A acerola, uma fruta anticancerígena

Um remédio natural para combater o câncer

Você é amante das frutas? Faz bem, porque estes vegetais são uma fonte inesgotável de nutrientes e propriedades medicinais. No caso da acerola, um dos benefícios que mais repercussão obteve é o seu poder anticancerígeno. Descubra neste artigo do que se trata.

Conhece a acerola? É um arbusto que dá um fruto pequeno, parecido a cereja, razão pela qual é comum que em algumas regiões se chame cereja acerola, em vez de só acerola. Na realidade, seu nome botânico é Malpighia emarginata, mas talvez o conheça por algum dos seus outros nomes comuns: cereja de Barbados e murta-de-cheiro.

É uma planta nativa da América do Sul e da América Central, onde tem sido apreciada há milhares de anos pelas culturas indígenas da região, por seus poderes curativos.

Com o passar do tempo, seu consumo se popularizou e na atualidade é conhecida e cultivada em diferentes partes do mundo. Além do seu suave e agradável sabor, a acerola tem várias propriedades reconhecidas e benefícios para a saúde, especialmente para lutar contra o câncer. Te interessa conhecer como pode fazer isso?

Benefício anticanterígeno da acerola

Seu poder curativo provém da rica mistura de nutrientes que possui, entre os quais se destacam:

  • Grande conteúdo de vitaminas: sobretudo de vitamina A, E e C. Contém de 10 a 50 vezes mais vitamina C que a laranja.
  • Rica composição de antioxidantes: bioflavonoides, carotenoides, betacaroteno e ácido pantotênico.
  • Grande fonte de minerais: magnésio, manganês e cobre.

Seu benefício anticancerígeno está vinculado ao seu grande conteúdo de antioxidantes. Um estudo descobriu que a acerola possui uma maior atividade antioxidante que a soja e que a alfafa, dos alimentos altamente reconhecidos por seus benefícios medicinais.

É de conhecimento popular que estas substâncias são capazes de neutralizar os efeitos nocivos dos radicais livres no corpo. Entre os que se destaca o prejuízo que causam no metabolismo celular, provocando que as células saudáveis se tornem células cancerígenas.

A tal ponto chega o poder curativo da acerola que um grupo de investigadores afirmou que seus antioxidantes são capazes de frear a propagação do câncer de pulmão.

Essa afirmação foi realizada depois que se obtivessem os resultados de um estudo levado a cabo em 2009 pelo Departamento de Agricultura e Química Biológica da Faculdade de Ciências e o Departamento de Ciência dos Alimentos e Investigação para a Saúde do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos.

Para obter este e outros benefícios medicinais da acerola, você só tem que incorporá-la na sua dieta diária. Não sabes como fazê-lo? Tome nota dos seguintes conselhos.

fruta

Diferentes formas de consumir a acerola

A melhor maneira de consumi-la é fresca, mas graças ao seu suave sabor, é muito fácil de utilizar na elaboração de diferentes pratos. Você pode utilizá-la em:

  • Compotas
  • Geleias
  • Sorvetes
  • Tortas
  • Sucos e shakes
  • Sobremesas
  • Licores

Também nos últimos tempos, foi possível ver no mercado suplementos dietéticos na forma de comprimidos. Uma dose suplementar típica de acerola é de 40 a 100 mg por dia, o que equivale a um comprimido.

Efeitos secundários e contraindicações

Até hoje seu consumo não reportou grandes efeitos negativos e está considerado seguro. No entanto, foi descoberto que em algumas pessoas pode causar:

  • Reações alérgicas
  • Dor de estômago
  • Insônia
  • Diarreia

Quanto às suas contraindicações, devido ao seu alto conteúdo de vitamina C, pode ser contraproducente seu consumo em casos de gota, já que pode aumentar os níveis de ácido úrico e provocar mais dor e inflamação.

Que quantidade de fruta você consome diariamente?

Gráfico da enquete: Que quantidade de fruta você consome diariamente?

Uma

10/1

Duas ou três

12/1

Mais de quatro

6/2

Nenhuma porque não gosto

1/1

Qual é a sua preferida?




IMPORTANTE: A missão do "A acerola, uma fruta anticancerígena" é te ajudar a estar informado. NUNCA substitua a consulta médica.

Nenhum comentário

Você pode comentar no Facebook e no Google +, ou se preferir fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Comente na Innatia

Escreva seu comentário sobre "A acerola, uma fruta anticancerígena"

Comente no Google+