Alergia ao café: sintomas e dicas para prevenir novos surtos

Reações alérgicas à cafeína

O café te faz mal, mas você não tem certeza se é alergia? Não se preocupe mais! Porque neste artigo você vai conhecer quais são os seus principais sintomas da alergia ao café, assim como os cuidados que deve ter para evitar novos surtos alérgicos. Não perca!

Como você já deve saber, o café é uma das bebidas mais consumidas do mundo, elaborada a partir de grãos de café torrado derivados da planta Coffea. Uma das principais características do café é seu grande efeito estimulante, procedente de um dos seus principais componentes: a cafeína.

Quase não há outra substância que cause tanta controvérsia como a cafeína, é que por um lado resulta muito benéfica para tratar alguns problemas de saúde, mas também os provoca. Além disso, você também pode sofrer alergia ao café por sua causa. Como é possível ter alergia ao café? Descubra nos seguintes parágrafos.

O que é a alergia ao café

A alergia ao café não costuma ser uma das alergias alimentares mais comuns, mas pode sim ser um tanto perigosa. Trata-se de uma série de reações que produz seu sistema imunológico quando você está em contato com grãos de café ou quando o bebe.
Você pode sofrer de alergia ao café em diferentes graus, há pessoas que só têm reações ao bebê-lo, mas outras pelo contrário não podem nem sequer cheirá-lo. Mas, você quer saber como pode perceber se tem alergia ao café?

Sintomas de alergia ao café

A forma mais fácil de identificar esta alergia alimentar é observar como seu corpo reage quando você toma café ou alguma outra bebida ou alimento que contenha cafeína. Os sintomas da alergia ao café variam de uma pessoa para outra, mas em linhas gerais estes são os principais sinais:

Problemas respiratórios

Este tipo de sintoma se manifesta como um início de resfriado: nariz congestionado que goteja água, dificuldade leve para respirar e tosse seca. Você pode ter estes sintomas especialmente quando respira pó de café, já que este penetra nas vias respiratórias e o sistema imunológico do seu corpo o vê como um potencial invasor.

Problemas de pele

Ao entrar em contato com os grãos de café, você pode sofrer:

  • Vermelhidão da pele
  • Erupções cutâneas
  • Formação de pequenas aftas ao redor da boca
  • Coceira

Transtornos digestivos

Este tipo de sintoma pode vir logo após beber uma xícara de café ou então horas mais tarde. A alergia se manifesta com:

  • Espasmos no estômago
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Diarreia

Taquicardias e arritmias

Um dos efeitos secundários da cafeína é que provoca um aumento da pressão arterial, o que costuma produzir também aumento do pulso cardíaco, podendo causar taquicardias e arritmias.Também aumenta os marcadores de inflamação, prejudicando a saúde do sistema cardiovascular.

Anafilaxia

É a reação alérgica mais grave, já que você vai precisar de ajuda médica imediata. Em geral, acontece que logo após beber uma xícara de café você pode começar a experimentar inchaço ao redor dos lábios e na língua, e a desagradável sensação de que a garganta se fecha.

Também a reação de anafilaxia pode estar acompanhada de pulso fraco, dor no peito e coloração azulada na pele. Os sintomas começam a diminuir de intensidade, depois de que você tenha expulsado a cafeína do seu corpo.

Mas, é possível evitar os surtos de alergia ao café? Encontre a resposta nas seguintes linhas.

Como prevenir surtos de alergia ao café

Se você já sabe que sofre deste tipo de alergia alimentar, deve eliminar a cafeína da sua dieta completamente.
Leve em conta que a cafeína não apenas está presente no café, mas também em vários alimentos e bebidas, inclusive nas bebidas descafeinadas, embora em quantidades mínimas.

Café

Outras alergias alimentares

As alergias alimentares são um problema de saúde bastante frequente, que muitas pessoas sofrem ao longo das suas vidas. Na maioria dos casos não se trata de um mal grave, que resulta ser controlável se você leva em conta certos cuidados na sua vida diária. Descubra quais são os sintomas das principais alergias alimentares, dando uma olhada nas seguintes recomendações.

  • Alergia ao peixe. As substâncias que podem desencadear este tipo de alergia no seu organismo são as proteínas. Conheça quais são os seus sintomas mais comuns.
  • Alergia aos mariscos. Você descobrirá seus sintomas mais comuns e como evitar entrar em contato com produtos derivados dos mariscos que muitas vezes estão camuflados em outros produtos.
  • Alergia ao leite. É ocasionada pelas proteínas do leite, a caseína e as albuminas. Descubra quais são os seus principais sintomas e como tratá-los.
  • Alergia à soja. Você conhecerá os principais sintomas e como tratá-los naturalmente, para que não sofra novos surtos desta alergia.
  • Alergia ao amendoim. Você vai conhecer como se manifesta esta alergia alimentar e que alimentos deve evitar consumir para não sofrer suas fortes reações.

Que alimentos com cafeína você costuma consumir diariamente?

Gráfico da enquete: Que alimentos com cafeína você costuma consumir diariamente?

Café

107/21

Chá

34/31

Bebidas com cola

24/37

Guaraná

6/45

Chocolate

31/20

Caramelos

15/35

Chiclete

21/32

Erva-mate

10/34

Suplementos para treinar

2/46

Seria difícil limitar seu consumo?




IMPORTANTE: A missão do "Alergia ao café: sintomas e dicas para prevenir novos surtos" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Alergia ao café: sintomas e dicas para prevenir novos surtos"

Comente no Google+