O que é a pneumonia: causas, sintomas e tratamento natural

Tipos de pneumonia e suas consequências para a sua saúde

Você sabe o que é pneumonia? Você se pergunta se a pneumonia é contagiosa? Neste artigo você vai encontrar resposta para estas e outras perguntas sobre os diferentes tipos de pneumonia. Quais são as suas causas e sintomas, assim como suas consequências e tratamento. Vem comigo?

O que é a pneumonia

Em primeiro lugar, com certeza você deve se perguntar o que é a pneumonia. Pois bem, a pneumonia é uma doença do sistema respiratório, mais especificamente, dos pulmões, que consiste na inflamação dos espaços dos alveolos. Embora em muitos casos, a pneumonia é contagiosa, já que sua causa é com frequência, infecciosa, em outros casos não é assim.

Aguda

Quando se fala de pneumonia, geralmente, se faz referência ao quadro de pneumonia aguda.

Crônica

Não obstante, em não poucos casos, a pneumonia evolui sem resolução ou com uma resolução muito lenta. Nesses casos, se fala de pneumonia crônica.

Causas da pneumonia

As causas de pneumonia são bastante diversas, já que existem vários agentes infecciosos que podem ocasioná-la, entre os quais se contam tanto vírus, como bactérias e fungos.

Atípica

A pneumonia atípica é um tipo de pneumonia que se apresenta de forma diferente da pneumonia típica e que, em geral, é menos grave. Na maioria dos casos está causada pela bactéria Mycoplasma Pneumoniae, embora também possa ser causada por Chlamydia Pneumoniae e alguns vírus. Em qualquer caso, se caracteriza por começar gradualmente, não há febre ou só uma febrícula. Seus sintomas são dor de cabeça, de músculos e articulações e tosse seca e persistente.

Típica

Por outro lado, a pneumonia típica começa subitamente, há febre alta com calafrios, dor torácica e tosse com expectoração. Os agentes infecciosos que a causam com maior frequência são:

  • Streptococcus pneumoniae
  • Haemophilus influenzae de tipo b
  • Vírus sincitial respiratório

Sintomas de pneumonia

Embora os principais sintomas de pneumonia se repitam em todas as idades, leve em conta que alguns variam de acordo com a idade, razão pela qual é importante estar atent@s, para detectá-los a tempo.

Os sintomas gerais são:

  • Gripe ou catarro, que precede a pneumonia.
  • Febre alta, que se prolonga por mais de três dias e pode estar acompanhada de calafrios.
  • Taquipneia. Aumento da frequência respiratória.
  • Afundamento das costelas com a respiração.
  • Chiado no peito ao respirar.
  • Tosse com expectoração mucopurulenta
  • Disneia, ou seja, dificuldade para respirar.
  • Dor no tórax.
  • Hemoptise, expectoração de sangue.
  • Astenia e anorexia.
  • Taquicardia, aumenta a frequência cardíaca.
  • Hipotensão, baixa a tensão arterial.

Em crianças

Os sintomas de pneumonia em crianças são mais notáveis que em adultos. Com frequência, se observa o adejo rápido das fossas nasais com cada respiração. Isso se deve a que a frequência respiratória aumenta a mais de 40 por minuto. Também se pode observar a pele fria, inclusive pode ter convulsões.

Em adultos

Embora os sintomas de pneumonia em adultos sejam similares, frequentemente estão atenuados. A princípio a frequência respiratória também aumenta, mas só a mais de 20 por minuto, já que por si só a frequência respiratória dos adultos é menor que a das crianças.

Em bebês

Entre os sintomas de pneumonia em bebês, se destaca como nas crianças pequenos, o aumento da frequência respiratória que pode chegar a mais de 60 por minuto em recém-nascidos até menos de três meses e a mais de 50 por minuto, nos lactantes.

Em anciãos

Quanto aos sintomas de pneumonia em anciãos, frequentemente estão atenuados, razão pela qual é necessário consultar imediatamente ao médico, diante do menor indício.

Consequências da pneumonia

Por outro lado, a pneumonia pode ter suas complicações. Entre as consequências da pneumonia se apontam:

  • A insuficiência respiratória
  • A pleuresia purulenta
  • O choque séptico

Tratamento da pneumonia

O tratamento da pneumonia depende do agente infeccioso que tenha provocado:

Bacteriana

A pneumonia bacteriana deve ser tratada com antibióticos que te indicará o médico. O tratamento da pneumonia bacteriana deve começar o mais rapidamente possível.

Viral

Por outro lado, a pneumonia viral não é tão grave em geral. O tratamento da pneumonia viral é sintomático e está dirigido fundamentalmente a baixar a febre e o mal-estar geral.

Tipos de pneumonia

Por outro lado, a pneumonia se diferencia basicamente em dois tipos, de acordo com o lugar onde se tiver adquirido:

Adquirida na comunidade

A pneumonia adquirida na comunidade ou da comunidade é a que você contrai fora do âmbito hospitalar.

Nosocomial

Por outro lado, a pneumonia nosocomial ou intra-hospitalar é a que você adquire lamentavelmente dentro do âmbito do hospital, ao qual entrou por outro problema.

Como prevenir a pneumonia

A forma de prevenir a pneumonia é com hábitos saudáveis como:

  • Mantenha a higiene. Lave as mãos com frequência.
  • Vacine-se. Aplique as vacinas correspondentes.
  • Largue o cigarro. Fumar é um dos principais fatores de risco.
  • Cuide-se do frio e do vento e evite se molhar.

Como curar a pneumonia

Por último, alem de seguir as indicações do seu médico, eu compartilho algumas sugestões que podem te ajudar a curar a pneumonia.

  • Recorra à biodecodificação. Se seguir o link anterior, Laura Casas te deixa por dentro sobre o que a biodecodificação pode fazer para resolver esta e outras doenças respiratórias. Informe-se!
  • Experimente com orégano. De fato, a fitoterapia também pode te ajudar. Os óleos essenciais de orégano e o orégano em infusão constituem outras soluções alternativas para aliviar seus sintomas de pneumonia.
  • Use o chá verde. As propriedades do chá verde são inúmeras. Ninguém melhor do que Juan Esteban Jorge para te deixar por dentro delas. Entre seus benefícios não são menores os que melhoram sua imunidade, prevenindo dessa forma doenças respiratórias como a pneumonia. Lembre-se que uma xícara de chá verde por dia pode ser seu melhor aliado nesse sentido.

Que tipo de pneumonia você tem ou já teve?

Típica

Atípica

2/0

Aguda

1/0

Crônica

2/0

Bacteriana

3/2

Viral

Da comunidade

1/0

Nosocomial

O que você fez para curar sua pneumonia?




Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "O que é a pneumonia: causas, sintomas e tratamento natural"

Comente no Google+