Por que o colesterol aumenta na gravidez

Causas da hipercolesterolemia durante a gravidez

Na gravidez se produzem mudanças hormonais e metabólicas que, às vezes, podem provocar um aumento do colesterol. Por isso, levando em conta que a hipercolesterolemia é um fator de risco, é importante que você conheça quais são as causas.

A gravidez é uma situação especial na qual o organismo das mulheres deve se adaptar ao bebê que está crescendo dentro dela. Devido a isso, às vezes, se produzem mudanças metabólicas que são refletidas em um aumento dos níveis de colesterol. Segundo diversos estudos este ácido graxo pode aumentar até 43% durante a gestação e se produz em maior proporção durante o terceiro trimestre.

A presença da hipercolesterolemia durante a gravidez pode se dever a diversas causas:

  • A causa principal está relacionada com o aumento de estrogênios e hormônios da placenta. O colesterol é uma gordura fundamental para a formação de estrogênios e os hormônios placentários. Por isso, para aumentar os níveis desses hormônios no sangue, se produz um aumento de colesterol, provocando hipercolesterolemia. Da mesma forma durante a gravidez os processos anabólicos se encontram acelerados provocando um aumento de substâncias a partir das quais se sintetiza o colesterol. Neste caso a hipercolesterolemia se normaliza assim que é produzido no parto.
  • Às vezes, devido ao aumento de progesterona, se reduz a contração vesicular, provocando um aumento de síntese de colesterol hepático, que pode incidir na formação de cálculos biliares.
  • A administração de certos medicamentos durante a gravidez como agentes retrovirais pode provocar o aumento de colesterol no sangue, especialmente durante o último trimestre de gestação.
  • O surgimento de hipotireoidismo durante a gravidez pode provocar um aumento de colesterol no sangue. Isto pode ser corrigido com a medicação adequada para tratar a patologia de base.

Embora a hipercolesterolemia seja uma condição bastante comum durante a gravidez, sempre é importante realizar check-ups que permitam não apenas controlar os níveis de colesterol, mas também determinar quais seriam as possíveis causas. É importante levar em conta que, se a hipercolesterolemia não for controlada e tratada a tempo, pode provocar complicações para a saúde do bebê.


IMPORTANTE: A missão do "Por que o colesterol aumenta na gravidez" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Por que o colesterol aumenta na gravidez"

Comente no Google+