Benefícios da ioga para a fibromialgia

Truques para combater esta doença através da ioga

Quer combater os problemas da fibromialgia de uma forma muito mais natural e conectada com seu próprio corpo? Pois então pode experimentar a ioga. Esta prática é ótima, sem dúvida alguma.

O que é a fibromialgia?

A fibromialgia é uma doença crônica que produz uma série de dores em praticamente todo o corpo. Apesar de algumas teorias animadoras, atualmente não tem uma causa nem cura que funcione em todos os casos. Geralmente se relaciona com uma combinação de estresse físico e mental, mas também se supõe que poderia ser resultado de uma cirurgia, traumatismos no cérebro, infecções, problemas de sono, enfim, uma lista de fatores longa e com poucos pontos em comum.

Devido a incerteza que ronda esta doença, se você a sofre vai querer buscar truques para combatê-la, e pelo menos poder ir levando sua vida apesar das dores. A ioga http://www.innatia.com/s/c-yoga/a-beneficios-yoga.html é uma das atividades mais recomendadas para tratar praticamente qualquer problema, já que te ajuda a relaxar e liberar a tensão. Conheça mais sobre os benefícios da ioga para a fibromialgia.

Como a ioga pode ajudar contra a fibromialgia

A ioga e a meditação em sessões diárias de meia hora (pode ser um pouco mais ou menos de tempo, dependendo das suas necessidades e disponibilidade) pode reverter notavelmente todos estes sintomas. Isso é devido à sua capacidade para modificar a resposta do seu organismo ao estresse, principalmente no sistema nervoso. Além disso, o relaxamento que a ioga contagia não só é curtida durante as sessões, mas durante o dia todo seu corpo se sentirá mais harmonioso e sereno.

Esta sensação se alastra por seu corpo e mente, todos seus músculos estarão menos tensos. Outro problema relacionado com a fibromialgia é que os músculos se encurtam, ficam obstruídos e assim se produzem cãibras. A ioga ajuda a que voltem para a sua posição e tamanho naturais.

Vários pacientes que provaram a ioga tiveram efeitos positivos, seus músculos amoleceram, seu rango de movimento melhorou, a dor diminuiu notavelmente, e como consequência o sono voltou a ser o normal.

O segredo da ioga para melhorar os sintomas da fibromialgia é encontrar o tipo de ioga e os asanas (exercícios ou posições) que vão com seu tipo de dor. Há pacientes que contaram que pretendiam ir muito longe com seus asanas, o que causava mais dor.

Ninguém, nem sequer quem não sofre de fibromialgia, pode ir de 0 a 100 na ioga, assim como você também não pode correr uma maratona de 10 quilômetros se não se exercita previamente durante alguns meses. É importante buscar um professor de ioga confiável, com experiência e que saiba te acompanhar com sua doença, seguindo o processo adequado para te ajudar, em vez de piorar o problema.

Uma das dores mais comuns nas pessoas com fibromialgia é a tensão nas costas superiores, ombros e pescoço. Há pelo menos dois asanas simples indicados para esta área, a Postura da Águia (estica os músculos das omoplatas) e a Postura da Cobra (estende as costas e inclui suaves rotações da cabeça que aliviam a tensão do pescoço).

A ioga também propõe a respiração consciente, que embora pareça pouca cosa, o modo em que você inala e exala pode modificar completamente sua forma de levar sua vida cotidiana.

Uma respiração curta e acelerada desencadeia a liberação de hormônios como o cortisol, relacionadas diretamente o estresse e a dor. Respirar profundamente não só ajuda a controlar o estresse e a ansiedade, mas também a que você escute seu corpo e seja mais consciente de como se sente e o que precisa. A Postura do Cadáver ou Savasana se trata disso, poder entender melhor a respiração, inalando e exalando lentamente, se concentrando no caminho do ar. Você deve visualizar a respiração como energia pura que limpa e libera seu corpo.

Estes exercícios tão gratificantes também permitem conectar sua mente e seu corpo, gerando um pensamento que te ajuda a assimilar sua doença e conviver com ela, além de diminuir os sintomas. Nas sessões de ioga você não só se conecta com você mesmo, mas também com seus companheiros. É um espaço onde todos podem debater suas dúvidas e inquietudes. Isto é muito prático, já que muitas pessoas com fibromialgia dizem se sentir isoladas e sós, muitas vezes as dores provocam que tenham que deixar de lado sua vida social e se tornem isoladas e solitárias.

Como conclusão, a ioga é uma atividade que “ataca” a partir de vários lados a fibromialgia, permitindo que em primeiro lugar você aceite sua doença, logo que se libere do estresse, reduzindo a dor, alongar seus músculos e permitir que estejam saudáveis novamente, e por último, mas não menos importante, é uma boa ferramenta para socializar e conhecer pessoas que passam pela mesma situação.

Yoga

Outros tratamentos que podem te ajudar contra a fibromialgia

A fibromialgia pode ser combatida de muitas formas possíveis. Existem tratamentos de todo tipo que podem te ajudar a acalmar estes problemas. Você só tem que levar em conta alguns destes.

  • Tratamento de cloreto de magnésio. Se você quiser, pode testar um grande tratamento com base no cloreto de magnésio. Muita gente teve excelentes resultados para paliar esta doença.
  • Tratamento de osteopatia. A osteopatia é uma grande maneira de ir aprendendo a paliar esta doença. Além disso, te dará uma grande mão na hora de combater as dores que sobrevêm.
  • Tratamento de eutonia. Outro método, o de Gerda Alexander, que pode ser maravilhoso para começar a relaxar seus músculos e se encontrar com você mesm@.

Você acha que a fibromialgia pode ser curada?

Gráfico da enquete: Você acha que a fibromialgia pode ser curada?

Sim

8/7

Não

1/13

Talvez

5/3

Não sei

1/3

Como você a combate?




Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "Benefícios da ioga para a fibromialgia"

Comente no Google+