Produção artesanal

Indústria artesanal

A produção artesanal não é algo novo nem nada assim, muito pelo contrário. Desde que se tem noções históricas, sempre existiram trabalhadores independentes que desempenhavam seus trabalhos em pequena escala, usando suas mãos e exibindo suas habilidades particulares na indústria artesanal.

A produção artesanal é uma das maneiras de trabalho mais antigas que existe. De fato, a própria história tem a presença dos artesãos desde que o mundo é mundo, aproximadamente. E é assim que esta forma de trabalho se tornou a esperança de progresso de muitas pessoas, que preferem arriscar com a independência e ver os frutos do seu negócio a ser empregados em algo que tal vez não desfrutariam tanto.

O que é o artesanato?

Geralmente é fácil distinguir um artesanato de um produto industrial ou de produção em série, mas o que é o artesanato? Como se produz? O que o diferencia de outro tipo de processo?

  • O artesanato é todo produto realizado por pessoas que são denominadas artesãos. Geralmente é só o trabalho das suas mãos (ou pés em alguns casos), mas em determinadas técnicas como a cerâmica e o tecido en telar es necesario el uso de diferentes maquinarias caseras, controladas completamente pelo artesão. Isso é o que diferencia a produção artesanal da industrial, seu processo.
  • Há uma explicação mais específica que diz que o artesanato está expressamente ligado ao passado cultural e as técnicas que se dominam para produzir peças de qualidade com valores simbólicos e ideológicos. No entanto normalmente se conhece o artesanato como aquele que leva um processo técnico artesanal e que pode ser realizado por qualquer pessoa que integra uma comunidade.
  • Cada tipo de produto precisa de um passo a passo para obter resultados positivos, preparação dos elementos, quantidades a utilizar, temperaturas que exige o processo. Geralmente as matérias-primas para realizar artesanato são locais e se realizam em ateliês, embora sua casa possa ser uma. ;)

Realizar um projeto de produção artesanal não é tarefa fácil. É necessária a aprendizagem da técnica precisa, o conhecimento das matérias-primas e seu aproveitamento. Quando a técnica que você gosta estiver dominada e conhecendo os tempos que leva a produção, você pode começar a organizar seu empreendimento. Em seguida é indispensável calcular os custos de cada produto e estimar um lucro que te dará cada venda. Isto é apenas uma rápida explicação de como realizar um projeto de produção artesanal, você também deverá determinar como vender seus produtos e a demanda que podem ter quando estiverem no mercado.

Vantagens e desvantagens da produção artesanal

Se você quer começar um projeto de produção artesanal, deve conhecer suas vantagens e desvantagens. Estas não são definitivas e podem variar de acordo com o tipo de produto e de cada consumidor. Mas aqui vão algumas das características da produção artesanal que você deve levar em conta.

Vantagens

Há qualidades que tornam único cada produto e isso é graças ao seu processo artesanal, que lhe dá características únicas que nenhum produto industrial pode igualar.

  • Cada peça é única. Ao ser realizadas manualmente, é muito difícil que você encontre duas peças iguais. Em muitos casos o artesão decide não repetir esquemas para se diferenciar. Há casos como a cerveja artesanal em que cada estilo se distingue, mas os produtos realizados de cada um devem ter o mesmo sabor e cor, embora possa haver algumas variações.
  • Se valoriza de outra forma. Além do seu valor estético ou sabor especial, os produtos artesanais são valorizados por seu público de uma forma diferente que os industriais pelo trabalho que estes levam. Por essa razão podem pagar mais pelo artesanato, embora isso também possa ser uma desvantagem que veremos mais adiante.
  • Possuem uma qualidade única. Em muitos casos o trabalho manual faz que cada produto tenha uma qualidade especial que se perde nos produtos industriais.
  • Permite que você trabalhe no que gosta. Quase todos os projetos de produção artesanal nascem de uma paixão, são o resultado de muito estudo e prática para obter resultados satisfatórios. Portanto se você administra bem seu empreendimento pode viver dele e deixar de lado a relação de dependência que desagrada milhões de trabalhadores.
  • Você pode reutilizar materiais. Se existe algo que caracteriza alguns artesanatos é que no seu processo é possível reciclar e reutilizar materiais ou objetos que de outra forma estariam no lixo. Reciclagem de papel, trabalhos decorativos com vidros e cerâmicas e a reutilização de frascos e garrafas são apenas alguns exemplos.

Desvantagens

Como quase tudo na vida o processo de produção artesanal também tem suas desvantagens, que devem ser levadas em conta tanto ou mais que as vantagens, já que uma escolha errada do seu projeto poderia te custar tempo, dinheiro e a ilusão de progredir em algo que te apaixona.

  • Os acabados podem variar. Isso que torna o artesanato especial também pode prejudicá-lo. A diferença entre cada peça que as torna únicas também pode provocar que certas pessoas não gostem do resultado.
  • Falta de qualidade. Do mesmo jeito que um produto artesanal pode significar uma qualidade superior, também pode ser o contrário. Um trabalho mal feito ou escolhas erradas de matérias-primas podem encurtar significativamente em alguns casos a vida (cerâmicas, cestos) como o prazer dos compradores (cerveja, doces).
  • Sua produção leva tempo. Ao ser artesanal, quem fabrica deve dedicar tempo para cada peça ou produto separadamente, razão pela qual este trabalho pode levar muito mais tempo de produção que o que leva a produção em série.
  • Seu costo é elevado. Este trabalho tão exclusivo faz que os produtos artesanais sejam mais caros que similares de produção industrial. Embora algumas pessoas valorizem o trabalho dos artesãos e topem pagar por ele, outros preferem gastar alguns reais a menos e escolhem produtos de produção massiva.

