtos lácteos
  • Carnes
  • Peixe
  • Ovos

Alimentos de origem vegetal

  • Legumes secos: soja, amendoins, lentilha, grão-de-bico, feno-grego, feijão, etc.
  • Vegetais: aloe vera, alface, rúcula, salsinha, etc.
  • Frutas: tamaras, laranjas, groselhas pretas, abacaxi.
  • Cereais integrais: cevada e arroz.
  • Frutos secos e sementes: sementes de girassol, de abóbora, de gergelim, avelãs, nozes, amêndoas, pinhões, etc.

Você também pode consumir a glutamina apresentada em:

  • Cápsulas

Doses de glutamina a consumir

Entre 5 e 15 gramas é a quantidade estimada pelos nutricionistas que o organismo precisa diariamente para obter os benefícios que este aminoácido pode te proporcionar.

Se você se pergunta se o seu consumo tem alguma contraindicação, a resposta é afirmativa.

Contraindicações

Não é aconselhável seu consumo como suplemento, nos seguintes casos:

  • Se você sofre de alguma doença do fígado.
  • Se sofre de doenças renais ou síndrome de Reye.
  • Se está grávida ou amamentando.

Você já consumiu a glutamina?

Gráfico da enquete: Você já consumiu a glutamina?

Sim, tomo diariamente

14

Sim, consumi durante certo tempo

8

Não experimentei ainda

15

Já me recomendaram, vou começar a consumir

9

Para que você a consumiu?




IMPORTANTE: A missão do "Glutamina, o suplemento para baixar de peso facilmente" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Glutamina, o suplemento para baixar de peso facilmente"

Comente no Google+