Chá de lúcia-lima, um antiespasmódico natural

Infusão de lúcia-lima: como preparar um chá de lúcia-lima

A lúcia-lima é uma erva obtida a partir de um arbusto que cresce naturalmente em grande parte da América Latina. Característica pelo seu aroma de limão e pelas suas propriedades digestivas, é excelente em forma de estrato. Prove-a no seu lar!

A lúcia-lima, cujo nome científico é Aloysia citrodora, é uma erva que surge a partir de uma planta arbustiva, que se caracteriza, principalmente, por seu forte aroma a limão.

A planta tem pequenas flores brancas e folhas estreitas, sua característica principal é seu aroma e sabor.

Habitualmente cresce na forma silvestre tanto na Argentina, como Chile, Peru ou Paraguai, embora seu uso se estendeu na Europa e hoje é moeda corrente. É cultivada comercialmente na França e no norte da África.

É um arbusto de fácil cultivo que não requer grandes cuidados. Por esta razão muitas pessoas decidem plantá-lo nos seus jardins ou terraços para poder ter sempre à mão suas folhas e desfrutar de infusões deliciosas.

Que partes se utilizam da planta?

As folhas e as flores se usam em infusões e para dar sabor a diferentes bebidas. Sua suave fragrância se utiliza com muita frequência na perfumaria e até na elaboração de produtos cosméticos como sabões corporais.

Também pode ser utilizada como especiaria para cozinhar, sobretudo é utilizada para temperar carnes brancas.

hierba limón

Como você pode fazer uma infusão de lúcia-lima?

Uma simples infusão de lúcia-lima pode ser obtida usando umas 20 gramas da erva para cada litro de água. Você deve ferver por 15 minutos, deixar que repouse pelo lapso de outros 5 e em seguida coar.

Você pode bebê-la sozinha ou com açúcar, se for do seu agrado.

Quais são as propriedades medicinais da lúcia-lima?

A lúcia-lima tem sido utilizada como planta medicinal há séculos, e é promovido o seu uso como um antiespasmódico, antipirético (reduz a febre), carminativo, sedante, estomacal e antimicrobiano.

A principal característica curativa da lúcia-lima é que é antiespasmódica e perfeita para realizar a digestão como debe ser. Então, você já sabe, se tiver repetidos problemas digestivos, experimente uma boa xícara de chá de lúcia-lima depois das refeições. Você vai notar em pouco tempo como melhora dessa incômoda situação.

Que quantidade você pode beber desta infusão?

A dose a beber adequada de erva-luísa depende de vários fatores tais como a idade de quem a bebe, a saúde e várias outras condições. Sempre é conveniente beber qualquer infusão ou chá, de forma moderada. Estamos falando de 3 a 4 xícaras por dia.

Desta maneira, você pode curtir tranquilamente o sabor e as propriedades medicinais desta bebida sem se prejudicar com algum possível efeito secundário.

Neste momento não há suficiente informação científica para determinar um nível de dose apropriado para a lúcia-lima.

De qualquer maneira, ainda não se identificaram contraindicações no seu uso.

Você bebe com frequência infusão de lúcia-lima para o estômago?

Gráfico da enquete: Você bebe com frequência infusão de lúcia-lima para o estômago?

Sim, bebo diariamente

401/169

Sim, bebo às vezes

481/80

Não bebo

84/114

Vou começar a beber

393/36





IMPORTANTE: A missão do "Chá de lúcia-lima, um antiespasmódico natural" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

1 comentário no "Chá de lúcia-lima, um antiespasmódico natural"

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia
¡Carregando comentários!

Maria do ceu ...

ajuda-me na digestao e acalma e tem um sabor agradavel

0

30 de Mai, 2015 - 14:07:40

Escreva seu comentário sobre "Chá de lúcia-lima, um antiespasmódico natural"

Comente no Google+