Exemplos de produtos artesanais

Os exemplos de empresas que começaram de uma maneira caseira e artesanal são milhares. E os ramos em que você poderá atuar se escolheu ter um microempreendimento são inúmeros. O processo artesanal é muito valorizado já que dá ao produto um estilo próprio e com o toque que só podem dar as mãos humanas. Aqui, de fato, te damos alguns exemplos.
Produção artesanal

Cerveja caseira

Um dos tantos produtos artesanais que têm uma grande importância no mundo inteiro é o da cerveja caseira. Aqueles fãs da bebida, que não viam satisfeitas suas expectativas cervejeiras ou que simplesmente se consideravam capazes de poder elaborar uma grande cerveja se lançaram por sua própria conta em pequena escala e hoje em dia há muitos que impuseram suas marcas como sinônimo de refinamento e culto. De fato, a diferença que existe entre a cerveja que se costuma produzir em milhões de litros e as que se fazem em menor escala costuma ser abismal, sendo estas últimas indiscutivelmente superiores.

Doces caseiros

Os doces caseiros, por exemplo, são outro setor muito notável e com possibilidades de progresso. Aqueles que se dedicam a esta gama também costumam trabalhar com conservas caseiras, algo que também é benéfico e não muito complicado de montar em pequena escala.
Esta produção artesanal é fácil de comercializar em feiras de artesanato e alimentos naturais, mas você também conta com a opção de distribuir seus produtos em lojas interessadas. O trato é específico com cada lugar, alguns vão preferir que você os deixe em consignação, ou seja, assim que forem vendidos você passa para retirar sua parte do dinheiro e também os produtos que não se tenham vendido; enquanto outras lojas (embora sejam minoria) comprarão seus produtos por um preço inferior ao da venda para ter algum lucro. Esta última opção geralmente é considerada quando sabem que seu produto é de venda segura. Claro que estas formas de venda podem ser aplicadas em qualquer produto artesanal.

Conservas caseiras

As conservas nasceram como uma necessidade para armazenar quantidades de alimentos sem a necessidade de frio durante muito tempo. Além disso são um clássico em muitas famílias, certamente você já experimentou as conservas da sua mãe ou avó mais de uma vez. Mas o processo de preparação não é tão simples como parece. A produção artesanal de conservas requer muitos cuidados com a higiene na hora de embalar e também na sua preparação, uma conserva mal preparada pode ser perigosa para a saúde. Portanto se você decidir entrar no mundo das conservas caseiras certifique-se de ser um especialista nelas e dê segurança aos seus clientes mantendo a higiene no processo de preparação ao máximo.

Velas artesanais

Há muitos tipos de velas, as mais comuns, as decorativas, aromáticas, com formas originais, diferentes cores e tamanhos.Por isso é que há grande mercado para a produção artesanal de velas. Também existem velas com diferentes materiais para fazê-las: estão as de parafina, as de gel e as de cera de soja, que são apenas alguns exemplos. Você também pode incrorporar materiais decorativos como frutas secas, por exemplo. Embora estes produtos artesanais não levem maiores dificuldades na sua preparação, você deve sim ter alguns cuidados na hora de fabricar velas, já que você trabalha com materiais quentes que podem te ferir gravemente.

Sabões caseiros

A produção artesanal de sabões é muito ampla, você pode fazer sabões aromáticos, florais, com glicerina ou herbais, também pode fazer os sabões líquidos que têm grande popularidade atualmente por ser mais higiênicos que os tradicionais. Os sabões são produtos artesanais de fácil fabricação, mas o truque está em criar sabões originais e diferentes a outros que se comercializam, mas principalmente que as pessoas busquem e desfrutem.

Chocolates caseiros

Se você ama os doces não deve ter nada melhor que um delicioso chocolate. O artesanato também pode ser doce e se você decide montar uma empresa caseira de chocolates é indispensável que escolha matérias-primas de qualidade e tenha um bom conhecimento da técnica para poder criar chocolates que seus clientes curtam. Anime-se a trabalhar com chocolate branco e prepare bombons de chocolate para deleitar o paladar de quem experimentar seus produtos.

Mas estes são apenas alguns exemplos pontuais. A verdade é que a produção artesanal dá para muitas coisas e é só uma questão de tomar a iniciativa. Neste artigo de como se cria uma empresa caseira você terá vários interessantes conselhos que podem te ajudar a se decidir para entrar na indústria artesanal.

Mais trabalhos artesanais que você pode fazer

Os produtos artesanais são quase infinitos. Você pode criar com diversos materiais e experimentar para criar objetos únicos, irrepetíveis, decorativos ou utilitários, estes são mais alguns exemplos do que você pode fazer.

  • Artesanato em pasta pedra. Ao não precisar de cocção, a pasta pedra é ideal para trabalhar na sua casa. Sua forma de trabalho é similar à de outras pastas e as peças resultantes podem ser pintadas já que sua superfície suporta diversos tipos de tratamentos.
  • Artesanato com porcelana fria. Um clássico do artesanato e trabalhos manuais, a porcelana fria é muito usada por seu acabado que permite criar todo tipo de peças. É muito utilizada em souvenirs de aniversários e batizados, já que ao se tingir ganha uma coloração pouco saturada (cores como o rosa ou o azul bebê) única.
  • Artesanato em massa de serragem. Se você quer criar objetos com aspecto rústico deve trabalhar com massa de serragem. Também é uma grande opção para utilizar restos de madeiras que de outra forma iriam parar no lixo.

Você compra produtos artesanais?

Gráfico da enquete: Você compra produtos artesanais?

Sim

206/89

Não

61/108

Às vezes

168/57

O que você compra artesanal?




Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Produção artesanal"

Comente no Google+