Pimenteira-bastarda: conheça suas propriedades curativas e como tomá-la

Para que serve o chá de pimenteira-bastarda

Para quem é amante da natureza e da medicina natural, sempre é muito grato conhecer novas plantas e os benefícios medicinais que possuem. Descubra neste artigo as propriedades curativas da pimenteira-bastarda!

Características da pimenteira-bastarda

Caso você não saiba, vou te contar que a pimenteira-bastarda é uma árvore originária do sul do Brasil, do Uruguai e da Mesopotâmia argentina. Talvez você a conheça por algum dos seus outros nomes populares: aroeira-salsa, por exemplo, embora o nome científico da pimenteira-bastarda seja Schinus molle.

É uma árvore de porte mediano, que pode medir até 15 metros de altura, com um tronco de até 30 cm de diâmetro. Mas quem captura toda a atenção é a semente da pimenteira-bastarda, já que é comestível e serve para condimentar as refeições. Costuma ser chamada de falsa pimenteira, já que possui um sabor similar embora muito mais suave que a pimenta.

Desde a antiguidade, a pimenteira-bastarda foi conhecida por sua utilidade no tratamento de diferentes afecções. Suas propriedades medicinais muitas vezes foram transmitidas de lábios a ouvidos de geração em geração.

Mas para que serve a pimenteira-bastarda? Tome nota dos seguintes parágrafos.

Propriedades da pimenteira-bastarda

Quase a totalidade das partes da pimenteira-bastarda possuem benefícios para a saúde. Graças a algumas investigações científicas foi possível saber que:

  • É expectorante
  • É emenagoga
  • É antisséptica
  • É antiespasmódica
  • É cicatrizante
  • É analgésica
  • É anti-inflamatória

Usos medicinais da pimenteira-bastarda

Como eu te dizia antes, todas as partes da pimenteira-bastarda podem ser utilizadas para diferentes propósitos curativos.

A casca e a resina

Você pode utilizá-las em cataplasmas para ajudar a parar deter hemorragias e cicatrizar feridas. A resina também é utilizada para aliviar as cáries.

As folhas

Com elas você pode preparar infusões para deter hemorragias, ou como analgésico, cicatrizante e anti-inflamatório no caso de feridas e cortes. As folhas secas ao sol se usam como cataplasma para aliviar o reumatismo e a ciática. Outro uso muito comum que se dá para as folhas é numa infusão junto com folhas de eucalipto, para realizar inalações para o alívio de afecções brônquicas.

Os frutos

Podem ser de grande utilidad se você os utilizar em decocção, como antisséptico local em casos de blenorreia e leucorreia.

O óleo essencial

É extraído das folhas e da casca por pressão e embalado para ser administrado em cápsulas em casos de blenorragia. Você também pode encontrá-lo como ingrediente de pastas de dente, perfumes e sabões.

A resina

É usada em xarope como antisséptico dos brônquios em casos de catarros e gripes.

As flores

Junto com as folhas secas, podem ser bem úteis para fazer cataplasmas quentes e aplicar em casos de reumatismo e dores musculares.

Uma das formas mais usadas para obter os benefícios medicinais da pimenteira-bastarda é preparando-a no chá. Não faz ideia de como se prepara? Não se preocupe! Tome nota dos seguintes conselhos.

Como se prepara o chá de pimenteira-bastarda

Ingredientes

  • 2 gramas de folhas secas de pimenteira-bastarda
  • 1 litro de água

Preparação

  • Coloque a água para ferver.
  • Num bule coloque as folhas de pimenteira-bastarda.
  • Quando a água já tiver chegado na temperatura necessária, verta sobre as folhas.
  • Tampe e deixe repousar por 10 minutos.
  • Coe e beba.

Utilizando a mesma quantidade de folhas e de água, você pode preparar uma decocção para lavar feridas.

Outros usos da pimenteira-bastarda

Na gastronomia

Suas sementes são utilizadas como substituto da pimenta, tanto que é denominada “pimenta rosa”, têm um sabor picante e ao mesmo tempo adocicado similar à pimenta verde. Pode utilizar este condimento para temperar diferentes comidas, sobretudo peixes e molhos.

Na cosmética

Com as sementes trituradas se obtém um creme que tem a particularidade de afugentar os insetos, sobretodo os mosquitos. Por outro lado, das folhas e casca se extrai um óleo essencial ou bálsamo que é utilizado em pastas de dente, perfumes e sabões como matéria-prima.

Na indústria têxtil

Das folhas também se obtém um pigmento corante, com o qual se elabora uma tintura natural para dar cor a diferentes tecidos.

Se você quer conhecer e se beneficiar com as propriedades curativas da pimenteira-bastarda, pode perguntar por ela num ervanário ou loja especializada em ervas e produtos naturais.

anacahuita

Outros chás e infusões de ervas medicinais

Se você adora beber infusões de ervas como remédio natural para tratar alguns problemas de saúde cotidianos, é bastante provável que te interesse conhecer alguns dos seus benefícios, não é? Neste caso, eu te recomendo dar uma olhada nos que são listados a seguir.

  • Chá de folhas de graviola. Você vai conhecer todo o enorme potencial medicinal destas curativas hojas, que serão de grande utilidade para acompanhar tratamentos para o câncer.
  • Chá de cravo da índia. Esta especiaria é famosa por sua capacidade para combater várias doenças de origem infecciosa, por exemplo a halitose, devido à sua capacidade como antibiótico natural. Embora seu sabor seja forte, é muito fácil de preparar e você pode utilizá-la como remédio natural para diferentes afecções.
  • Infusão de amora-silvestre. Você vai descobrir uma bebida de suave sabor frutal que tanto poderá desfrutar fria como quente. Mas também te ajudará a tratar alguns problemas de saúde.
  • Chá de hidraste. Uma bebida herbal com grandes propriedades digestivas, ideal para que você beba depois das refeições. Em muito pouco tempo você poderá tê-la na sua mesa e desfrutar do seu rico sabor, obtendo suas propriedades curativas.
  • Chá de hamámelis. Você encontrará a forma em que você debe prepará-la para obter seus benefícios terapêuticos, sobretudo para melhorar sua circulação sanguínea.

Você gosta de conhecer novas plantas medicinais?

Gráfico da enquete: Você gosta de conhecer novas plantas medicinais?

Sim, adoro

144/1

Sou indiferente

8/10

Não gosto

6/6

Você já bebeu infusões de plantas medicinais exóticas?




Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Pimenteira-bastarda: conheça suas propriedades curativas e como tomá-la"

Comente no Google+