Remédios naturais para a hiperatividade adolescente

Tratamentos naturais para a hiperatividade adolescente

O transtorno do déficit de atenção por hiperatividade é algo muito comum em algumas crianças e adolescentes. Embora seja fundamental levar um controle e recorrer à assistência médica para o seu tratamento, também é verdade que muitos remédios caseiros podem ajudar a melhorar esse problema.

O transtorno do déficit de atenção por hiperatividade (TDAH) se tornou frequente em algumas crianças e adolescentes, que sofrem de um problema relacionado com a sinapse neuronal, que gera uma descompensação nas doses de atividade de quem sofre com ele. Embora seja verdade que uma atenção médica é fundamental para fazer um acompanhamento deste problema, também é muito bom se apoiar em alguns remédios caseiros e naturais.

A fitoterapia tem boas respostas para ajudar nestes casos de TDAH em adolescentes e crianças. Algumas plantas têm boas propriedades para colaborar na luta contra este tipo de transtornos.

O ginkgo biloba, por exemplo, sempre foi usado contra problemas de atenção, já que é estimulante da irrigação sanguínea para o cérebro, permitindo uma melhor oxigenação. Assim como o ginseng, um tônico habitualmente indicado para este tipo de transtornos.

A alimentação também é fundamental nestes casos. Que o adolescente ou criança que sofre de TDAH consuma vitaminas B e E, fósforo, cálcio e complementos ricos em nutrientes bons para o sistema nervoso como o levedo de cerveja ou a lecitina de soja é algo muito importante. Também pode ser importante usar ervas como a passiflora ou a tília para controlar a ansiedade e os nervos.

Mais informação em: Remédios caseiros para a hiperatividade


IMPORTANTE: A missão do "Remédios naturais para a hiperatividade adolescente" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Remédios naturais para a hiperatividade adolescente"

Comente no Google+