O pimentão picante, bom para o diabetes e a obesidade

Um estudo determinou que o picante ajuda com estes dois problemas metabólicos

Sabia que o picante pode ser bom para o diabetes, a obesidade e, em geral, para manter um bom metabolismo? Isto é o que se descobriu em um estudo realizado sobre os roedores, na Universidade de Califórnia-Berkeley. Não deixe de ler a notícia completa!

Até há algum tempo, os picantes para muitas pessoas eram uma coisa ruim. É que estão muito relacionados com alguns problemas digestivos como a gastrite ou as hemorroidas. Ou melhor, proibidos para muitas pessoas que sofrem de diversos problemas. Porém, já há algum tempo, os descobrimentos que se foram fazendo sobre a capacidade de uma das substâncias que o compõe, a capsaicina, fez que as coisas mudassem bastante.

Se agora é um estudo realizado na Universidad de Califórnia-Berkeley (Estados Unidos) o que reafirma as boas propriedades que poderia ter esta picante e dolorosa substância (ao menos por um momento), a coisa melhora ainda mais.

Tudo radicaria em um receptor da dor chamado TRPV1. Os ratos que foram submetidos à investigação e que careciam deste receptor, tenderam a viver um 14% mais do que o resto, demonstrando também que metabolizabam melor os açúcares e que os seus metabolismos se mostravam mais jovens e ativos que os do resto.

Os picantes, justamente, costumam bloquear estes receptores e é então que acreditam os científicos que se tenha o sucesso metabólico que costuma ter a capsaicina, habitualmente recomendada como estimulante do metabolismo.

"Nossos descobrimentos sugerem que a manipulação farmacológica dos receptores TRPV1 e CGRP podem melhorar a saúde do metabolismo e a longevidade", indicou por sua vez Andrew Dillin, um dos autores desta investigação.

Picante

Já se sabia que um bom pimentão picante poderia ir bem contra um enjoo, inclusive também para perder peso, então esta não é mais do que outra grande notícia que confirma que este vegetal já não é tão ruim como se pensava, muito pelo contrário.

Se você quiser, pode ter sua própria planta de pimentões ou aji na sua casa. Por sua vez, siga esta receita e aprenderá a preparar a harissa, um ótimo molho árabe picante.

Você consome picante habitualmente?

Gráfico da enquete: Você consome picante habitualmente?

Sim, eu ponho em tudo

94

Sim, eu gosto de um pouco de picante

35

Sim, mas muito pouco

17

Não, mas comerei com mais frequência

6

Não, porque me faz mal

4

Não, não gosto do picante

5

Que picante você come e como o come?




IMPORTANTE: A missão do "O pimentão picante, bom para o diabetes e a obesidade" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

3 comentários no "O pimentão picante, bom para o diabetes e a obesidade"

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia
¡Carregando comentários!

paulo ...

como pimento bravo muito picante em todas as refeições

0

15 de Ago, 2014 - 16:59:30

flavio ...

alho pimenta bodinho ou dedo de moça ou a mais ardida do mundo com oleo de oliva, mas eu queria uma mais ardida

0

28 de Fev, 2015 - 02:51:46

isabeil ...

BOm dia ,o mne Isabel pois eu gosto mt e como todas as refeicoens so no almoco Obdo

0

25 de Set, 2015 - 15:48:48

Escreva seu comentário sobre "O pimentão picante, bom para o diabetes e a obesidade"

Comente no Google+