O que é uma cólica? Tipos de cólica

Por que as cólicas acontecem e como eliminá-las?

Sabe o que é uma cólica? Neste artigo vou te dizer tanto o que é uma cólica, como os diferentes tipos de cólicas que existem. Além disso, eu vou te explicar por que elas acontecem, quais são os seus sintomas e como eliminá-las. Vem comigo?

O que é uma cólica?

Você se pergunta o que é uma cólica? Pois bem, uma cólica é um tipo de dor que se localiza na barriga e que se caracteriza por ser aguda, intermitente e espasmódica. A dor cólica pode ser muito intensa, por momentos opressiva, tipo espasmo, e por momentos desaparecer, variando de intensidade no tempo.

Tipos de cólica

De qualquer forma, existem diferentes tipos de cólica, de acordo com quais forem as causas ou os órgãos afetados que as originem.

Renal ou nefrítica

Uma das cólicas mais frequentes que você pode chegar a sofrer é uma cólica renal. Uma cólica renal se produz pelo movimento de um cálculo através do uréter. A cólica nefrítica geralmente se origina na zona lombar e vai se expandindo pela região abdominal, à medida que a pedra avança. A duração e intensidade deste tipo de cólicas dependerá do tamanho do cálculo e da dificuldade que tenha para avançar até a bexiga. Dizem que é a dor mais intensa que você pode chegar a experimentar.

Menstrual

Outra cólica relativamente frequente nas mulheres em idade fértil é a cólica menstrual. As cólicas menstruais são provocadas pelas contrações do útero, que se produzem com cada menstruação. No entanto, nem todas as mulheres têm a mesma sensibilidade a este tipo de dor e algumas inclusive não sofrem nunca deste tipo de cólica.

Biliar ou de vesícula

Quanto à cólica de vesícula é similar à cólica renal. Assim como na cólica renal a cólica biliar se produz pelo movimento do cálculo através das vias biliares. Por essa razão, com frequência este tipo de cólica se produz quando você teve uma refeição abundante e copiosa. Nessas ocasiões, a vesícula tenta esvaziar seu conteúdo no intestino, arrastando as pedras que, ao bloquear as vias biliares, produzem uma dor muito intensa.

Abdominal ou de gases

Por outro lado, uma cólica de gases se produz habitualmente quando o intestino se enche de flatulência que não pode expulsar. Uma cólica abdominal deste tipo se produz tanto por aerofagia, ou seja, engolir ar como por transtornos digestivos ou intolerância a determinados alimentos. Não obstante, alguns alimentos como os legumes e vegetais como as couves e repolhos tendem a provocar o acúmulo de gases que, se não forem eliminados, podem te ocasionar uma cólica.

Do lactente

Por último, se você tem filhos deve estar familiarizad@ com as típicas cólicas do bebê. As cólicas do lactente se produzem entre os poucos dias e os 4 meses de vida, geralmente ao atardecer, e se caracterizam por um choro descontrolado e difícil de parar. Podem ser causadas por gases gastrointestinais.

Por que acontecem as cólicas?

As causas das cólicas dependem do tipo de cólica que se trate. No entanto, em todos os casos, parecem estar provocadas pela contratura da musculatura lisa das vísceras implicadas.

  • Do uréter no caso da cólica renal.
  • Das vias biliares e da vesícula no caso da cólica biliar.
  • Do intestino no caso da cólica de gases e da cólica do lactente.
  • Do útero no caso da cólica menstrual.

Sintomas da cólica

Pois bem, além da dor cólica, os diferentes tipos de cólica se acompanham de outros sintomas. Gostaria de conhecê-los? Então aqui vão.

  • Biliares. As cólicas biliares podem vir acompanhadas de outros sintomas como dor nas costas, náuseas, tonturas, febre e cor amarelada na pele.
  • Renais. O sintoma de cólica renal mais frequente é precisamente a intensa dor. Diferentemente das cólicas biliares não apresentam febre, a menos que haja infecção das vias urinárias.
  • Abdominais. Quanto aos sintomas das cólicas de gases são facilmente identificáveis. Destacam-se os arrotos, a flatulência, o inchaço e a sensação de estar farto.
  • Menstruais. As cólicas menstruais se produzem na etapa do período conhecida como menstruação e podem estar acompanhados por perdas mais ou menos copiosas.
  • Do lactente. Como eu já te antecipei, a cólica do lactente se exterioriza com um choro repentino e descontrolado.

Como acabar com as cólicas?

Por último, vou compartilhar mais informação para que você saiba em cada caso como aliviar as cólicas que te afetam. Espero que seja de utilidade.

  • Alivie suas cólicas menstruais com chá verde. Monserrat Sosa te explica os prós e os contras do consumo de chá verde durante a menstruação. É bom destacar que entre seus benefícios o chá verde é bom para acalmar as cólicas menstruais.
  • Elimine sua cólica biliar com algum destes métodos. Por outro lado, Maria del Pilar Cancela te apresenta todas as alternativas que você pode usar para acabar com uma cólica biliar e evitar uma cirurgia de vesícula. Se você já teve uma cólica biliar, confira o que pode fazer para que não se repita.
  • Acalme o seu bebê com estes remédios naturais. As cólicas do lactente podem atormentar os seus pais. Se você tem um bebê pequeno e sofre deste tipo de cólicas pode recorrer a determinados remédios naturais. Não obstante, antes de aplicá-los, consulte seu neonatologista.
  • Expulse naturalmente sua flatulência. Felizmente, existem muitos remédios caseiros que te permitem eliminar a flatulência de maneira natural e, desse modo, combater as incômodas dores e espasmos das cólicas abdominais. Você pode recorrer a eles para tratar suas incomodidades digestivas causadas pelos gases.
  • Elimine sua cólica renal. Por último, se você tem ou teve uma cólica renal, já sabe como é uma das dores mais intensas que existe, muitos garantem que é, sem dúvida, a mais intensa. Descubra no link anterior o que você pode fazer para eliminar seus cálculos e combatê-los.

Que tipo de cólica você teve?

Gráfico da enquete: Que tipo de cólica você teve?

Renal ou nefrética

8/8

De vesícula ou biliar

11/6

Abdominal ou de gases

37/3

Menstrual

16/1

Como você alivia suas cólicas?




Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "O que é uma cólica? Tipos de cólica"

Comente no Google+